14 de abril de 2017

"Mãe de todas bombas" teria matado 36 militantes do Estado Islâmico

Lançamento ocorreu nessa quinta, em uma província do Afeganistão
A bomba não nuclear mais poderosa dos Estados Unidos, lançada nessa quinta-feira na primeira ofensiva norte-americana contra o Estado Islâmico, matou ao menos 36 militantes da organização terrorista, segundo informações divulgadas nesta sexta pela rede de notícias CNN. O ataque aéreo ocorreu na província de Nangarhar, no Afeganistão, próximo à fronteira com Paquistão.
Conforme a CNN, os Estados Unidos acreditam que o Estado Islâmico teria na região 600 a 800 militantes operando. O míssel GBU-43/B (Massive Ordinance Air Blast Bomb), capaz de destruir uma área equivalente a nove quarteirões, foi lançado em uma rede de túneis subterrâneos que seriam usados para ataques contra forças governamentais.
Testemunha do lançamento do explosivo, o governador do distrito de Achin, no Afeganistão, Esmail Shinwari, ficou impressionado com a força do impacto na área chamada Momand Dara. "Essa explosão foi a mais poderosa eu já vi em toda a minha vida. Enormes colunas de fogo tragaram toda a área", comentou.
O presidente dos EUA, Donald Trump, elogiou o lançamento e classificou a missão de "evento bem-sucedido". No Pentágono, o general John Nicholson, chefe das forças americanas no Afeganistão, explicou que a poderosa bomba é "a munição adequada para reduzir os obstáculos e manter o impulso da ofensiva" contra as forças do Estado Islâmico em Khorasan.
CORREIO do POVO/montedo.com

9 comentários:

Garivaldino Ferraz disse...

Uma visão de satélite da explosão!
https://www.facebook.com/DeptofDefense/videos/10155275950680719/

Anônimo disse...

As grandes potências, principalmente, Russia, China e países vítimas desse grupo terrorista, estavam muito passivos. A Russia tão poderosa, fica só olhando? Os interesses econômicos e políticos se sobrepõe às ações do grupo terrorista. Agora vai aparecer o Putin se dizendo preocupado o aumento da interferência e ações dos americanos.

Anônimo disse...

Uma arma dessas pra "pegar" 36 cortadores de cabeças! Investimento alto esse!
Mas é claro que destruiu também tudo o que havia na área...depósitos de armas, combustíveis, munições, transportes.....animais que não tem nada à ver com as loucuras e irresponsabilidades que comete o ser mais inteligente deste planeta. Também serviu de "aviso" à outros "adversários" ou inimigos", mesmo que muitos deles estejam se "lixando" pra "avisos". Mas parece que nas "contas" dos EUA, a finalidade justifica o gasto! Até mesmo porque dinheiro não é problema para quem tem um orçamento militar acima de 700 bilhões de dólares e já gasta brincando, "por fora", nas guerras no Afeganistão e Iraque, mais 3 ou 4 trilhões de dólares.
Vendo toda essa loucura acho que um dia ainda destruiremos este mundo, verdadeiro paraíso...jardim do Édem..... tão falado na bíblia e que o homem até hoje não entendeu nada da "mensagem". Ainda não entendemos que quando Deus falava do paraíso, ele se referia ao planeta terra! Nos foi dado por Deus, de presente, uma morada com clima agradável, praias, sol, plantas, animais, rios, lagoas....a chuva....e nós ainda não entendemos a grandeza do "presente" e o quanto somos privilegiados pelo criador! Ah...mas se destruirmos esta "casa", já estamos "providenciando" refúgio em Marte...na lua...dizem nossos "maravilhosos" cientistas. Trocaremos este lugar (a terra) por uma vida solitária, sem plantas, animais e etc....enfim...trocaremos uma vida maravilhosa que temos por uma vida "enterrados" abaixo da superfície de um planeta qualquer para não sermos "torrados" por radiação, viveremos dentro de macacões, comeremos nossa comida em pílulas....beberemos nosso próprio xixi (que nossa maravilhosa' tecnologia processará, usando altíssima tecnologia). Bela troca...que negócio estamos ou estaremos fazendo! Como somos "espertos" mesmo!

Anônimo disse...

Esse Donald Trump é extremamente belicoso e uma ameaça para a paz mundial. Ele só está testando até onde pode ir, sem a interferência do congresso americano. Esperem e verão! Nossa segurança está seriamente ameaçada por esse doido varrido.

Anônimo disse...

Não seria melhor ter jogado um ônibus? Jogaram 59 misseis caríssimos na Base Aérea e os danos não impediram a operação. Jogaram a "mãe das bombas", que deve custar uma fortuna, para pegar só 36? É melhor não irritar o norte coreano doido. Dois bicudos não se beijam, já dizia minha avó.

Carlos Sales disse...

possivelmente, além do recado a todo o mundo do poderio militar americano, estão dando uso a material bélico com a carga por vencer.

Anônimo disse...

Se a bomba americana é a mãe de todas, a Rússia diz que tem o pai,então a bomba do Brasil seria quem nessa "família de bombas"?
Perguntar não ofende.

Anônimo disse...

Rsrsrrsrsr! Boa pergunta!

Anônimo disse...

A nossa "bomba" da reforma da previdência é muito mais potente, vai acabar com o EB inteiro...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics