24 de abril de 2017

Alunos do CMB tietam Bolsonaro

20 comentários:

Anônimo disse...

Se já tivemos Collor de Melo, Fernando Henrique, Lula e Dilma e o país ainda sobrevive penso que nada mais justo em darmos uma chance a um homem que sabemos ser realmente patriota. Bolsonaro 2018!

Marinho disse...

a Sargentada deve estar se revirando na cadeira....

Anônimo disse...

Coitados desses jovens...

Anônimo disse...

se fala Presidente Bolsonaro

Anônimo disse...

Fala Tenente Marinho? Gauchão que milagre apareceu.

Anônimo disse...

QUERO VER SE ELE PAGA OS 28%.

Rafael Martins disse...

...?

Anônimo disse...

Depois que os militares saíram do poder, nenhum deles conseguiu voltar. Com a maioria dos políticos enrolados nas delações, e outros que a qualidade nem vale citar, o Bolsonaro é uma alternativa. Que tal ser vice do Dória??? Sabemos que muitos vices viraram titulares. Pegaria uma "canja" com o Dória e depois se lançaria candidato, posteriormente. Sozinho como candidato, acho que não passa no segundo turno.

Anônimo disse...

Tem que pedir a Glória Pires para opinar.

Anônimo disse...

Idolatrar um homem que tinha planos de explodir vários quartéis...Ou seja, iria morrer vários militares..Inclusive os pais e avós desses alunos...

Gen Anibal disse...

Tem muita gente incomodada com o Deputado Jair Bolsonaro, e percebi isso quando vi uma matéria da Revista VEJA desta semana, com os futuros Presidenciáveis que não estão envolvidos com a Operação Lava Jato, e pasmem senhores, todos tinham o respectivo nome bem legível menos o do Deputado Jair Bolsonaro. O boicote a esse candidato está muito grande pelos meios de comunicação de massa.

Anônimo disse...

Marinho vc acha os sargentos pessoas de segunda categoria e os oficiais de primeira?

Anônimo disse...

Também achei desnecessária sua colocação Bobinho, quer dizer Marinho.

keko marques disse...

Sem dizer que a imagem que fazem dele lá fora, é a mesma que vendem aqui dentro. Semana passada, vi no NYT e Clarín, exatamente a mesma matéria falando mal dele. Tá tudo dominado.

Anônimo disse...

Grande fingidor o BolsoNada.

Anônimo disse...

Vc que sempre posta sobre o pagamento da DIFERENÇA dos 28,86%, que na verdade é uma mixaria. (Recebi em 2011)
Vc não recebeu, porque teve medinho de entrar na Justiça a partir de 1993. Simples assim.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Desde que entrou para a política, Bolsonaro só fez eleger seus filhos, sua ex-mulher e seu irmão, irmão este que era Oficial de carreira do Exército de Artilharia, hoje é um grande empresário em São Paulo, que inclusive foi flagrado como funcionário fantasma recebendo salário de R$ 18.000,00. Ataca negros, gays, indígenas e os pobres. Bolsonaro é um grande amigo do pastor milionário malacheia (malafaia), pastor este que defende com unhas e dentes o bandido Eduardo Cunha, que se dizia cristão e visitava as igrejas do Rio pedindo votos. É até perdoável os Oficiais de carreira votarem em Bolsonaro, devido o mesmo ser Oficial, mas os Praças seria sofrer do mal de estocolmo, onde os oprimidos adquirem admiração e paixão por seu opressor. Os Praças com interstícios para promoção longos, roubados nos aumentos salariais, são discriminados em suas alimentações, os PNRs estão caindo aos pedaços e mal localizados ( No Rio é próximo de favelas e cemitério ), sem dizer que são insuficientes. As Forças Armadas hoje são um tremendo cabide de empregos para os Oficiais, seja nos grandes comandos, seja na parasita e elefante branco Justiça Militar, onde se gastam bilhões. A minha pergunta é porque Bolsonaro não ataca a elite, o PMDB, o Judiciário com seus altos salários e pomposas aposentadorias. Bolsonaro devia atacar também seus amigos congressistas e inclusive seu partido que também recebeu dinheiro da lava-jato. Atacar o corrupto PT, negros, pobres, gayas, a minoria é como bater em cachorro morto. Antes que os assessores do Bolsonaro que fazem plantão neste blog venham dizer que eu seja filiado ao PSOL, digo que por ser contra o aborto, a favor da extinção da maioridade penal e dizer que bandido bom é bandido morto, saí há tempos do PSOL. Gostaria que a equipe do Bolsonaro fizesse levantamento de quantos Praças concursados dão baixa do Exército, Aeronáutica e Marinha, não somente os Oficiais, Oficiais estes que depois de tantos anos se dedicando dentro das Escolas Militares também tem um péssimo vencimento.

Anônimo disse...

Sobre os 28%: dizem que é um tiquinho. Um tiquinho aqui, outro ali, soma com o total que tem direito a receber e se forma uma fortuna... que o governo já gastou. É parecido com essa lorota do FGTS que disseram que estava "parado" nas contas inativas. Qual banco não pega seu dinheiro e não empresta a juros exorbitantes? Bastou a economia cair no buraco que o governo resolveu abrir o bico para que os trabalhadores gastem logo, dando a falsa ideia de recuperação.

Marinho disse...

Quer dizer que o Bolsonaro elegeu os filhos? eu pensei que eram os eleitores

Anônimo disse...

Bolsonaro só bate em fraco.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics