16 de outubro de 2015

Reconhecimento de uniões homoafetivas é obrigatório, diz Comando do Exército


Em documento datado da última terça-feira (13), o Comando do Exército reafirmou a obrigatoriedade do reconhecimento das uniões homoafetivas no âmbito da Força, nos mesmos parâmetros exigidos para a união estável entre homem e mulher.
O STF já proferiu duas decisões nesse sentido, diz o documento, e um parecer de 2013 do Ministério da Defesa esclarece que a determinação da mais alta Corte do País garante a plenitude dos direitos previstos no Artigo 1.723 do Código Civil, independentemente de regulamentação interna.

8 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso as FFAA aceita qualquer esmola parcelada em quatro anos ...

15 OUT
Servidor ganha 10,34%. Sepe quer 20%

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2015/10/15/servidor-ganha-1034-sepe-quer-20/

Anônimo disse...

Que zona...

Cristo; venha logo...Socorro,,,,,,Help.....

Anônimo disse...

Agora quero só ver a cara daqueles (cometem crime) que acusam companheiros que NÃO são, e que passaram por constrangimento, por ato covardes dos próprios companheiros de caserna, muitas das vezes em alojamentos ou em local de serviço e banheiro. Faltas de apuração e cadeia e processos na justiça por danos morais...

Anônimo disse...

Desde que os generais de verdade foram para a reserva, tudo o que vem de fora é obrigatório.

Anônimo disse...

Boi, boi, boi da cara preta, este menino não gosta...........
Antiga cantiga de ninar.

Anônimo disse...

O mundo já acabou e faz tempo.

Anônimo disse...

Há que se distinguir entre a opção sexual do militar e sua competência e preparo profissional. Com quase 25 anos de Exército, já vi muitos companheiros serem perseguidos, ridicularizados e caluniados por "suspeitas" de serem gays. E, em vários casos, homens de grande vocação para a carreira, cidadãos corretos e bons pais de família. Não posso falar pela FAB ou Marinha, mas no Exército o preconceito contra os gays é terrível! E o pior de tudo é que isso é feito com o consentimento dos comandantes e as campanhas de difamação feitas pelo próprio pessoal da "inteligência". Quem pertence ao Exército sabe muito bem disso!

Unknown disse...

So Jesus na causa! Se parafuso com porca já está difícil... Família utópica!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics