10 de junho de 2017

Previdência dos militares: projeto estará pronto em junho, mas seu envio ao Congresso é decisão política, diz Jungmann

Jungmann diz que governabilidade está mantida, apesar de dificuldades
Alo lado de Michel Temer, ministro Jungmann participa da cerimônia militar comemorativa dos 152 anos da Batalha do Riachuelo e da entrega da Medalha da Ordem do Mérito Naval (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil
Brasília - O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o Brasil tem conseguido manter a governabilidade, apesar de as dificuldades pelas quais o país passa “terem se intensificado”. As afirmações foram feitas ontem (9) após ele participar de uma cerimônia em comemoração aos 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo. 
No evento, o comandante da Marinha e almirante de esquadra, Eduardo Bacellar, disse que o Brasil passa por uma "crise profunda e multifacetada". "No entanto, por mais grave que se apresente, a crise nunca será mais forte nem maior do que nós, brasileiros”, disse o comandante.
Temer participa de cerimônia em comemoração aos 152 anos da Batalha do Riachuelo
Citando a Batalha Naval do Riachuelo, lembrada na data magna da Marinha, Bacellar disse que, para superar as dificuldades, o país deverá ter “o mesmo espírito” de quando enfrentou, na Guerra do Paraguai, os inimigos no Rio Riachuelo, um afluente do Rio Paraguai, na província de Corrientes, na Argentina.
“Que o espírito de união e o fervor patriótico de Riachuelo fortaleçam-se e sirvam de estímulo para superarmos nossas diferenças e atravessarmos seguros este período de adversidades e sacrifícios. A despeito de termos as nossas atenções e esforços voltados para os graves problemas internos, não podemos nos iludir com a sensação de segurança no campo externo e de perenidade da paz", disse o comandante.
Após ter ouvido o discurso do comandante, Jungmann falou com a imprensa e fez comentários sobre a crise política e sobre o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
“Sempre tive a visão de que esse governo, pelas suas características e pelo fato em que ele mesmo se deu, seria um governo difícil. Não seria um governo fácil. Nunca me iludi a esse respeito. Essas dificuldades, todos sabem, não adianta aqui nos iludir, têm se intensificado”, disse ele. “Mas no meu modo de entender, acho que o governo tem conseguido, até aqui, manter a governabilidade. Isso é o que importa efetivamente para o Brasil, e é isso o que entendo estar acontecendo. Torço para que continue”, acrescentou.
Jungmann falou também sobre a reforma da previdência dos militares, em elaboração. Hoje ele acenou com a possibilidade de um projeto a ser apresentado ao presidente Michel Temer ser concluído ainda em junho, já que não foi possível finalizá-lo em maio, como anunciado anteriormente. “Quanto ao presidente, [quando] vai enviá-lo ao Congresso Nacional, isso é uma decisão política que não nos compete. Mas quero dizer que a questão da reforma da proteção social dos militares, que é o termo correto, e da revisão das carreiras, tudo deve ser concluído tecnicamente, espero não ser desmentido, até o final de junho”, disse o ministro.
Agência Brasil/montedo.com

59 comentários:

Anônimo disse...

"e da revisão da carreira" significa que virá tudo junto? Espero que não alterem o interticio da Turma CFS 96. Alguns sairam em jun17 S Ten. 50% está previsto para dez17 e 10% para jun 18. Minha turma já sofreu consequências negativas quando da prom de terceiro para segundo, que o interticio aumentou e a segunda leva saiu do QA.

Anônimo disse...

Companheiros da turma de 1996, sejam espertos. Façam as mudanças por vcs mesmos. Lembrem se: "de onde não espera nada ...

davsant disse...

O que esperar de uma carreira cuja sistemática de promoção é regida por Portarias alterávéis ao sabor das conjunturas analisadas sob a ótica da discricionariedade.

Anônimo disse...

Está começando a "melar".............

Anônimo disse...

A TV Globo de Jornalismo transmitirá uma matéria, no programa dominical “Fantástico”, que irá ao ar neste domingo, dia 11 de junho, sobre o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), mais especificamente sobre atividades dos Cursos de Operações na Selva 17/1 e 17/2, categorias "B" e "C".

http://www.eb.mil.br/web/guest/todos-os-avisos/-/asset_publisher/yv4KqBTOcXmL/content/id/8162086

Anônimo disse...

Será a pá de cal na carreira militar, vamos ser guardas municipais, agentes de saúde, funcionários de prefeituras que é bem melhor que essa carreira injusta! Ser Praça é não ter dignidade, ser subserviente, sofrer assédio moral, trabalhar dia e noite, não poder dar opinião em nada, ter um bom carro é uma afronta aos cabras safados! Se tentar impor seus direitos de cidadania com a polícia, apanha da mesma e no quartel ainda é punido, ser Praça é ser um frouxo na acepção da palavra, uma vaquinha de presépio! Embuste só com sd recruta!

Anônimo disse...

Estamos governados por corruptos e vamos ser únicos por falta de Comandantes a sofrerem as consequências porque não temos quem fale por nós.
Somos o gado fardado indo para o abatedouro da JBS, porque os da cúpula já desisitiram e vivem de suas benesses e vassalos.
O julgamento do TSE mostra o que tem pela frente, ou seja, a podridão só vai aumentar com a conivência de quem tinha se pronunciar, mas para não perderem sua boquinha e futuros cargos comissionados ficar bajulando estes corruptos.
Os militares mais uma vez vão ser os únicos a sofrerem os ajustes dessa falácia reforma. Está mais que na hora de quem ainda tiver algumas gotas de sangue verde-oliva se manifestar de tentar resgatar a dignidade,pois, ninguém respeita valor baixo de contracheques neste país. Tem Capitão das FFAA ganhando R$ 4.900,00 líquidos, com mais de trinta anos de serviço, por causa das defasagens e reajustes nefastos e desvalorização da carreira militar.
Os comunas conseguiram o seu intento que foi de sucatear e desmoralizar as FFAA, porque assumiram o medo de intervenção, de não quererem ferir a Constituição e o barbudo disse que não precisava reajuste pois se contentavam com migalhas.
" O homem e as Nações , respectivamente, só lembram de Deus e dos seus soldados, quando sentem sua sobrevivência ameaçada, passado o perigo, a maioria dos homens se esquecem de Deus e as nações de seus soldados".

Anônimo disse...

Severinos fazendo o trabalho de outros pagos pra isso, mas ...

https://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/exercito-comeca-segunda-fase-de-obra-de-recapeamento

Anônimo disse...

Sempre as FFAA ...

http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/exercito-e-prefeituras-buscam-alternativas-aos-carros-pipa-contra-seca-no-semiarido.ghtml

Anônimo disse...

Oba!agora sai a Reforma da Proteção Social dos Militares e de quebra,a Revisão das Carreiras, incluindo a Revisão dos Salários.Falou nosso Ministro da Defesa, vamos esperar.

Anônimo disse...

E agora quem poderá me defender?
-Chapolin de Comando?
-Jair Bolsorado?
-Chapolin Moro?

Anônimo disse...

Não sei se o alto comando do Exército está preocupado com os praças. Já ouvi general dizer que sargento ganha muito.

Anônimo disse...

Gostaria de saber o por que de a DAProm ter manipulado o QAM 01/2017, de modo que somente foram promovidos a 2.Tenente os STen da turma 92!?!? Simplesmente em algumas QMS não promoveram ninguém das turmas de 91, 90 e anteriores!!!!! Se bem que a legislação editada pela própria DAProm concede a Comissão a possibilidade de interferir no QAM em até 49 pontos.Diante disso esperar o que dessa Comissão que ninguém conhece, sequer sabemos os nomes e os postos de seus membros...porque tudo é feito em segredo. Haja falta de publicidade !!!!!

Anônimo disse...

Pelo estudo do EME divulgado em matéria anterior...os mais prejudicados serão os primeiros sargentos....pra não prejudicar a instituição...

Anônimo disse...

Todos Canalhas...

Anônimo disse...

Até quando os "3" , gostaria muito de falar o nome de uma fruta tropical, amarela que começa com a letra ... vão ficar vendo o país que eles juraram defender com o sacrifício da própria vida, vão ficar vendo o país ser lapidado por guangues e quadrilhas que tomaram o poder no país. Tirem a minha dúvida, por favor, eu tenho que prestar continência para chefe de organização criminosa?

Anônimo disse...

Anônimo das 08:18 só pensando no seu umbigo. Esse é o problema dos militares. Quando aprovaram a MP do Mal era dia 29 Dez 00, dia entre dispensa de natal e ano novo, o que os míticos queriam era só dispensa, e a corja de Generais que fez o texto da MP já tinha todos os direitos adquiridos, ou seja ferro para os demais militares. Esse é o problema, nós militares estamos acéfalos e os Generais antigamente só queriam uma vaga no conselho de administração da Petrobras, hoje como o PT quebrou a Petrobras os Generais querem uma boquinha no STF ou de Observador da ONU, para isso vão vender o resto de dignidade que nós temos. Vamos continuar pensando só no nosso umbigo para ver onde vamos parar. Pergunta: Quem indicou o nosso Cmt do EB? E onde está autoridade está hoje? Quem acertar ganha trinta moedas de prata.

Anônimo disse...

Necessitamos urgentemente dessa reestruturação salarial e de plano de carreira das Forças Armadas; para que nós militares, principalmente os irmãos combatentes, que devido a uma moléstia, doença ou acidente, estão reformados, e os que por ventura venham a ficar impossibilitados de exercerem suas mais varonis atividades patriotas, necessitam do amparo legal, que lhes foram subtraídos de forma mesquinha, ou seja, simplesmente cortaram o subsídio do auxilio- invalidez de muitos militares, através de perícias despreparadas realizadas por peritos não habilitados para as funções, como por exemplo um médico sem conhecimentos técnicos específicos que realizam perícias em completo desatino com a realidade do militar enfermo, só para cumprir determinações de ordem hierárquica. Negam-lhe os pareceres favoráveis, alegando que os militares inválidos não necessitam de cuidados permanentes de enfermagem ou hospitalização. Mesmo sem terem suas moléstias, doenças incapacitantes sanadas, curadas, perderam injustificadamente seus direitos ao recebimento do auxilio-invalidez. Talvez os fins justifiquem os meios, como diz Maquiavel em sua obra o “Príncipe”, mas condenar pessoas que já estão condenas pelo destino à uma vida degradante é pecaminoso. Se realizamos nosso tratamento com meios particulares, ou seja, pelo nosso próprio bolso, deixamos de comer , de nos vestir, de proporcionar meio de subsistência de nossa família, já que medicamentos, tratamentos, curativos, serviços médicos em geral são muito caros. Temos o FUSEX, mas não é o bastante, já que o mesmo muitas vezes não tem o profissional médico especifico para aquela doença, ou moléstia incapacitaste, que de alguma forma persiste cronicamente, ou seja sem cura. Por isso peço a todos que não se esqueçam dos combatentes inválidos, pois são guerreiros, e guerreiros de verdade, por ainda terem esperança e lutarem por esse pais, de forma que um dia honraram suas fardas e agora fazem apenas parte dessa nação que clama por misericórdia em todos os aspectos, a Nação Verde e Amarelo que clama por Justiça, para que se possa construir um País verdadeiramente digno de se viver.

Anônimo disse...

Os heróis da Guerra do Paraguai devem estar se revirando no túmulo sabendo que preside a cerimônia um Mentiroso contumaz e seus lacaios, a MB não merecia isso.

Vagner Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

"Revisão da carreira": deve ser a confirmação do aumento do tempo de serviço para 35 anos e consequentemente o aumento de interstício nas promoções.

Minha opinião: No caso das Praças,podem até aumentar o interstício nas promoções, contanto que a diferença do soldo seja algo em torno de 30%, e não mantenham a diferença de apenas 500 reais.

Anônimo disse...

Apenas tenho que citar uma frase em se tratando de milico, Uns covardes! Preciso explicar? acho que não, pois, só fazem o que o Chefe manda, tem até preguiça de raciocinar.

Anônimo disse...

Que venham as mudanças que vierem...só tenho que saber se vai valer apenas continuar...Apesar de está pronta o público interno não sabe de nada. Com certeza vai ser 99% de bondade e 1% safadeza ou será o contrário?

Anônimo disse...

Lembre-se que "... revisão das carreiras..." pode ser uma coisa pra melhor ou pra pior...das duas, alguém tem dúvidas de qual a maior probabilidade?

Anônimo disse...

Realmente esta reforma não pode prejudicar a turma de 96, pois esta turma é mais importante que todos os demais integrantes das forças armadas...

Anônimo disse...

O projeto de previdência dos civis engavetado, e o dos palhaços prontos...caminha a passos largos, pois é interesse de todo oficial ter mais tempo na ativa, usufruindo de PNR, diárias, escravos....

marcelo disse...

Confio no meus chefes, Pantanal

Anônimo disse...

"reforma da proteção social dos militares". Tanto blá, blá, blá para nos ferrar. Só haverá reforma na nossa previdência, ops! proteção social dos militares.

Anônimo disse...

Amigo ! Por que a Turma de 96 não é toda promovida agora em dezembro de 2017. Sofremos para sermos promovidos a 2o Sgt, ou seja, entramos e saimos do quadro de acesso após terem promovidos o primeiro terço da turma. DAPROM !!! Precisamos que a Turma de 1996 seja toda promovida agora para reparar os problemas que passamos ! Por que deixar os 10% meu Deus ! Quanta dor essa turma ! Fiquei por pouco para sair nessa primeira leva e vejo que vou sair em dezembro mas a turma como um todo fica prejudicada. Fora varios militares de 95 que podem deixar de estar impedidos e prejudicar ainda mais as peomoçoes da Turma de 96.

Anônimo disse...

Mudança de intertiscio deve afetar APENAS aqueles que a sua respectiva turma não figure em parte ou na totalidade no QA, ou seja, a turma de 1996 já tem subtenentes que foram beneficiados na promocao a 2 Sgt e que para reparar deveria ser todos os promovidos esse ano de 2017. Precisamos da ajuda da COMISSAO DE PROMOCAO e da DAPROM para promover todos os militares da turma de 1996 até Dezembro de 2017. Excepcionalmente seria antecipado a promocão dos 10% restantes da turma de 1996 para Dez/17. Varias familias contam com os 600,00 de diferença para poder prosseguir a vida !!! Nos ajude DAPROM promova os 1o Sgt da turm de 1996 até Dezembro.

Anônimo disse...

As Instituições estão a Pleno vapor, cada um defende os seus, enquanto o povo sofre, é o fim

Anônimo disse...

E os 28,86%, vai sair quando?

Paulo Santos disse...

Bolsonaro presidente, é nossa última esperança de melhora na carreira.

Anônimo disse...

De novo estou vendo uma nuvem negra se aproximando da nossa turma (96), novamente prejudicado, levei um ano e meio de prejuízo na promoção à segundo sargento, isso que sou do primeiro terço da turma, na promoção à subtenente, a palavra "até" três por um da proporção funcionou, porque não respeitaram o quantitativo, só falta nos entubarem novamente. 22 anos pra sair subtenente é brincadeira.

Anônimo disse...

35 anos de SV e o fim da integralidade do salário na reserva, serão a tampa do caixão na carreira militar, se não houver concomitantemente uma reestruturação salarial, no dia seguinte após a publicação da lei serão milhares de pedidos de reserva e de demissões dos militares mais jovens.

Anônimo disse...

Aprendi uma coisa no valorozo EB do B: quando uma coisa evolui sempre é pra pior.
Seguindo nessa linha de raciocinio, creio que vai vim outra chicotada no lombo dos militares (MB, EB e FAB)
2° Sgt Com Lobo Vey

Anônimo disse...

Normal. Oficial sendo oficial. So quem ferra é nós, praça.

Anônimo disse...

Estamos lascados...

Anônimo disse...

Pessoal, o que mais vejo nos comentários sobre plano de carreira e principalmente política salarial das FA, são alguns comentaristas malhando os chamados: " comunas", traduzindo, atribuindo aos governos do PT a problemática das forças armadas. Muito me surpreende quase ninguem criticar o pessoal do PSDB, FHC e sua turma que realmente foram os que ferraram com o pessoal militar através da MP de 2001, Se hoje estamos nessa situação deplorável, de um STen com 30 anos de serviço ganhando pouco mais de 5 mil cruéis, devemos ao PSDB, cujo partido pelo visto na prática, se pudesse, acabaria com o serviço público, privatizando ate as forças armadas. Só frizando que sou apartidário e não tenho a menor simpatia por partido algum, muito menos pelos chamados tucanos.

Anônimo disse...

Vontade política?Mas tudo que é relativo a carreira de militares não é privativo da presidência da república?

Anônimo disse...

Só vai confirmar o que todos já sabemos: mais carga nas praças que são os que penam na mão das 907 portarias que mudam todo ano a respeito de suas promoções, transferências e outras oportunidades!! 99,9% que não virá nada de bom senhores. Simples assim!

Anônimo disse...

Bolsonaro para presidente em 2018. Pronto. Assim estaremos com a remuneração de qualidade garantida. Se todos nós militares das FFAA e Auxiliares, junto com seus familiares e amigos próximos, o apoiarmos, o futuro do Brasil estará em boas mãos.
BRASIL ACIMA DE TUDO!!!

Anônimo disse...

Só o papiro liberta... estudar é a unica salvaçao depois de DEUS.

Anônimo disse...

O DGP tirou do ar o acesso a informações do pessoal. Obviamente para que não se possa conferir e comparar a situação das promoções, que são completamente manipuladas. Alô Comandante do Exército, onde está a transparência? Todos devem ter direito a informação. Quem deveria dar exemplo, usa de subterfúgios para atender a seus próprios interesses.

Anônimo disse...

Pare de escrever besteiras, anônimo de 08:50. O Bolsonaro é um dos caras mais sangue-azuis que existem. Tem nojo de praças. Nunca o vi numa formatura da EASA, da EsSA, e ESLog, por exemplo. Nunca o vi se pronunciar a respeito da "pseudo" carreira das praças, as quais ralam 30 anos para ingressarem no QA para ingresso ao QAO, depois de tirarem sv durante 25 anos.

Sergio Luiz Gonzaga disse...

Gente cansei de ouvir tanta besteira !!! Desde 1991 que escuto dizerem que estão estudando pra melhorar a situação dos militares, até agora só estudos ....... que povo é esse que não resolve nada?? Só vão empurrando com a barriga e sacaneando todos e ainda dizem que é pra confiar na instituição. Confie nos teus Comandantes e verás todos aposentando e nada resolvendo. CANSEI.... e lá no quartel na reunião o Comandante disse que somos proibidos de manifestar principalmente aqui no blog do MONTEDO. Ou seja, Eles sabem de tudo e não querem nada. Só olham pro própio umbigo.

Anônimo disse...

Turma de 1996 precisa de uma portaria pata que seja toda promovida até dezembro de 2017 , para não sofrer com a reforma !!!! #turmade1996 A turma em que Caxias pulouuu na cova !!!

Anônimo disse...

Turma de 1996
Promoção já !!!
DAPROM urgente a turma de 1996 precisa ser toda promovida para reparar problemas !
Na Fab é de 7 em 7 anos o interticio e no Exercito muda toda hora !!!
Quanta dor !!! Como é triste amargar como 1o Sgt ! Meus Deus eu me enterrei vivo ! Destrui minha vida nessa escolha ! Bem que me falaram: Com o sacrificio da propria vida ...e nao acreditei !!!

Ps Silv disse...

Chapa Quente em silêncio...

Anônimo disse...

Ficamos reduzidos a defensores de bandidos.
Estamos sendo usados para a manutenção do poder de quem mais sacrifica a população e facilitar a vida da quem sempre se deu bem na história desse país, a elite. Ontem escravagista, hoje rentista e dona da mídia milionária.
Como se não bastasse, não nos valoriza como trabalhadores(estou falando dos militares) . Diariamente estamos sendo ameaçados.
Há de aparecer alguém que dê um basta nesta situação. Seja legal, ou não, terá apoio da população.

Anônimo disse...

Incrível como têm muitos militares que continuam com esse pensamento de que os comunistas estão tentando tomar o país. Por acaso voltamos aos anos 60? O PSDB foi muito mais nocivo aos militares do que o PT. O que mais precisa acontecer para nós entender-mos que não existe de fato, esquerda ou direita no Brasil? Apenas várias facçoes travestidas de partidos politicos, para continuar saqueando e ao mesmo tempo dividindo a naçao. Quadrilha esta liderada desde os anos 80 pelo PMDB, a prostituta dos pardidos.

Anônimo disse...

Concordo com o texto acima....Sim ! "Temos vários problemas internos!" E eles se chamam CORRUPÇÃO! Não devemos fazer sacrifício nenhum além daquele que já fazemos pela pátria nos sacrificando a cada dia por este país de políticos sem vergonha! Não venha fazer marketing conosco Sr Ministro, nós temos honra e um nome a zelar e só pra lembrar pra quem esqueceu : Temos família também e vamos defender os interesses dela também.

Anônimo disse...

Já damos todas as garantias constitucionais pra vocês saquearem o país. O que mais vocês querem de nós ???

Anônimo disse...

Tenho até medo de pensar no que vai começar a vir das escolas de formação. O pessoal está chegando totalmente descomprometido e pensando em fazer concurso para meter o pé. Se era acabar com a profissão militar que queriam, acho que vão conseguir dessa vez - e isso é coisa para um curto espaço de tempo pelo que estamos vendo. Os maiores meios de propaganda da nossa profissão sempre foram seus quadros. Atualmente, nenhum militar de carreira incentiva seus filhos, parentes ou conhecidos a prestarem concurso, pois, realmente o que se mostra no horizonte não é nada animador. Basta constatarmos que, quem está chegando das escolas de formação, são todos um bando de desavisados que, antes de vestirem a farda, tinham poucas informações sobre o que é realmente ser militar ou mesmo, somente aquela propaganda institucional enganosa da "globo" como referência da carreira.

Anônimo disse...

"Senhores" parem de acreditar em papai noel, coelhinho da páscoa etc... Lembrem-se do governo do então fernando henrique cardoso, foi tirando tudo que é " privilégio", lembram?????, depois veio o molusco o que fez ? NADA NADA NADA. depois dilma, o resto vcs ja sabem... Então dos governos não se espera nada é triste mas é a realidade.

Anônimo disse...

A única coisa que realmente precisa ser feita é uma regra de transição. Em 2000 foi um caos. Agora será pior sem ela. Um militar com mais de 25 anos será duplamente punido, ao final da carreira, com mais tempo e maior interstício, sem que possa tentar juntar algo a mais, pois não esperava que tal sorte (azar) de eventos o atingisse. Serão zumbis nos quartéis e pior, serão os mais antigos, praças e oficiais.

Se passar uma idade mínima então, acabou. quem vai querer encarar uma guarnição especial, se aquele tempo não contará pra nada? Se a idade mínima for mudada, em todas as escolas, para 18 anos, ao fim de 35 anos esse militar terá 53/54 anos, o que bem negociado não levaria a necessidade de mudança, FAB e MB teriam que alterar EPCAR e CN para ajustar idades mínimas.

Mudanças são inevitáveis. Resta saber se os encarregados dessas negociações serão fortes ou seremos, igual em 2000, os únicos a pagar a conta.

Anônimo disse...

Fui

Anônimo disse...

So vai vir sacanagem , que viver vera.

Anônimo disse...

Se quando você sair da escola de formação, ter uma filha, no baile de deputante dela você ainda será 2º Sgt é piada uma vida, dezesseis anos para sair 1ºSgt, se tudo der certo é palhaçada.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics