23 de junho de 2017

Jato da FAB que transportava Gilmar Mendes sofre pane e volta a Brasília

Aeronave seguia para Belém (PA), onde o ministro visitaria o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), mas retornou à base aérea por decisão dos pilotos
Uma aeronave que transportava o ministro do STF Gilmar Mendes e sua comitiva sofreu uma falha técnica no ar e precisou retornar ao aeroporto de origem, em Brasília, na noite desta quinta-feira (22).
A aeronave tinha como destino Belém (PA), onde o ministro visitaria o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará.
Ministro Gilmar Mendes preside sessão plenária do TSE durante julgamento da chapa Dilma-Temer, em BrasíliaSegundo a Força Aérea Brasileira (FAB), o jato modelo Learjet 35 decolou por volta das 18h45. Assim que a pane foi percebida, os pilotos realizaram procedimentos previstos em manual, mas, por se tratar de voo noturno e com passageiros, o que torna os requisitos de segurança mais rígidos, optaram por voltar à capital federal.
O avião da FAB retornou à Brasília e pousou na base aérea cerca de uma hora depois da decolagem, às 19h45. Segundo a Força Aérea, “em nenhum momento, a segurança da tripulação e dos passageiros foi comprometida”.
Veja/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Isso mostra a capacidade e eficiência da tripulação. E o salários deles óóó!

Anônimo disse...

Problemas técnicos fazem parte da vida na aviação, principalmente com a falta de verbas e utilização constante dos aviões. Aviação é muito cara. Sem a FAB, qual seria a alternativa?

Anônimo disse...

Vivemos em uma espécie de idade média onde pessoas e entidades viviam ao arbítrio das autoridades, completamente sub-julgados,subalternizados, escravizados na escuridão de suas mentes. República só no nome, democracia só nos livros e Leis, só nos códigos. Criamos monstros que agora se alimentam de nós mesmos.Triste realidade brasileira, abandonado por Deus.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics