26 de outubro de 2015

Encontrado o avião que foi alvejado pela FAB durante perseguição

Avião com várias marcas de tiros é encontrado em aeroporto do Paraná
Aeronave foi localizada pela Polícia Civil em Paranavaí, nesta segunda (26).
Delegado suspeita que é o mesmo avião interceptado pela FAB no sábado.
Luciane Cordeiro Do G1 PR, em Paranavaí
Paranavaí (PR) - Um avião monomotor com várias marcas de tiros foi encontrado pela Polícia Civil no aeroporto municipal de Paranavaí, no noroeste do Paraná, nesta segunda-feira (26). O delegado Carlos Henrique Rossato Gomes suspeita que seja a mesma aeronave perseguida pela Força Aérea Brasileira (FAB) no sábado (24), em Japorã, Mato Grosso do Sul.
“Esse avião está com várias marcas de projéteis de grosso calibre, isso levanta a suspeita que seja a mesma aeronave interceptada pela Aeronáutica. No interior da aeronave havia apenas um banco, levantando ainda mais a suspeita de que o monomotor é utilizado para o tráfico de drogas ou contrabando”, detalha o delegado.
Entenda o que é a 'Lei do Abate'
No sábado, moradores de Japorã presenciaram a perseguição de aviões no céu do município. Um rapaz que fez um vídeo da perseguição contou ao G1 que durante a gravação um dos aviões atirou diversas vezes.
No domingo (25), a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que um avião sem plano de voo e que fazia uma rota “conhecida por ser utilizada para atividades ilícitas” foi interceptado no sábado. A Aeronáutica disse ainda que atirou na aeronave durante a interceptação. No entanto, o avião “evadiu-se pela fronteira com o Paraguai” e não foi localizado.
Leia também
Caça da FAB persegue e atira em avião no céu de MS. Assista ao vídeo.
O avião apreendido foi levado para o pátio da Delegacia da Polícia Civil de Paranavaí. Documentos encontrados na cabine serão enviados à Polícia Federal (PF).
A PF informou que vai abrir investigação para apurar as razões dos danos causados nessa aeronave e se ela foi utilizada para cometer crime transnacional. O órgão disse ainda que em 2012 o monomotor foi apreendido pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai carregada com mercadorias eletrônicas e medicamentos. Na época, cinco pessoas foram presas, entre elas um piloto brasileiro.
A PF complementa que os órgãos da Aeronáutica ainda não confirmaram se o avião é o mesmo abordado pela FAB no sábado.
Até as 17h20, a FAB não confirmou se o avião apreendido é o mesmo que foi perseguido no Mato Grosso do Sul.
G1/montedo.com

Em nota, a FAB confirmou que o avião encontrado no Paraná é o mesmo que foi perseguido no MS

NOTA OFICIAL
Aeronave interceptada pela FAB é encontrada no ParanáA Força Aérea Brasileira (FAB) informa que a aeronave Neiva EMB-721C, matrícula PT-EXP, foi localizada em Paranavaí (PR), nesta segunda-feira, 26/10. O monomotor foi alvo de tiros após interceptação por um caça da FAB, no sábado, 24/10, durante uma operação rotineira de policiamento do espaço aéreo. Uma das asas da aeronave está danificada. A tripulação não foi encontrada.
A interceptação seguiu os passos previstos no decreto nº 5.144, de 16/07/2004, inclusive o tiro de detenção, que é o último recurso e visa forçar o pouso.
As ações foram adotadas por se tratar de uma aeronave suspeita de tráfico de drogas que desobedeceu todas as orientações feitas pela defesa aeroespacial brasileira.
Autoridades policiais investigam o caso.

Vídeo
Força Aérea persegue e atira contra avião em MS

14 comentários:

Anônimo disse...

Os Companheiros da Aeronáutica devem treinar melhor a pontaria kkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Um supertucano não conseguiu derrubar um monomotor lixeba desses e ainda permitiu que a aeronave se evadisse...se fosse um ataque terrorista com explosivos ou químico/biológico a essa hora o alvo já era. Se liga, Fraqueza Aérea Brasileira!!! A olimpíada do Rio está aí. Pagaram mico!!!

Anônimo disse...

Caros colegas,se o aviador envolvido nesta missão tivesse estudado um pouco menos,talvez ele estaria no exército brasileiro hoje.O PQD para cumprir suas atribuições precisa da aeronave da FAB.O militar que vai em missão de paz no Haiti precisa do avião da FAB.Os poderosos guerras na selva recebem seus suprimentos através de aviões da FAB.Tenham um pouco mais de respeito pela Força Aérea,pois ser militar da FAB não é apenas encher o peito de brevês e os testículos de carrapatos em cursos que se rala mais o físico que o cérebro, seja na selva,bosque,caatinga(tem mais algum brevê?) é preciso muito estudo por toda a carreira.Grato. A là chasse!!!!!

Altevir Stall disse...

Ao anônimo das 16:30hs! Parabéns!!! Os comentaristas anteriores foram além do limite. Uniforme verde-oliva, azul ou branco, não importa. O mais importante são as cores da nossa bandeira que defendemos. O barco furado é o mesmo. Abraços!!!

Anônimo disse...

Anônimo27 de outubro de 2015 16:30

Não estamos questinando a ultilidade da FAB mas, o "papelão" nesse tipo de caso.
O senhor esqueceu de mencionar a Escola Naval.
As 3 academias possuem um bom grau de dificuldade.Apesar da "fulga de cerebros" e desvalorização,onde um motorista do congresso que pilota um Jetta de 90 mil tem vencimentos de 12.800,00 e um 1°Tenente que pilota um F-5 de milhoes de reais tem vencimento em torno de 7.000,00.

Anônimo disse...

Para quem leu e não entendeu, ou se informa um pouco mais e pede ajuda do Google. A Lei está na nota da FAB, basta lê. Não é falta de mira ou de potência do avião, para quem não conseguiu entender os termos usados. Como exemplo, se você vai perseguir um carro,usando uma "Ferrari" você não vai a frente e sim atrás,o que é muito óbvio. Se pretende atirar no sujeito da frente para fazê-lo parar e ser preso, não vai "metralhar" o carro todo e causar a destruição total, por motivos óbvios também. Se não deu para entender, aí fica difícil e se informe com outras fontes.Basta pensar!

Anônimo disse...

Ô urubu das 16:30h. Certamente, os militares do EB têm QI inferior, não é mesmo? Para o seu conhecimento, até nas escolas do EB se estuda por mais tempo. 2 anos para a formação de Sgt, 5 para formação de oficiais, 2 anos para altos estudos...Tb para o seu conhecimento, o EB no final dos anos 80 criou a Aviação do Exército, muito pela incapacidade da FAB de apoiar satisfatoriamente as missões da Força Terrestre. Quanto a usar o transporte da FAB, acho que é a missão constitucional de vcs (por sinal, um sucatão KC de acidentou no Haiti quase detonando uma tropa inteira do EB). Se eu não me engano, tiveram de alugar uns aviões de carreira para buscar o pessoal, assim como está ficando comum alugarmos aviôes civis para o lançamento de pqdt. Um pouco de humildade, companheiro! E nesse episódio convenhamos: vcs não pagaram mico, pagaram um king kong!!! Que tal parar de perder tempo dando medalha para aspone petista e treinar um pouco mais as tripulações? Talvez sejam mais eficazes numa outro oportunidade. Em tempo: sou cidadão brasileiro, pago impostos e tenho o DIREITO de cobrar serviços bem prestados pelo Estado em contrapartida, inclusive da FAB.

Anônimo disse...

A FAB está cheia de doutos, e intelectuais. Coitados de nós, das outras forças.

Anônimo disse...

Boa noite.
Não sou piloto, mas se vocês puderem atentar para um detalhe muito interessante vão refletir que os disparos feitos pelo piloto da FAB foram para gerar avarias na aeronave interceptada. Acredito, na minha santa ignorância, que o piloto não quiz, de fato, derrubar o avião, senão os disparos teriam sido dados na cabine da aeronave, para matar o seu piloto e possível tripulação. Servi 2 anos e meio na gloriosa FAB, e pelo tempo que pude conviver com os pilotos posso dizer que são verdadeiros heróis, conduzindo aeronaves que já deveriam estar aposentadas! E por falar em heróis, conheci um que morreu em um acidente com um bandeirante que caiu no Recreio dos Bandeirantes no Rio de Janeiro, em um salto de pára-quedistas! Até o que sei, os militares ficaram até o último momento tentando controlar a aeronave, até que todos os PQDs abandonassem a mesma! Parabéns a FAB, mostraram que estão alertas e vigilantes na defesa dos nossos céus! Brasil! Acima de Tudo!

Anônimo disse...

Kkkk...quero ver quando a outra aeronave estiver atirando de volta...kkkk

Anônimo disse...

Comentarista das 1045h. Fraqueza Aérea Brasileira? Kkkkk. Rindo muito aqui. Mas sejamos mais polidos, né? Afinal os caras têm muito estudo. Que tal "Fragilidade Aérea Brasileira"? Nome mais pomposo.kkkk.

Anônimo disse...

Tristeza em ver tais debates...Montedo....é hora de repensar se é o caso continuar a publicar os comentários... Se o paisano lê isso...Ri de nós...
Fale menos e faça mais...

Anônimo disse...

Os comentários de 07:48 e 10:45 desconhecem a Lei ao debocharem do aviador da FAB. Ao menos antes de comentar tais opiniões ignorantes, leiam a Lei do Abate Nº 9.614/98 na íntegra.

Anônimo disse...

Alguns comentaristas entram aqui só para demonstrar suas opiniões banais e pejorativas.Falta de educação ou algo melhor para fazer. Dizer que uma Força tem mais gente intelectual, mais sábia e blá, blá, blá, é coisa de botequim. Tem gente que se acha melhor do que outro, mesmo não sendo, em qualquer lugar ou quartel que se vá. basta dá um pequeno poder nas mãos do sujeito que ele se transforma no "todo poderoso".Alguns entram para comentar apenas para provocar. cada um só pode dar o que tem!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics