30 de junho de 2017

Morte de soldado do Exército baleado por PM gera protestos em Pernambuco

Protesto bloqueia Ponte do Janga, em Paulista
Manifestantes interditaram o acesso com fogo em entulhos
Manifestação começou no final da tarde / Foto: Cortesia
Olinda (PE) - Um protesto bloqueou no final da tarde desta quinta-feira (29) o acesso à Ponte do Janga, em Paulista, Região Metropolitana do Recife., protestando contra a morte de um soldado do exército, baleado por um policial militar. Os manifestantes interditaram a via ateando fogo à entulhos.

O crime
O soldado do Exército Joeldes José de Santana, de 19 anos, estava em uma festa de aniversário na casa de uma amiga, no último sábado (17), quando saiu com um amigo para comprar bebida. O jovem ficou do lado de fora conversando com duas amigas que tinha acabado de encontrar.
Após elas receberem uma cantada e serem insultadas, Joeldes José foi tomar satisfação e levou um tiro na região do abdômen. O rapaz faleceu no dia 21. Joeldes servia ao Exército há quase dois anos. Ele era lotado no Grupamento de Artilharia de Campanha, em Olinda.
JCONLINE/montedo.com

13 comentários:

Anônimo disse...

https://www.stm.jus.br/informacao/agencia-de-noticias/item/7474-justica-militar-de-sao-paulo-da-seguimento-as-investigacoes-sobre-o-afogamento-e-morte-de-tres-militares-do-exercito-em-barueri-sp

Anônimo disse...

Mais um exemplo de quem não tem as mínimas condições de portar arma de fogo. Se acha super, grande autoridade e não passa de um desequilibrado. A vida humana está banalizada. Mata-se a qualquer hora, em qualquer lugar, sem distinção, e nada acontece contra.

Rafael Martins disse...

Se ele soubesse q apos matat alguem teria prisao perpetua e se este alguem fosse um homem da lei seria pena de morte como acontece no EUA.
Ele pensaria antes de pagar de mr fodao e sair dando tiro em todo mundo

Anônimo disse...

A PM no geral esta despreparada, acoada e sem quadros competentes para agir com discernimento em abordagens e operações, para piorar existe um glamour pelo autoritarismo e um certo " corporativismo bandido" nessas instituições que as coloca acima dp Juiz, Promotor e Adv, um individuo desses armado em nada difere das gangues como PCC e Chmando Vermelho, se não existir politicas publicas de qualidade que permitam uma boa gestão na Area da segurança a PM sera as FARC DO BRASIL.

Anônimo disse...

Espero que o Comando Militar do Nordeste (CMNE) faça o minimo, peça a cabeça do PM e se o referido militar estiver respondendo processo ou com alguma restriçao que role a cabeça de quem autorizou o mesmo andar armado.

Anônimo disse...

KKKK.... De onde vcs acham que o grandes Coronéis, Generais se importam com isso nos somos tratados que nem cachorro sarnento pelas autoridades da segurança publica da um carteiraço em uma abordagem para ver o que acontece, não existe hierarquia dentro das PM, eles não tem nem Regulamento.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

A PM não tem controle. Se vende e cria sociedade com bandidos. Mata pessoas inocentes sem medo das consequências. A corrupção está generalizada. No Rio as blitzes cata moeda está em toda esquina. Se matam Juízes, o que podemos esperar. O safado mexe com mulheres acompanhadas e ainda tira a vida de um companheiro nosso de farda.

Vicente ferrari disse...

O EB não está nem aí pra nós, essa que é a verdade!

Anônimo disse...

A PM é uma instituição mega falida,e ainda pra piorar temos um dos piores modelos de segurança pública.
E tem gente que defende que a desmilitarização das PMs é coisa de esquerdoPaTa,sabem de nada inocentes.

Subão 911 disse...

Bom mesmo é nosso EB

Anônimo disse...

E essa Lei, não serve para quem mata militar das FFAA ?

http://www.conjur.com.br/2015-jul-07/entra-vigor-lei-torna-crime-hediondo-assassinato-policial

Anônimo disse...

Pro bem do país espero que sim.

Subão 911 disse...

Só em função do serviço, ou seja, durante a faxina ou coquetel.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics