26 de outubro de 2015

RS: comando do Exército presta homenagem ao coronel Brilhante Ustra

Publicação original: 24/10
Porto Alegre (RS) - Em formatura nesta sexta-feira (23), o Comando Militar do Sul prestou homenagem póstuma ao Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. Durante a solenidade, foi realizada a leitura do currículo do militar e executado o toque de silêncio.
Ustra, acusado de tortura pela Comissão da Verdade,  comandou o 16º GAC (São Leopoldo-RS) entre 1978 e 1980. Ele faleceu aos 83 anos no último dia 15, em Brasília, vítima de câncer.

Leia mais sobre Brilhante Ustra

26 comentários:

Anônimo disse...

Justa homenagem.
Missão cumprida. Fora de forma, marche!
Descanse em paz.

Anônimo disse...

Gostaria de ter participado dessa homenagem. Que perda!

Edruardo Art disse...

JUSTÍSSIMA esta homenagem. O Exército inteiro deve homenagem. Ele cumpriu as missões recebidas na época por seus superiores e depois foi largado pela Força. Este não foi o 1º nem o último caso desta natureza. O Exército larga mesmo. As missões daquela natureza cumpridas na ativa, são depois pagas por cobranças dos comunistas, quando passar para reserva.

Anônimo disse...

Homenagem mais que justa, um militar que honrou nosso Exército, honrou a farda que trajava, um dos que livrou o Brasil das malditas garras assassinas dos vermelhos, e hoje, a maioria que sobrou aniquilou o País para perpetuar no poder, levou o pais a uma situação miserável jamais vista na historia. Centenas de comunistas atazanaram sua vida enquanto o ilustre Coronel estava entre nós. Se essa corja vermelha não for retirada o mais breve possível, podemos entregar o que nos resta, exceto nossa dignidade e caráter. Viva os Generais que sabem reconhecer os nossos verdadeiros herois.

Anônimo disse...

vejam o anexo IV do plano de cargos e salarios do TJPE. Nossa carreira está muito defasada. Eles no início de carreira ganham pouco, porem no final da carreira compensa. Senhores Cmt não permitam que estraguem nossa carreira, torne-a atrativa. Isso de 3º Sgt /Cap ter reajuste maior que os demais é ilusão temporária. Todas as outras carreira fazem diferente, quem já deu o gás deve/merece ganhar um salário razoável quando vai para a reserva.

veja o site do TJPE:

http://legis.alepe.pe.gov.br/arquivoTexto.aspx?tiponorma=1&numero=15539&complemento=0&ano=2015&tipo=

Anônimo disse...

O meu modesto e sincero aplauso a esta iniciativa que, na minha opinião, restaura a justiça.

Fernando Ruy Ramos

Anônimo disse...

Parabéns ao EB! Homenagem merecida ao militar falecido.

Anônimo disse...

Parabéns, Gen Mourão!

Anônimo disse...

Já passou da hora da edição de uma lei que criminalize apologia a ditadura e seus torturadores. No Chile ela já existe, falta aqui no Brasil, para que fatos como este não ocorra mais em memória das vítimas. Esta é a minha opinião.

Anônimo disse...

Parabéns ao CMS !
Coragem homens !!!

Anônimo disse...

este homem tem que ser símbolo dentro das forças armadas em particular no exercito, de combate aos terroristas e traidores da pátria que tentaram implantar um regime cruel ao nosso pais.
No mínimo nome de turma de formação, nas escolas de formação, CFS, AMAM, QCO.
Haja coragem.
ten ivanildo

Anônimo disse...

Que o seu exemplo de coragem,determinação e patriotismo de outrora sirva de motivação para as nossas lideranças atuais. Justa homenagem, gostaria de lá ter podido estar.

Anônimo disse...

Quem critica esta epoca de ditadura milktar prefere essa silenciosa civil cheia de mortos pelo aumento da violencia e sem saber quem sao os bandidos

Anônimo disse...

O país e o Exército Brasileiro perderam um dos mais patriotas e corajosos homens de sua História. Hoje temos no "desgoverno" do Brasil uma prova cabal de que ele combateu o terrorismo e uma das fases de comunização do país correndo risco da própria vida, de seus familiares e amigos. As forças de esquerda ainda tentam denegrir a missão que tão bem desempenhou o Cel Ustra impingindo-lhe atos que jamais cometeu. Injustiçado sem ao menos o direito de defesa, viu sua carreira, que como seu nome era BRILHANTE, ser brutalmente destruída por conta de uma declaração mentirosa de uma ex-deputada de caráter duvidoso, até os dias de hoje. Vá em paz, grande combatente! Se ainda não reconheceu, em um futuro muito próximo a sociedade brasileira há de reconhecer o valor de que "vossa excelência" sempre foi possuidor e a grandiosidade do seu legado em termos de profissionalismo, dedicação à Pátria e senso de justiça. A propósito, quem é o patrono do Serviço de Inteligência ? Fica a sugestão: CEL CARLOS ALBERTO BRILHANTE USTRA, PATRONO DO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO. Para mim já é. Merecida e justa homenagem.

Anônimo disse...

Esta homenagem tinha que ter partido do Gen Ex Mourão...Militar de fibra e coragem...Parabéns pela iniciativa...

Anônimo disse...

Ao anônimo de 24 de outubro de 2015 21:56

Essa Lei já existe e é o Código Penal que em seu artigo 287 penaliza tal conduta.
Infelizmente ela não é aplicada, caso fosse vagabundos e marginais não teriam seus nomes colocados em fachadas de escolas, ruas e praças em substituição ao nome de ex-presidentes.

Anônimo disse...

E de uma lei que impessa ex terroristas e também torturadores de serem eleitos para qualquer cargo público.

Garivaldino Ferraz - Brasília disse...

Mesmo um pouco tardia. são meritórias as homenagens ao Coronel Ustra! Inconcebível a omissão de ex comandantes do EB por ocasião do suplício a que esse Herói foi submetido pelos bandidos revanchistas alçados a cargos de autoridade, graças à Anistia que lhes foi concedida pelos últimos governantes militares. A epopeia do Coronel Ustra repetiu na vida real as tribulações retratadas no filme "Sargento Getúlio", estrelado por Lima Duarte. Infelizmente, os militares que cumprem ordens mesmo legais, estão sujeitos a ter suas vidas prejudicadas, quando chefes se acovardam ou colocam seus interesses pessoais à frente de seus deveres de líder, visando cargos pós inatividade. Parabéns ao General Mourão por sua demonstração de liderança, e reconhecimento do valor de um verdadeiro Guerreiro.

Anônimo disse...

Se isto for apologia à Ditadura, parabéns mais ainda! Isto porque para brasileiros tupiniquins, funk de elogio a traficante é que presta, não é apologia ao crime. Dá nojo dessa "gentalha", como fala um certo personagem mexicano.

Anônimo disse...

Confesso que inicialmente fiquei empolgado pela justa homenagem prestada pelo Exército ao Cel Ustra no ultimo dia 23 de outubro de 2015. No entanto, veio a minha mente a seguinte pergunta...Aonde estava nossos comandantes durante todos os ataques que o homenageado sofreu em vida durante as ações da Comissão da Verdade, dos partidos políticos de situação, da mídia etc.....

Anônimo disse...

A História é que julga os feitos dos homens. Os que lutaram para impedir que este país se tornasse um república comunista, subjugada à URSS, o fizerem no estrito cumprimento do dever legal e de honra de defender a Pátria. Os que lutavam para tornar este país numa ditadura cruel como a de Cuba, da URSS e China, queriam somente assaltar o Poder para seus próprios interesses. A História já está sendo revelada. Todos irão para a cadeia por seus crimes como ladrões que nunca deixaram de ser. Quem viver verá. Infelizmente o Cel Ustra morreu antes de ver o Brasil se livrar desses meliantes travestidos de políticos.
Descanse em paz companheiro. A História lhe será justa, os homens não.

Anônimo disse...

Não entendo porque somente no CMS homenagearam o Cel Ustra...os outros CM Área não devem tributo à conduta desse exemplar militar? Melhor mesmo ser chefiado por comunistas à gente covarde. Fica a reflexão.

Almiro disse...

Obrigado Coronel Ustra por ter salvado nosso Brasil dos bandidos comunistas, merece todo nosso respeito e admiração!

Unknown disse...

Parabéns....ossssss

Otacílio disse...

Deixo aqui meus sentimentos à família de nobre militar que soube honrar a farda que vestiu.Os maiores torturadores estão aí enganando e matando o povo nas filas dos hospitais espalhados por esse Brasil afora.

Julio Cesar Canuto disse...

Me impressiona que em tempos de combate à instalação do comunismo pelas mesmas pessoas que Ustra combateu, tantas pessoas o homenageiem e elogiem com seus nomes......anônimos. Qual é o problema dos senhores. Ustra colocou o nome, a imagem, seus serviços, sua coragem e sua tropa para que nesse momento pudéssemos tomar nosso cafézinho em um bar qualquer sem necessitarmos da autorização do governo.E é homenageado de forma anônima? Merece mais que isso. Merece que mais Bolsonaros façam pública a honra, o respeito, a disciplina e o amor as cores de nossa bandeira, provando que não se poderia ter deixado essa corja de ladrões ter chegado ao poder. Por favor senhores....postura.....brasilidade. BRASIL, ACIMA DE TUDO !!!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics