11 de outubro de 2015

Filha de militar, Fátima Bernardes palestrou na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais

Rio de Janeiro (RJ) - A apresentadora e jornalista Fátima Bernardes participou, no dia 23 de setembro, de atividade do Curso de Extensão Cultural da Mulher, promovido na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (ESAO). Fátima foi uma das palestrantes do curso, que tem o objetivo de integrar a família militar com foco nas esposas de militares e no público feminino da Vila Militar.
TV CML/montedo.com

11 comentários:

Anônimo disse...

KKKKKKK, Deve ser por isso que está essa porcaria que vemos atualmente, os conhecimentos "operacionais" e "táticos" da palestrante devem ter sido um excelente aprendizado.
Tenho uma sugestão, mande a esposa de um militar que mora em Santa Cruz e o esposo serve no PDC ou em Niterói ir palestrar sobre a qualidade de vida da família militar.
Vai ser hipócrita assim no inferno, só para se ter uma ideia da bagunça,
S Ten EB sem desconto algum no contracheque R$5.447,00 aproximadamente, cabo da PMERJ R$5.235,00.

Anônimo disse...

Isso serve para quê? Integrar as mulheres nas vilas militares? Vão querer mandar nelas também? Ninho de vespeiro. Fátima Bernardes tem alguma informação que pode mudar a situação das famílias militares? Acho que não. Conversa para encher currículo.

Anônimo disse...

Eu não consigo entender, por mais que me esforce, essa "tara" de milico querer colocar a esposa em evidência na sua profissão. Ora, a mulher tem um lado importante, claro, para o equilíbrio familiar, entre outros, mas daí a querer criar um "cargo" militar para ela é muita falta de guerra!

Esposa de comandante de OM que "comanda" o rancho; exercício de tiro para as esposas de militares; palestras para esposas de militares; viatura da OM que leva a esposa do comandante para passear no shopping com as amigas, etc, etc. Todos casos que muitos já presenciaram em suas OM e que eu já flagrei em minha vida de militar.

A força não tem de gastar dinheiro público para agradar a esposa do comandante ou criar artificialmente um status de "primeira-dama" para as esposas de militares. Estamos numa República!!!


Anônimo disse...

Família militar? E desde quando isso teve ou tem algum valor para essa instituição acéfala?

Anônimo disse...

A "família militar" só serve para eleger Bolsonaro e sua familia.

Anônimo disse...

1 Damas Militares....pessoal contem seus testemunhos sobre os desmandos de esposas de CMT, já vi QE ir preso poque não empurrou carrinho de supermercado para a Madame!

Anônimo disse...

Primeira dama militar existe.

https://www.youtube.com/watch?v=okdrcC0n6ts

Anônimo disse...

E quem elegeu Bolsonaro foram os civis. Alias um lixo como politico.

Léo disse...

Vamos ter vencimentos menores que a Guada Municipal de Quixeramobim.KKKKKKKKKKKKK. E os Caças? Kkkkkkkkk Não deu cetto a compra com o Sarcozy,não é Lula?Tava tudo indo tão bem....

Anônimo disse...

Quem vocês acham que manda no Exército atualmente, o Comandante?rsrsrsrs

Ten QAO Persival disse...

Assisti ao vídeo da atividade realizada com as esposas dos Militares.
Achei uma atividade interessante e importante, pois permite agregar novos conhecimentos sobre assuntos diversos a todas aquelas que puderam assistir.
Sempre é bom poder ouvir pessoas de um nível cultural avançado, pois sempre podem somar algum conhecimento para quem esteja de mente aberta para isso.
Ótima atitude do exército em ter levado essa apresentadora, sorte daquelas que puderam assistir a palestra, sei que muitas não puderam por estarem em horário de trabalho.
Infelizmente algumas pessoas tiveram a oportunidade de enriquecer seus conhecimentos e ampliar o seu nível cultural e círculo de boas amizades, porém, optaram por ficar fofocando com suas vizinhas ou vendo a novela da mexicana que passa a tarde.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics