26 de fevereiro de 2017

ES: grupo político de Bolsonaro esteve na 'teia' do motim, diz jornal

Rede de Bolsonaro na 'teia' do motim
Levantamento mostra que aliados do deputado do PSC participaram ativamente da divulgação do movimento de policiais no Espírito Santo
Adriana Fernandes, André Borges e Leonencio Nossa ,
BRASÍLIA - Um grupo político ligado ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) esteve na linha de frente da comunicação e da logística do motim que parou a Polícia Militar do Espírito Santo no início deste mês, segundo levantamento do Estado em conjunto com uma equipe de especialistas em redes sociais. Entre os nomes que constam desta rede de apoio estão o ex-deputado federal Capitão Assumção e o deputado federal Carlos Manato (SD-ES), aliados de Bolsonaro no Estado.
A Polícia Federal investiga a origem do movimento, que durou de 4 a 14 de fevereiro, período em que ocorreram 181 homicídios na Grande Vitória e em cidades do interior. Um relatório parcial da PF, de 17 de fevereiro, ao qual a reportagem teve acesso, cita os nomes de Assumção, de Manato e de assessores. O documento alerta para a possibilidade de falta de policiais nas ruas de Vitória durante o carnaval. A paralisação dos militares é considerada ilegal e mais de mil agentes da corporação estão sendo processados.
O Estado identificou uma intensa troca de mensagens entre pessoas ligadas ao grupo, influente na PM capixaba, corporação que agrega 10 mil homens. O levantamento coletou informações produzidas por internautas e rastreou as interações de pessoas e entidades. Para isso, teve a ajuda de uma equipe formada por mestres e doutores nas áreas de Sociologia e Comunicação Digital.
Recorde. Publicações do próprio Bolsonaro atingiram recordes de visualizações nos dez dias de paralisação. Apenas um vídeo divulgado pelo deputado no dia 6 de fevereiro, terceiro dia do motim, foi visualizado por 2 milhões de pessoas. Nele, Bolsonaro critica o governo do Estado, defende a polícia, alerta para a possibilidade de o movimento se espalhar para outros Estados e faz propaganda do nome do Capitão Assumção, que, segundo aliados, almeja voltar à Câmara em 2018.
A movimentação na internet antecede a presença massiva de familiares dos policiais na frente dos batalhões da Polícia Militar, um cenário que ganhou corpo a partir da manhã do sábado, dia 4. No dia anterior, sexta-feira, o ex-deputado Capitão Assumção, braço direito de Bolsonaro no debate de segurança pública na Câmara entre 2009 e 2011, divulgou no Facebook uma lista de reivindicações da categoria e as primeiras imagens de mulheres que faziam protesto na frente de um batalhão no município da Serra.
“Já que os militares não podem se manifestar, os familiares estão fazendo por eles”, escreveu. O post teve quase 300 mil compartilhamentos. O ex-deputado usa foto de Bolsonaro na capa da conta no Facebook. Procurado desde a terça-feira, 21, Assumção não foi localizado.
Na noite da véspera do início do motim, o empresário Walter Matias Lopes, militar desligado da polícia, alertou seus seguidores: “Amanhã a Polícia Militar vai parar. Pior Salário do Brasil”. Em seguida, convocou: “Você, admirador da Polícia Militar, está convidado para participar do movimento amanhã”. Matias é companheiro de Izabella Renata Andrade Costa, funcionária comissionada do gabinete de Carlos Manato, que é pré-candidato ao governo do Espírito Santo com o argumento de que, assim, dará palanque a Bolsonaro.
Além de também incentivar a manifestação, Izabella engrossou as fileiras em frente aos quartéis e ajudou a distribuir alimentos às mulheres, segundo publicou em sua conta no Facebook. Na manhã de sábado, divulgou vídeo de “transmissão ao vivo” do protesto.
Marido de Izabella, Matias Lopes também tem pretensões eleitorais em 2018. Quer tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Ao Estado, disse que foi apenas um “espectador”. “Não sou líder nem cabeça de movimento. Nem eu nem a Izabella”, afirmou, referindo-se à sua companheira. “Estou servindo apenas de mediador de um conflito.” Logo após a conversa, Matias e Izabella limparam as mensagens publicadas no Facebook.
Questionado sobre as publicações disseminadas pelas redes sociais, o governo do Espírito Santo informou que tem procurado identificar a dimensão do uso político antes, durante e depois do motim e que fez alerta às forças federais.
Ao vivo. A reportagem procurou Bolsonaro desde terça-feira, 21, para comentar as questões relacionadas à crise no Espírito Santo e enviou perguntas ao deputado. O parlamentar, que informou que estava no Rio, não respondeu aos questionamentos e disse que só se manifestaria sobre o assunto ao vivo e desde que a conversa fosse gravada em vídeo.
O Estado de S.Paulo/montedo.com

52 comentários:

Anônimo disse...

so sobra para ele as coisas , tipico da esquerda desesperada com nosso futuro presidente

Anônimo disse...

A verdade é que o grupo que fez o movimento talvez tenha apoiadores de Bolsonaro, isso não significa que ele tenha participado ou apoiado o movimento, isso é uma inversão total de valores, e acho que quem divulga esse tipo de informação é, no mínimo, mal intencionado.

Anônimo disse...

A imprensa brasileira NÃO é baixa, é RASTEIRA.

Anônimo disse...

Bolsonaro, você tem que agir mais a favor dos seus eleitores: pensionistas e militares. Eu já ando o observando há algum tempo e não vejo você "mover uma palha" em benefício dos praças. Mas, na hora de querer voto, chegam cartas com vários "santinhos" para distribuir para os amigos. Fique sabendo que, enquanto eu não vir coisas a favor da minha classe, aqueles papéis vão todos para o lixo. Nas próximas eleições, já não tenho muita convicção em votar em você, não. Você está sob análise!!!

Anônimo disse...

Daí concluimos que ele não é mito, é perito. Perito em se meter em confusões.

Anônimo disse...

BOLSONARO 2018!!!!

Anônimo disse...

Bom dia, Montedo.
É possível vc aumentar o tamanho das fontes dos textos das matérias e dos comentários?

Marcelo Carvalho disse...

Pronto ! Arrumaram um jeito de culpar Bolsonaro.... Hipócritas...

Anônimo disse...

Bolsonaro só apóia os oficiais das FA, ele está se lixando para as praças. Acordem, ele é oficial, se diz pelo menos, para angariar simpatia dos trouxas. Ele quer mais é que as praças das FA se lixem, se a turma do nível superior (oficiais) estiver bem, é o que importa.

Anônimo disse...

Estão apavorados...e é pra ficarem mesmo...

Alexandre disse...

Bolsolixo é um dos maiores cânceres da política brasileira. Nunca conseguiu nada de realmente relevante para nenhuma classe, principalmente a militar. Com seu discurso retrógrado não tem coragem de vir a público defender os militares ante às novas cores do cenário previdenciário, sabido está que, uma vez candidato, não pode fazer isso, haja visto que a população que, em teoria, tem os militares em bom nome, não concorda com a nossa situação previdenciária.

Mas, infelizmente, como Trump conseguiu se eleger com discurso igualmente fascista e venéreo (embora não tenha obtido maioria de votos) e, ainda, observado o crescimento da direita conservadora na Europa, temos a chance de ver esse Senhor conseguindo alguma entrada entre aqueles que não conseguem parar o mundo.

Mas, também felizmente, no primeiro debate, ao demonstrar suas toscas convicções, será detonado pela opinião pública, tal qual um Levi Felix da vida. E poderá chorar no ombro quente e rico da nefasta bancada evangélica.

Um abraço a todos

Ten QAO MOTTA

Garivaldino Ferraz disse...

Legal!! Eu também sou admirador do Bolsonaro.
Vou começar a fazer besteiras pois a culpa será atribuída a ele.
Esse pessoal está no desespero! É Bolsonaro em 2018 e acabou!!

Anônimo disse...

Em todos os mandatos dele eu dei meus votos, mas não farei mais isso. Bolsonaro mudou muito.

Anônimo disse...

Bolsonaro perdeu o foco.

Anônimo disse...

Pensar que um evento desses não teria alguma participação, comentário ou incentivo de algum, pretenso candidato a eleição, seria inocência. Com os pros e contras dessa paralisação, ficou o alerta para que os governantes tomem ciência das consequências da falta de planejamento e tratamento adequado ao setor de segurança pública.As ocorrências havidas durante esse período não podem ter outro tratamento que não seja investigação e punição aos culpados, caso sejam identificados.

Anônimo disse...

No passado ele planejou explodir vários quartéis.

Anônimo disse...

Montedo, vc tá atualizando o blog quantas vezes por dia?

Anônimo disse...

Puxa saco midiotizado! Só arrumou a vida dos seus rebentos, o resto, inclusive você, que se explora!

Anônimo disse...

agora tudo é culpa do bolsonaro ,pqp , bolsonaropresidente

Anônimo disse...

http://eblog.eb.mil.br/index.php/noticias/4257-a-reestruturacao-da-remuneracao-dos-militares-das-forcas-armadas-e-os-efeitos-na-reducao-de-gastos-do-governo

Anônimo disse...

EEEE Estado de São Paulo, o que tem a ver uma coisa com a outra, o pessoal apoiou a greve e o que tem o Bolsonaro com isso, não chegou a conclusão nenhuma, qualquer coisa né para atingir o Bolsonaro daqui até as eleições vão culpar o cara por tudo de errado no universo.

Anônimo disse...

Tinham esquecido o Bolsonaro mas de agora em diante, vai ser bem interessante o que vão começar a noticiar a respeito dele para não correrem o risco do candidato figurar nas eleições presidenciais do ano que vem... dessa nossa mídia podre, podemos esperar qualquer coisa... certamente já deve ter alguém montando um dossiê com provas relevantes contra o deputado do tipo (ele peidou perto de um homossexual para atingi-lo moralmente ou quem sabe alguma ligação por e-mails e mensagens de whatsapp secretas nunca antes reveladas com grupos nazi-fascistas atuantes na Europa Ocidental)... é só esperar para ver o que vem por aí - vai ser tragicômico.

Anônimo disse...

BOMBA!
https://www.youtube.com/watch?v=ltjEaTruMlE

Marcelo Carvalho disse...

Nunca vi Bolsonaro incitando greve, ainda mais no meio militar... Enfim, o desespero é tremendo...

Anônimo disse...

Agora que ele vai crescer, ou seja, tentam de tudo para culpa-lo, ora bolas, até eu compartilhei mensagem sobre essa greve, todos os jornais, falavam dessa greve, governo intransigente, pagando o pior salário para policias, até o vale alimentação havia cortado. Chega de Hipocrisia, que tal a PF conseguir de volta os milhões roubados da Petrobras. Bolsonaro 2018!

Anônimo disse...

Interessante! Vivemos ou não vivemos em um país democrático? O deputado Bolsonaro tem ou não o direito de apoiar os militares em suas reinvidicações como sempre o fez? E o foro de São Paulo que é traição ao país pode acontecer aki no Brasil e tudo bem e ninguém é processado??? Para mim estão atacando muito os grevistas e o peso do Estado sobre eles está sendo muito grande, mas ninguém está se preocupando com o que causou esse movimento. Será que as reinvidicações foram absurdas? Será que o Governador do Espírito não tem culpa alguma? (eu realmente não tenho dados suficientes sobre o assunto só estou questionando). Não dou meu apoio a insubordinação mas o Estado não pode impor (se for este o caso) um regime de escravidão e insegurança aos seus agentes de segurança. Eles têm o direito a bons salários, bons armamentos, viaturas blindadas, coletes, etc pois é a vida deles que está em jogo. A própria defesa, ministério público, stf deveriam averiguar com mais cuidado as causas pois é uma questão de justiça. Será que o resultado disso será uma PM mais competente???

Anônimo disse...

Então pode tudo, menos ir contra a ref prev daqueles que acham que são injustiçados. Temos vários e vários benefícios e sabemos disso. Os civis não são idiotas. Esse papinho de que não temos PREV e sim Defesa SOCIAL. Esse papinho fé que podemos ser chamados a qualquer hora para voltar à ativa e que vamos a contra gosto e de graça para outra localidade não enganam ninguém. Eles não são imbecis. São essas conversinhas que queimam Nosso filme e tiram nossa moral pra argumentar. Espera eles saberem que recebemos aposentadoria integral. Que pagamos 7.5 %. Que recebemos transferência e embolsamos o dinheiro que sobra. Que ficamos meio expedex de dezembro a fev. Que passamos 90% do tempo na cadeira. Que recebemos PNR. Que recebemos adicional de Loc para morarmos em capitais ditas especiais, ainda que algumas, como Campo Grande tenha um dos melhores IDHs do país. Que recebemos um soldo quando nosso filho nasce. Temos que parar de pensar que somos os mais pobres do mundo Pq um 3 sgt ganha 4 mil!Não é um salário justo, mas nunca será salário de pobre. Um 1 ten recebendo 8 mil. Ninguém tem dó da gente. E eu não culpo. Vamos parar de desviar energia com choro e argumentos falsos.Temos que lutar pelo aumento salarial em troca dos 35 anos. Um aumento de 28% no mínimo.
Maj Ramos

Anônimo disse...

Ficar dizendo que vai ser candidato à presidência e aparecer em alguma pesquisa como candidato forte, faz com que os adversários, principalmente os rasteiros, mirem a "artilharia" para minar essa pretensão. Como ele sempre se meteu em assuntos polêmicos com grupos radicais, era de se esperar a baixaria geral. Pode até ser um candidato forte para 2018 mas vai ter que remar bastante contra o descrédito entre os militares, afinal, não ha um só candidato até agora que seja confiável.Sempre os mesmos caras de pau.

Evandro disse...

MAV???????

Anônimo disse...

Eu não vi ou ouvi falar que o Bolsonaro tenha se manifestado sobre as mudanças que estão sendo preparadas para os militares para tapar buracos de previdência.O efetivo está diminuindo drasticamente e não há contribuição que pague essa diferença.
No NOTIMP, http://www.fab.mil.br/notimp, disseram o seguinte: "...Enquanto em 2012 a relação ainda era equilibrada, tendo ingressado 3460 militares e saído 2351, a relação inverteu-se e agravou-se ao ponto de, em 2015 (até setembro), terem entrado apenas 822 militares e saído 1265. Em 2014, a diferença foi ainda maior: entraram para as Forças Armadas 1158 jovens e saíram 2539. A situação é dramática em relação a algumas especialidades."

Anônimo disse...

Existem noticias que tem como finalidade principal criar dúvidas, raivas,desacreditar em,principalmente quando o assunto é sobre as Forças Armadas ou algum militar que a ela pertença.
Já escreveram sobre a tal "Caixa Preta das FFAA",Reforma da Previdência, aumento de tempo de serviço aos militares,pressão das Forças Armadas sobre o governo, agora fazem esse tipo de acusação com o Bolsonaro,eles sabem qual é a origem dele e está bem posicionado nas pesquisas, então vão pega-lo de "chinelada"para sua queda.

Anônimo disse...

rapaz , ta cheio de milico aki falando que bolsomito nao faz nada pelas praças ( acho q deveriam estudar mais um pouco e entenderem como acontece as votaçoes na camara de deputados) , e quem foi que fez ? Lula ? Dilma ? respondam ai

Anônimo disse...

Por favor, deixem de ser tolos!
Não estão vendo que esse pessoal quer uma ponta para desmoralizar nosso futuro Presidente!

Rindo dos analfabetos políticos disse...

Lula em 2018! As melhores reposições salariais da minha carreira, trocou o monte de ferros- velhos das garagens, a tropa parou de comer somente é carne de monstro e arroz com farinha.

Anônimo disse...

Como tem militar aqui que acredita em manchete. A mídia é da esquerda.

Anônimo disse...

Parabéns ao anônimo de 27 Fev 17, 09:52, seu texto é perfeito, o problema do militar é reclamar de tudo, não olham para o lado pra ver o vizinho desempregado, os professores, os aposentados do INSS e outros tantos passando por necessidades, só sabem reclamar, mas ninguém larga o osso, já encheu o saco esse mimimi, se for pra 35 anos Brasil, acho que tá na hora do pessoal parar um pouco com o coitadismo e pensar que se tá ruím no EB aí fora tá muito pior, só o fato de ter seu emprego garantido, aconteça o que acontecer, já é motivo pra agradecer em vez de reclamar.

Thiago Vahl disse...

Certamente, o senhor está correto em todos os argumentos. Só permita-me perguntar quanto tempo de serviço o senhor tem, pois se já puder pedir reserva, não terá muito crédito!!

Anônimo disse...

Tu demora muito montedo para atualizar os comentários.divide a faxina com outro

Anônimo disse...

Ao anônimo de 27 fev 09:52 que diz q ficamos 90% do tempo na cadeira pergunto se está pela Junta médica ou algo parecido? Q fala que temos PNR, respondo que isso não corresponde a minha realidade nem da grande maioria dos militares que conheço;Q fala sobre Adc Loc Esp digo q já morei em uma delas e te digo que esses lugares não valem a pena pelo custo de vida e pelo sacrifício da família, vc deve saber do alto índice de separação nesses lugares. A maioria dos relatos de companheiros é que esse percentual de longe não compensa. O que tem de mais receber aposentadoria integral? É um direito previsto em Lei. Alguém está fazendo algo às escondidas? Estamos sim à disposição do país 24 h para defendê-lo e não é o civil que irá defender este país mas os militares. Pagamos 7,5% + 3,5% até morrermos e dá 11% e não temos fgts. Por suas palavras ou não é militar ou tá no lugar errado.

Anônimo disse...

Caro Maj Ramos
27 de fevereiro de 2017 09:52
Não creio, com todas as razões, que sejamos tão privilegiados assim como V Sa fala, enquanto um 3º Sgt ganha 3800, e não 4K, um técnico judiciário federal com todas as vantagens tira mais que o dobro, um Sd PM com 3 meses de formação, direito à sindicalização, número pré-estabelecido de horas de trabalho mensais, anuênios, horas extra, insalubridade, ganha como soldo, somente soldo, 4700 em BSB (líquido deve tirar uns 6000), no TO ganharam um aumento considerável 7500, quase na totalidade das UF um Soldado PM ganha mais que um 3º Sgt, em muitos mais que 1º Sgt e ST. Estou com 17 anos de SV e ganho menos que um Cb da PM de PE, por ex. Então a generosidade com que o sr fala e as benesses "descabidas" das quais os civis não podem saber, são exagero de sua parte, podem até ser tangíveis para os oficiais, mas não representam o universo das praças. Sirvo na selva, e tudo aqui é caro, alimentação, gasolina, conta de luz em torno de 500 reais, uma simples viagem para o centro sul para toda a família nas férias (três pessoas) em torno de 7 K, economizados durante o ano. Sentados em cadeira 90% do tempo??? Só se for a sua realidade. PNR? Conheci PNR aqui na selva, depois de pagar 14 meses 900 reais para morar em kitnet. Então fale por V Sa, não pelo todo.

Anônimo disse...

Se alguém pensa como o tal Maj Ramos, que acha que ganha demais e fica 90% do tempo sentado, acha demais a paridade dos inativos com os ativos (como se ele mesmo não fosse para a reserva), com PNR onde vai, doe seu salário na instituição de caridade mais próxima. Ganhamos é pouco.

Anônimo disse...

A guerra suja contra o Bolsonaro ja esta acontendo e so tende a piorar a medida que o nome dele ganha destaque nas pesquisas.
A quantidade de mentiras, acusaçoes falsas, armaçoes para denegrir a sua imagem vai soh aumentar.
o que ele deve fazer sem exitar eh processar e exigir direito de resposta para estes ataques, principalmente dos meios de midia mais importantes. Ele nao pode deixar barato, pois se nao vai ser ataques de todos os lados...
BOLSONARO 2018!!!!

1 sgt inf disse...

BOLSOBARO NUNCA PEDIU VOTO A NINGUÉM! !!...se não querem bolsonaro como presidente, problema de vcs, mas não venham aqui depois reclamar da situaçao do país. BOLSONARO PRESIDENTE 2018!
Espero que os civis e policiais militares continuem dando seu voto, porque se depender das forças armadas, q possui uma cultura altodestrutiva, ele não ganha nem para sindico de condominio.

Anônimo disse...

Sendo assim, aponte um candidato à altura dos militares! Não existe. H

Anônimo disse...

Na hora que começar a briga e as propagandas de campanha presidencial e para o senado,com as mentiras, promessas falsas de sempre, o povo vai embalado de novo. A população brasileira está mal acostumada com ficção, como as novelas mais famosas.

Anônimo disse...

Vou votar nele! A impressa brasileira é tendenciosa. BOLSONARO 2018!!!

Anônimo disse...

Não vou dizer que fico triste quando vejo alguém apoiar o Bolsonaro, mas que falta cultura, falta.

Anônimo disse...

Quem conhece a ascenção à política de Bolsonaro lembra do episódio da revista Veja e da "operação beco sem saída". Agora resta saber se por "grupo" se entende a participação do mesmo. O Cap Assunção está foragido da justiça.

Anônimo disse...

Falta um pacto entre as gerações de militares. Cada geração muda ou permite mudar para manter os seus benefícios e não ajuda a outra.
Na MP do mal não se preocuparam com os mais modernos. Agora os modernos daquela época vão dar o troco a sua maneira.

Cada um olhando para o seu umbigo.
Varias carreiras de Estado que ganhavam menos que os militares passaram a ganhar mais. Eles correram atras e tiveram bons lideres.

O camarada faz ECEME e não entende nada do que esta acontecendo no pais. Se entendesse não estaríamos desse jeito.

O que as outras instituições fizeram de certo. O que fizemos de errado.

As FFAA precisam mudar. Aqui vivemos no império, na escravidão.

Como pode um cidadão ser superior ao outro, se ele tem menos grau de escolaridade, vivencia de vida e formação profissional. As exigências para promoção ao QAO compare com as exigências a promoção a Ten R2.

Limite de idade para cursar as escolas militares, e não existe limite para ir para a missão.

Conceitos do império, escravista.

Anônimo disse...

A verdade é que os aumentos que nos foram concedidos a partir de agosto de 2016, foram dados pelo governo do PT, governo este que o Bolsolixo vive jogando pedras. O governo do PMDB, digo Temer, o que fez até agora foi projetos para ferrar com os militares, aumentando o tempo de serviço para 35 ou quem sabe 38 anos e com certeza vai aumentar. Bolsolixo vive participando de jantares com o governo corrupto do PMDB, apertando mãos de Renan, Jucá, Geddel, Moreira Franco e outros do clã mafioso e corrupto do PMDB. Não vejo Bolsolixo jogar pedras também no judiciário, poder este que encontramos Juízes e Desembargadores ganhando salários exorbitantes como R$ 300.000,00 fora as regalias. Bolsolixo não se posicionou quando os militares, digo os Praças foram roubados no aumento dos 28:86. Gostaria muito que o Bolsolixo abrisse mão da generosa assistência médica do Congresso e encarasse a madrugada e a fila para marcar uma consulta no HCE, isto é se não for assaltado antes de lá chegar e conseguir marcar a consulta.

keko marques disse...

Lulla 2018 no XADREZ !

1 sgt inf disse...

E se não fosse o governo do PT, qual seria o outro a faze-Lo?
Por acaso tinha outro?
Em que mundo vc vive?
conceder aumento não é favor, é direito de quem recebe, e dever de quem concede, no caso, privativo do presidente da República.
pode ficar a vontade para criticar BOLSONARO, Mas elogiar o Desgoverno do PT é papo pra boi dormir...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics