11 de junho de 2017

RJ vai usar serviço de inteligência das Forças Armadas para combater violência no Estado

Estado vai usar serviço de inteligência das Forças Armadas para combater violência no Rio

Fernando Molica
Um dia após o anúncio do Plano Nacional de Segurança, que vai priorizar ações no Rio, o governador Luiz Fernando Pezão defendeu a integração com a União no combate ao tráfico de armas e drogas. Ele também disse que os militares podem voltar às ruas caso seja necessário.
CBN/montedo.com

10 comentários:

EXPLORANDO O DIREITO PENAL disse...

A Inteligência trabalha fora do foco da mídia. Falar de operações de Inteligência, principalmente em se tratando dessa região geográfica, já compromete o seu início, infelizmente.

Anônimo disse...

Lá vamos nós... Não tenho duvidas disso. Sem gratificaçao de representaçao, dormindo no colchao sujo do enc mat, risco de tomar tiro no lombo, jornada de 24h na hora... Enquanto Força Nacional... Ganhando diaria ate o talo.

Anônimo disse...

Agora fiquei na dúvida. O Serviço de inteligência que ele se refere é o mesmo usado no interior dos quartéis com a finalidade de caveirar o companheiro, só pq o militar quer destruir o colega. E por fim, ganhar pontos com o cmt? Nossa! creio que dessa vez Trump cai e o brasil será o primeiro na economia mundial.

Anônimo disse...

Acho a nossa inteligência ainda fraca para este tipo de serviço. Importante alguns integrantes realizarem estágios na CIA e FBI. Um P2 tem muito mais "bagagem" que um agente do EB. Eles tem a vivência da rua e do mundo crime. Os Agentes do EB ainda são poucos treinados em missão real, ficam mais dentro das bases.

Anônimo disse...

Os militares pobres que moram em comunidades vão pagar o pato.

Anônimo disse...

Antes tarde do que nunca ou uso excessivo das FFAA? depois de obter as informações, quem vai agir?? As FFAA, também? E o setor de inteligência deles não funciona? Com a administração "excelente" e as verbas recebidas para a Copa e Olimpíadas que o governo Cabral usufruiu, o resultado foi aumento da milícias, desmonte das UPP's, desvalorização e desmonte das polícias, resumindo, falência total do estado. Assim como o condenado, outros deveriam devolver tudo que roubaram. O Rio deveria servir de exemplo e lição para outros governantes que continuam armando circo e deixando as facções criminosas tomarem conta. A solução atual dos governadores e prefeitos se resume em correr para o "posto Ipiranga nacional", Exército Brasileiro.isso não é solução.

Anônimo disse...

Essa visão sua é aquela antiga, que certos militares mal selecionados trabalhavam fazendo fofoca, dos 30 anos que passei no EB, 16 anos foram dedicados a essa área, inclusive na PE, não ganhei conceito com isso, não fui pro exterior, bati de frente com militares bandidos, viciados e traficantes safados, nunca prejudiquei nenhum praça ou oficial honesto ou mesmo acochambrador, a Inteligência tem que focar na segurança Orgânica da Instituição e não em fofoca e boatos, eu mesmo disse pra um superior que eu não era fofoqueiro, aí já ficam de má vontade contigo, paciência ossos do ofício, eu ajudei e orientei muitos militares em apuros, tenho minha consciência limpa, agora eu concordo que trabalhar nessa área o indivíduo tem ser imparcial, justo e discreto e se preparar tecnicamente,tem agora o Btl de Inteligência no MS, as Cia Intlg no Cmdo Mil Área e os Gp de Op de Intlg nas Brigadas destacadas e Regiões Militares, e todo esse pessoal tem um bom conhecimento técnico e boa experiência em campo pcp os do RJ e SP, agora lembre se companheiro que homens sem caráter e canalhas vc encontrará em qualquer lugar.

Marcio dos Santos Arbex 2 Ten QAO R/1





Anônimo disse...

A Força Nacional é uma piada! Servem apenas para fazer encenação em frente as câmeras! Ganham altas diárias e nunca foram uma força reamente de elite! Nas olimpíadas, tiveram que receber proteção da PM, pois estavam sendo ameaçados pela milícia! Aqui no Rio de Janeiro a FN não serve para nada! Aqui teria que ter a participação das Forças Armadas, tais como os fuzileiros navais e os paraquedistas do Exército no auxílio a Polícia Militar!

Anônimo disse...

Tive um colega do S2 que falava tudo para esposa dele. Na Vila Militar na hora do chimarrão ela comentava tudo. Ela sabia tudo de Papa Bravo e Oscar Bravo. Muito amadorismo. Tanto foi que ela espalhou que um Sgt tinha 8 empréstimos o cara processou eles e ganhou uma moto BIZ de indenização.

Anônimo disse...

Bem feito! Quem manda ser indiscreto e incompetente, essa função de Auxiliar de Inteligência e de Chefe de AI, não pode ser exercido por praças e oficiais amadores e sem perfil, em todo tempo que passei no EB, já vi cada imbecilidade de S/2 em Corpo de Tropa, e quem toca o Sv são os praças que trabalham na Seção, qdo o cara não sabe nada e não se envolve é menos mal, pois tem o cara que não sabe nada e quer chefiar fazendo um monte de asneiras comprometendo a OM, arrego ! Graças a Deus estou na Reserva, quero ver como vai ficar a eficiência das Forças Armadas com um efetivo avassalador de Temporários mal formados, pcp os da área técnica, servi 5 anos em um QG de RM e posso afirmar, a falta de competência e compromisso desse pessoal Técnico Temporário tanto praças como oficiais.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics