5 de outubro de 2015

A foto que não quer calar.

No dia 18 de setembro postei aqui uma publicação do site do jornalista gaúcho Felipe Vieira, sobre a condenação de um tenente-coronel do Exército e suas esposa por improbidade administrativa.
Por equívoco, a notícia original trazia uma imagem do 6º B Com (Bento Gonçalves-RS) como sendo do 3º B Sup (Nova Santa Rita-RS), unidade onde o crime ocorreu. Inicialmente, o blog manteve a imagem da publicação original. Alertado por leitores, fiz a correção algumas hora depois. Equívocos assim são raros, mas acontecem e não tenho problema algum em retificar e reconhecer o erro.
Print-Screen do site do jornalista Felipe Vieira em 5/10
(Edição: Montedo.com)
Vida que segue, não fosse a indignação do comandante do 6º B Com, manifestada publicamente no Facebook.
Por e-mail e mensagem privada no Facebook, o militar foi mais comedido, mas não deixou de acenar com a possibilidade de uma ação mais enérgica, o que não fez diferença nenhuma, afinal, a postagem já havia sido atualizada. Com minhas desculpas, enviei-lhe o link da publicação original, para que pudesse solicitar ao jornalista a correção da - em suas palavras - "infeliz postagem".
Passados vinte e três dias, a publicação permanece inalterada no site do Felipe Vieira. A foto do 6º B Com ainda está lá.

Chiste
Lembrei-me de uma anedota que é mais ou menos assim:
"Llega el soldado al teniente y pregunta: ¿permiso, mi teniente, los lagartos vuelan? El teniente responde: no seas tan ignorante, los lagartos no vuelan. - Permiso, mi teniente, pero mi coronel dice que si! - Ah! Si, claro! Pero vuelan bajito, bajito... "

No vuelan
Não, 'los lagartos no vuelan'. Ao menos neste blog.

2 comentários:

keko marques disse...

Mas em muitos quartéis por aí " vuelan y vuelan ..."

Anônimo disse...

O final do texto com ˜CHISTE˜ e ˜No Vuelan˜ foi excepcional. Parabéns.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics