21 de junho de 2017

General que foi engraxate depõe como testemunha de Lula


Curitiba (PR) - O General de Divisão Expedito Alves de Lima prestou depoimento ao Juiz Sérgio Moro nesta terça-feira (20), no âmbito da Operação Lava Jato. Ele foi arrolado como testemunha de defesa do ex-presidente Lula, no processo que envolve a compra, pela Odebrecht, de um terreno em São Paulo para a construção do Instituto Lula. 

Como coronel, Expedito foi diretor do Departamento de Gestão do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República  de 2007 até abril de 2010, quando chegou ao generalato. Sua promoção ganhou notoriedade por que, ainda menino, exerceu a função de engraxate num quartel do Rio de Janeiro e foi incentivado pelos militares a estudar e prestar concurso para a Escola Preparatória de Cadetes.
(Com informações da Coluna Expresso, de Época)

17 comentários:

Anônimo disse...

Por que ele foi testemunha de defesa do molusco ?

Anônimo disse...

Nazifascistas em 3...2...1...falando que o General era Petralha, Comunista...etc...

Anônimo disse...

Volto a dizer: não pensem que não existem generais comunistas.

Anônimo disse...

Não entendi! Ou melhor, tenho a impressão que a reportagem está querendo dizer que engraxate não é ser humano??? Qualquer pessoa pode ter a profissão que quiser basta dedicação e empenho nos estudos, se bem que se fosse pra recomeçar eu preferiria estudar pra ser procurador da república ou diplomata.

Anônimo disse...

Quando digo que a subserviência dos altos coturnos com o poder civil não é vão, e sim em troca de benesses vejam só: "O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, no uso de suas atribuições legais,nomeia MARCO AURÉLIO SABER DE LIMA para, a partir desta data, exercer o cargo de provimento em comissão de Diretor de Divisão (Patrimônio), DAE-7, da Diretoria Administrativa." Esse cabra aí é cel r1, foi comissionado como "subtenente" na justiça! Vê o salário do dito cujo no portal da transparência! Aí fica difícil alguém brigar pela tropa!

Anônimo disse...

Não estou dizendo que é impossível, mas teria que estudar mais,mas muito mais do que vc imagina,principalmente para ser diplomata,além de dominar outro idioma com fluência avançada!

Anônimo disse...

Amigos para sempre,,,pra lalaallala...
amigos para sempre lala rala ra...lalala

Marcelo Carvalho disse...

Sua ignorância é avassaladora... Um pouco de leitura lhe tiraria das trevas bolivarianas...

Anônimo disse...

Não existe general comunista!
Não existe general socialista!
Não existe general petralha!
Não existe general conservador!
Não existe general patriota!

O que existe de fato é general brasileiro. E o brasileiro é o tipo de povo que só olha para o próprio umbigo.
Assim como os políticos, os generais também são o reflexo do povo.

Anônimo disse...

Pergunta : E o referido general defendeu o Lula Lalau ?

Anônimo disse...

Coisa mais fácil que inglês fluente ou outra língua qq basta estudar, meus dois filhos possuem, inclusive o mais velho trabalha em Amsterdam, tornou-se fluente apenas jogando vídeo game, assistindo filmes americanos sem legenda e Estudando pela internet.

Anônimo disse...

O Exército rapidamente divulgou uma Nota para esclarecer que... (sic), porém, não esclareceu se o General vai mesmo defender o corrupto do Lula!

Anônimo disse...

O General Expedito conta com a confiança irrestrita da Instituição;
Os integrantes do Exército Brasileiro têm sua vida pautada na ética, integridade e dedicação aos interesses da Pátria.
So podem estar de sacanagem!
Se fosse um pracinha velho de guerra, sera que o Exercito soltaria uma nota de esclarecimento?

Anônimo disse...

Antigamente um engraxate, um oficce boy, um gari que estudasse conseguiria ser alguem ou até mesmi chegar a um generalato ou um cargo de juiz. Hoje em dia, acho muito dificil.

Anônimo disse...

Uma vergonha !!!!!

Anônimo disse...

Quem foi bolívar, senhor letrado?

Anônimo disse...

Quando se é convocado a ser testemunha não se pode negar..

Em tempo: O que é Kumunismo?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics