25 de abril de 2017

Trump envia submarino nuclear para a Península Coreana

Embarcação deve passar pelo porto da cidade sul-coreana de Busan nesta terça, mesmo dia em que a Coreia do Norte celebra data importante de seu calendário
Da redação
O governo dos Estados Unidos enviou o submarino nuclear USS Michigan para o litoral da Coreia do Sul, informou a CNN nesta segunda-feira.
De acordo com a rede de notícias americana, a embarcação deve passar pelo porto da cidade sul-coreana de Busan nesta terça-feira, mesmo dia em que a Coreia do Norte celebra o 85º aniversário da criação de seu Exército do Povo, uma data importante para o regime de Kim Jong-un e que, segundo alguns analistas, pode ser a ocasião para um novo teste balístico de Pyongyang.
Movido à energia nuclear, o USS Michigan foi originalmente desenvolvido para carregar (e lançar) mísseis com ogivas atômicas, mas passou por modificações em 2004 para ser capaz de disparar torpedos menores. Atualmente, a embarcação tem capacidade para lançar mais de cem Tomahawks.
A manobra é mais uma demonstração de força do presidente americano Donald Trump, com o objetivo de intimidar o ditador norte-coreano, que afirmou que reforçará suas “medidas nucleares de autodefesa” perante o envio do porta-aviões americano USS Carl Vinson para perto de seu território.
O porta-aviões USS Carl Vinson e sua frota de ataque se encontram atualmente realizando exercícios conjuntos estratégicos com tropas japonesas no Pacífico e planejam se aproximar da península da Coreia no final desta semana.
Washington anunciou há duas semanas que tinha enviado o porta-aviões em resposta a um teste de mísseis norte-coreano no início de abril, embora a frota tivesse participado primeiro de exercícios com a Austrália sem que a Casa Branca confirmasse até a última quinta-feira.

“Erro fatal”
Em um artigo de opinião publicado pelo jornal estatal Rodong, Pyongyang afirma que “seria um erro fatal por parte dos EUA pensar que pode amedrontar a Coreia do Norte com o porta-aviões”.
O texto adverte que se “as provocações do inimigo” continuarem, as forças norte-coreanas “responderão com golpes mortais” e resistirão a “qualquer tentativa de guerra total com um ataque nuclear sem piedade”.
O artigo também ameaça “aniquilar os invasores” e anuncia que o exército e o povo norte-coreanos “reforçarão suas medidas de dissuasão nuclear para a autodefesa de todas as formas possíveis”.
(Com EFE)
Veja/montedo.com

10 comentários:

Anônimo disse...

Esse idiota da Coréia do Sul acha que só ele pode fazer exercícios e ficar lançando misseis no quintal dos outros, na hora que quiser, para tentar amedrontar os vizinhos. Agora quer impedir o vizinho de fazer exercícios com aliados? Fica ameaçando a todo momento em atacar os americanos com misseis nucleares e acha que os EEUU estão tremendo de medo dele? Quem for aliado desse louco que tente controlá-lo, pois vai acabar arrastando os amigos para uma guerra global por causa das dificuldades que eles passam. E quem é inocente em achar que esse submarino americano é o primeiro a chegar na área?

daniel camilo disse...

O pior erro é ficar refém de um indivíduo como o ditador Kim Jong-un que é inimigo de qualquer Nação. Não devemos ficar amedrontados porque as forças do inimigo parecem ser potentes. As Nações devem se unir para combater o mal comum pois um "homem mata uma abelha mas um enxame(de abelhas) mata vários homens".

Anônimo disse...

Lembra-me as ameaças do saddam hussein no Iraque... e sabemos o fim.

Anônimo disse...

Eu quero que os dois se explodam..Ambos não farão falta ao mundo...Apesar de nao gostar desse coreano, meu lado latino americano manda torcer para ele....

Anônimo disse...

Só lembrando que a Coreia do Sul é aliada do EUA , e a Coreia do Norte é que esta lançando ameaça.

Anônimo disse...

Quem falou que os EUA são os donos do mundo. Se eles não querem que os outros tenham armas nucleares, deveriam dar o exemplo.
A falta de moralidade é enorme, já que permite que Israel (aliado) tenha e outros não.
Meus amigos, os EUA só empurram bêbado na ladeira (Afeganistão, Iraque, Paquistão e outros países do terceiro mundo), não vão se meter com a Coréia do Norte por causa da China.
O "Bolsonaro Americano" sabe que o seu povo (bitolado) se amarra em faroeste e está precisando de popularidade, este é o verdadeiro motivo.
É aqui que peço uma reflexão, vejo muitas mídias jogando que países do terceiro mundo são maus (Venezuela, Talibans, Irã e, Coreia do Norte), quando, na verdade, quem está sempre envolvido no terror são os EUA. É só fazer uma verificação, onde os EUA passaram, só deixaram tristeza e devastação.

Anônimo disse...

" da Coréia do Norte"

Anônimo disse...

Incrível... esse pessoal que vem aqui e defende um ditadorzinho como Kim Jong-Un só pode ter na cabeça o mesmo que camarão... e coincidentemente deve ser petralha tbm... e quem disse que os latino americanos são contra os EUA??? O que o Trump está fazendo, queria eu que os governantes aqui fizessem o mesmo em defesa de meu país e não enriquecendo os outros com dinheiro do BNDES ou fazendo obras faraônicas com o dinheiro suado dos nossos impostos.

Anônimo disse...

Tipo Alemanha e Japao? Podiam passar por aqui tb...

Anônimo disse...

Esse pessoal parece ter mente de lula, ou melhor, de camarão. Nunca pensa nos outros.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics