12 de fevereiro de 2017

Aos poucos, PM volta as ruas no Espírito Santo

PMs são vistos nas ruas e mulheres continuam na porta dos batalhões do ES
Este já é o nono dia em que a saída de policiais fardados e de viaturas são impedidas. No sábado, 70 policiais que estavam no QCG foram retirados de helicóptero

Redação Folha Vitória
Alguns policiais militares já são vistos nas ruas de Vitória na manhã deste domingo (12). Mesmo com eles atuando, os batalhões continuam bloqueados em protesto realizado por mulheres e familiares dos PMs. Este já é o nono dia em que a saída de policiais fardados e de viaturas são impedidas.
Na tarde do último sábado (11), eles foram convocados a comparecer na Praça Oito, Centro de Vitória, e na rodoviária da capital. De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), eles atenderam a uma chamada operacional realizada pela Polícia Militar, às 16 horas.
Na Praça Oito, compareceram de 200 a 300 policiais. Os que se apresentaram fardados saíram para realizar o policiamento ostensivo na região metropolitana. Os demais militares, cerca de 50, que estavam à paisana, permaneceram no local aguardando ordens do comando da Polícia Militar, já que não possuem fardamento e não podem fazer policiamento sem o uniforme.
Ainda de acordo com a Sesp, além de Vitória, as convocações a policiais militares aconteceram em Cariacica, Serra, Vila Velha e em municípios do interior, como Cachoeiro de Itapemirim e Domingos Martins. A Polícia Militar informou que, em Vitoria, Vila Velha, Cariacica, Serra e Cachoeiro, 600 policiais atenderam ao chamado operacional. Ainda não foi informado o resultado nos outros municípios.
A convocação ocorreu pouco depois de o ministro da Defesa, Raul Jungmann, que esteve em Vitória neste sábado, afirmar que todos os policiais que desejam voltar ao trabalho podem usar as instalações das Forças Armadas para descanso ou abastecimento das viaturas.

Retirados de helicóptero
E durante a noite de sábado, 70 policiais que estavam no Quartel do Comando Geral (QCG) da corporação, em Maruípe, Vitória, foram retirados. De acordo com a Sesp, a retirada dos policiais do QCG foi feita por meio do helicóptero da PM. Já fardados e prontos para trabalhar, militares embarcavam na aeronave e eram levados até o heliponto que fica ao lado da rodoviária de Vitória. De lá, eles seguiam para fazer o policiamento nas ruas.
Folha de Vitória/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Agora vão ter que mostrar serviço eficiente para a população... ou não.

Anônimo disse...

Montedo tem como postar o RANKING de salarios que foi divulgada pelo MD na reuniao de sexta feira. O salario das ffa è o pior.
FORCAS ARMADAS TEM O PIOR SALARIO DAS CARREIRAS DE EDTADO.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics