25 de fevereiro de 2017

Previdência: Defesa confirma proposta de retorno da gratificação por tempo de serviço e Auxílio Moradia e aumento dos adicionais militar e de habilitação

Postagem original: 15/2 (14:10)
Previdência: proposta para as Forças Armadas prevê reestruturação da carreira
Resultado de imagem para militares do exército
Geralda Doca - O Globo
BRASÍLIA - O Ministério da Defesa confirmou que a reforma da Previdência das Forças Armadas será acompanhada de uma reestruturação da carreira militar e da remuneração, mantendo o regime diferenciado, como é atualmente. A pasta informou que os direitos adquiridos serão preservados, com regras de transição para quem ainda não completou os requisitos de passagem para a inatividade. Pela proposta que está sendo negociada com a área econômica do governo, os ajustes no regime previdenciário serão condicionados à volta de alguns direitos perdidos por esses servidores em 2001, quando foi alterada a lei que trata dos salários dos militares.
Entre os benefícios estão pagamento de auxílio-moradia para quem está na ativa; contagem do tempo de serviço para fins de gratificação; elevação do percentual de adicional militar e habilitação militar, ao permitir acumular cursos realizados com aproveitamento na própria carreira e especializações, como mestrado e doutorado. Segundo a Defesa, a proposta está em fase de finalização, dependendo de cálculos de impacto no Orçamento.
Segundo proposta do Exército, para militares com dependentes, o auxílio-moradia varia de 10% a 32% do soldo, de acordo com posto e graduação, sendo mais elevado no topo da carreira. Sem dependentes, a alíquota mínima é 5% e a máxima, de 16%. O adicional militar — que hoje está entre 13% e 28% do soldo — sobe para 20% e 50%.
“As medidas buscam manter no longo prazo a atratividade da carreira, bem como a formação de profissionais motivados e capacitados”, diz a Defesa, em nota.
Em contrapartida, a contribuição para o regime previdenciário subiria dos atuais 7,5% para 11% para todos os militares, incluindo quem hoje não recolhe, como soldados, cabos e alunos de escola de formação. O tempo da ativa também aumentaria dos atuais 30 anos para 35 anos — com a criação de postos na categoria “master” para oficiais e graduados —, assim como a idade para permanência na ativa. Atualmente, quando o militar atinge determinada idade, ele é obrigado a pedir reserva.
Embora a equipe econômica queira acabar com a paridade (reajustes salarias iguais entre ativos e inativos) e a integralidade (provento integral na reserva), os militares não abrem mão dessas duas questões. O argumento é que, mesmo na reserva, eles podem ser convocados.
— Estamos juntos na negociação, ativos e inativos. Não abrimos mão da paridade e integralidade — disse um interlocutor.
Segundo estimativas do Ministério da Defesa, a mudança na lei de remuneração dos militares realizada em 2001 gerou uma redução das despesas para a União de 23% em 15 anos. Na ocasião, a categoria perdeu alguns benefícios, como pensão vitalícia às filhas para quem ingressou a partir daquele ano, provento com salário de um posto acima na passagem para a reserva, licença especial e auxílio-moradia.
“As medidas levarão em conta o fato de que a categoria já sofreu uma grande reforma em 2001”, diz a nota da Defesa, que defende as mudanças na carreira dos militares como contrapartida às alterações na Previdência das Forças. Segundo o texto, as mudanças vão reduzir despesas da União, “convergindo com o intento da reforma da Previdência anunciada pelo governo federal”.
Técnicos da equipe econômica, no entanto, avaliam que a contrapartida dos militares não é suficiente para tornar o regime sustentável, cujo déficit ultrapassa a casa dos R$ 30 bilhões. A decisão, porém, será política, admitem. O Planalto vai esperar a tramitação da proposta de reforma da Previdência que trata dos demais trabalhadores no Congresso para enviar o projeto das Forças Armadas.
— A preocupação é que a proposta seja suavizada, como já ameaçam os parlamentares, ao passo que as Forças poderiam ficar sujeitas a regras mais duras — disse um técnico do governo.
O INSS começou o ano com déficit de R$ 10 bilhões (diferença entre receitas e pagamento de benefícios). Na comparação com janeiro de 2016, o rombo cresceu 78,3%.
EXTRA/montedo.com

214 comentários:

1 – 200 de 214   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

De 7,5 pra 11% é complicado hem, o que adianta dar de um lado e tirar do outro, pelo visto a negociação está caminhando a passos largos, adicional militar tem que ser maior para os praças, o começo de 13 pra 20 e o final de 28 pra 50 está com a disparidade enorme e como fica o ADC de habilitação???

daniel camilo disse...

Afinal, para os innstivos o que de fato vai nos ajudar? Pelo que lí, a ajuda será para quem está na ativa. A não ser que eu tenha lido errado.

Robson Andrade disse...

Só creio quando cair na conta! Muita água ainda vair rolar.... juro q quero acreditar mas......

Anônimo disse...

Quem mora em pnr o ideal é receber a diferenca

Anônimo disse...

Poderiam explicar melhor à respeito destes adicionais.

bebeto1000 disse...

Eu entendi que somente o auxílio-moradia será para quem está na ativa,as outras mudanças serão para todos?

Anônimo disse...

Se não derem nada para os inativos um 1°SG da ativa vai ganhar mais do que um SO da reserva!

allan sheldom Melo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Quem mora em PNR o ideal é receber a diferença???...kkkk... mais um daqueles que quer se dar bem em tudo no EB! Cara-de-pau!

Anônimo disse...

Pelos cálculos que fiz um 3sgt sendo pqd na brigada ou guarnição especial ganhará em 2018 com essas mudanças bruto quase 7300. Resta saber se será efetivado

Anônimo disse...

Cálculo feito pra sem dependentes no aux moradia, com dependentes o valor cresce mais um pouco, e sem colocar o adicional tempo de serviço!

Anônimo disse...

As porcentagens não eram sobre o soldo de General?

Anônimo disse...

Eu acho que o auxílio moradia retornará de fato, mas será bem inferior ao valor proposto, de modo que não haverá debandada dos PNR pelos que já os ocupam.

Índio Velho Gaúcho disse...

Os cabos e soldados serão os grandes prejudicados,lamentável!

Anônimo disse...

Conversando com os antigões, eles disseram que foi a mesma conversa em 2001 que iam melhorar, mas botaram a estrovenga na tropa. Quando eu falei desses bizus, fui chamado de sonhador, e que a tendência era piorar e nunca melhorar..... rezem pelo melhor prepare-se para o pior.....

Anônimo disse...

Nada mudou, esta aumento do ADC de habilitação apenas foi colocado para compensar os aumento da pensao militar, pois é proibido diminuir salarios, nao havera aumento real mas com o tempo a renda vair diminuir muito.

Anônimo disse...

Adicional por tempo de serviço será retroativo?

Anônimo disse...

Não se enganem, as coisas poderão piorar, mas melhorar!? Não sejamos enganados mais uma vez. Adalberto

Anônimo disse...

O auxílio-moradia, adicional de tempo de serviço e o adicional de habilitação, será concedido por projeto de lei, para ser discutido eternamente ou medida provisória para aplicação imediata??

Não podemos esquecer que o aumento incide em cima do soldo e os descontos são em cima da remuneração.

O auxílio-moradia é somente para o pessoal da ativa quando forem para a reserva perdem. A impressão do aumento da remuneração será fictício, quanto maior o auxílio, menor será os proventos na reserva, presente de grego.

O adicional de tempo de serviço, poderá contar somente após a edição da lei para quem está na ativa, não sendo retroativo para contar o tempo para o pessoal da reserva, outro presente de grego.

O adicional de habilitação pode ser cumulativo, no caso dos praças o maior percentual é para quem tem CHQAO (25%), a turmas promovidas até 2009, foram impedidas de fazer,bem consequência grande parte do pessoal que estava na reserva não receberá.

É interessante observar para quem foi para reserva com os direitos adquiridos antes da edição da MP 2000, com o posto acima, foram beneficiados, quem for para a reserva remunerada entre a MP 2000 e a edição das novas regras serão prejudicados.

Um exemplo de militares prejudicados foram os QE, quem não tinha o direito adquirido antes da MP 2000, perdeu o direito ao posto acima (soldo de 2° SGT), recebendo como 3° SGT na reserva remunerada e quem foi para a reserva após a lei de promoção dos QE onde foram promovidos a 2° SGT foram beneficiados. A lei não retroagiu para atingir os QE que foram para a reserva entre a MP 2000 e a Lei de promoção.

O desconto do FuSEx e PNR também serão alterados??

Anônimo disse...

Se não derem nada para os inativos um 1°SG da ativa vai ganhar mais do que um SO da reserva!
Volta para ativa.. Cada um que aparece.. Só quer bônus..

Anônimo disse...

Auxílio moradia é para auxiliar o militar a custear a moradia, assim quem está em PNR já tem atendida essa necessidade.

Anônimo disse...

Se o auxílio moradia for para custear moradia, quem está em PNR já está atendido.

Anônimo disse...

7,5% para 11% é justo, é o que civil paga, só esqueceram de avisar que o civil quando se aposenta não paga mais contribuição previdenciária. Essas medidas são só pra inglês ver, mudança de verdade nada. E o soldo só continua diminuindo, daqui a pouco vai ser mais vantajoso sair do EB e ir pra paisanaria receber salário mínimo. Deprimente.

Anônimo disse...

Os praças vão levar rasteira denovo. Espere para ver!

Anônimo disse...

Acabar com a paridade é, mais que qualquer outra atitude tomada, abalar os pilares da hierarquia e da disciplina, visto que o escalonamento salarial já é hierarquizado. Determinar também diferenças salariais por cursos, só se for o de graduação, pós, mestrado e doutorado "Fora", pois o EB preconiza serem estes diplomas abrangidos pela carreira de oficial, o que já faz parte da atividade fim, menos para os Praças, que são oriundos dos cursos fundamental, médio e técnico, estes sim deveriam ser valorizados financeiramente. Com este aumento todo só para a ativa, os militares da reserva, serão militares de segunda classe.

Anônimo disse...

KKKKK....KKKKKK....

Anônimo disse...

Esta parecendo outra barca furada da MP do Mal os inativos deverão receber por adicional de inatividade completando o valor da ativa, pois todos um dia serão inativos e essa é uma briga que não os próprios generais não deverão perder.

Marcelo Carvalho disse...

Muito bom ! Parece um leitão que envesgueia os olhos quando mama pra enxergar duas tetas...

Anônimo disse...

Deve ser por aí sim. Não está demasiado esta sidra. O problema é que nos acostumamos a ganhar pouco. Pra ter uma ideia, em 1995 eu ganhava 10 salários mínimos liquido como 3. SGT. Ou seja, hoje seria mais de 9000reais.

Anônimo disse...

De 7,5% para 11%? E ainda tem o "leão" faminto para alimentar. O governo que se diz corajoso e quer retomar o crescimento, não teve coragem de reajustar a tabela do IR, que está defasada em 83%, fazendo com que mais trabalhadores entrem no "cardápio" do leão, e os que já estão sofrendo, mudem de faixa para pagar mais. Corre-se o risco de diminuir o salário, em vez de aumentar.

Anônimo disse...

Que dificuldade dos amigos para interpretarem um texto. Além disso não acompanham as postagens sobre o assunto...
Um 3SG não vai ganhar mais de sete mil reais em 2018, pq a reestruturação não será integral em 2018, haverá parcelado em alguns anos, a ser definidos percentagem e período total do parcelamento.
O jornal O Globo nunca divulga boatos !!!

Anônimo disse...

E?

Anônimo disse...

Os pessimistas de plantão não se deram o trabalho de ler a matéria no Globo?
Esse veículo de comunicação é sério e não publica boatos.

Anônimo disse...

Pensei exatamente o mesmo.

Anônimo disse...

Alguem já fez o cálculo no contracheque considerando os acréscimos que constam na proposta, variações de percentual que incide no Soldo, contra um reajuste na pensão militar passando de 7,5 para 11 porcento incidindo sobre o Vencimento? Tres e meio por cento a mais na pensão militar vai levar tudo que iremos receber de resjuste/correção. Nada mudou! MP do mal de 2017.

Anônimo disse...

Os inativos alem de não receberem as melhirias nos adicionais e auxilio-moradia, terão acréscimo no percentual de desconto da pensão militar de 7,5 Para 11 por cento.

Anônimo disse...

Tempo de serviço seria retroativo?

3 Sgt Pica Fumaçoooo 2013 disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Vou voltar no papiro aqui que ganho mais kkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Para mim só o salário família de 0,48 já está bom, 0,48 pode?

Anônimo disse...

Quem já está na reserva não será prejudicado com o aumento do tempo de serviço, pois não trabalha mais. Está se discutindo apenas uma contrapartida por este aumento, o que na verdade não será nada a mais do aquilo que perdemos em 2000. Mas para o pessoal da reserva o que importa neste momento é que não haja diferenciação entre ativa e reserva, para não serem prejudicados em aumentos futuros.

Anônimo disse...

Anônimo 25 Fev, 1434h:
Tá de sacanagem?

Landorei disse...

E cadê o Adicional de Inatividade,que foi nos roubado na calada da noite? Inventaram um Adicional de Permanência, que só quem estava na ativa poderia alcançar e nos furtaram um direito adquirido, sem uma justificativa! Foi simplesmente,defenestrado! Sacripantas!
Boa noite!

Landorei disse...

Como aumentar a contribuição? Estão esquecendo de somar 3,5% de fundo de saúde!!!! 7,5+3,5=11%!!! Alguém tá comendo cru!!! Já descontados os 11%!!!!

Suzana Cavalca disse...

Só querer ganhar não dá camarada

Anônimo disse...

Então uma reforma que vem para restringir benefícios, na realidade ( no caso dos militares), vai aumenta-los? Hahaha! Não perceberam que estas notícias são apenas para diminuir a pressão sobre as majestades? Inocentes!

Anônimo disse...

Quando?

Anônimo disse...

Montedo, como está o seu carnaval ?

Flavio Rodrigues disse...

Não está por dentro do assunto, precisa ler mais .3% não é nada para todas as vantagens.

Flavio Rodrigues disse...

Entendeu errado.só aux moradia não entra para os reservas, outros benefícios sim.

Flavio Rodrigues disse...

Sim.

Flavio Rodrigues disse...

Sim.só não sei se o Presrep vai querer liberar.mas vamos dar um salto.

Anônimo disse...

informações vazias só saberemos a verdade quando for pro congresso se a paridade continua tem que ser bom pra todos não acha meus companheiros

Anônimo disse...

Moro em PNR e sou a favor da seguinte situação:
Está no PNR recebe mas o desconto vai toda para manutenção ETC...(Rigidamente controlado pelos moradores e Fiscal Adm)
Não está no PNR recebe porém chegou sua vez de ocupar somente com uma justifica plausível (longa distância do trabalho,escola dos filhos,tudo mediante comprovação por sindicância)para não ocupar e continuar recebendo,caso contrário perde o auxílio,está na guarnição e a mulher está em outra recebe como solteiro(no caso dos que dão o golpe na fila,casos em que a esposa está em outra guarnição por problemas de saude de familiares ou algo parecido tudo bem,tudo mediante sindicância na guarnição onde estão os dependentes) .
Se sair muito bom mas é necessário pensarmos na coletividade pelo menos uma vez na vida, evitarmos a atuação de oportunistas.

Anônimo disse...

Como é feito o cálculo para cabos?

Anônimo disse...

Os praças e quem deveria ganhar um valor maior no auxilio moradia e não os oficias, pois são eles que levam este exército de Caxias no ombro. Os praças moram em favelas por causa do salário mediocre que ganham, Mais uma fez outra injustiça e discriminação que fazem com os praças sem falar nos auxilio fardamento e auxilio natalidade.
Estamos de olho.

Anônimo disse...

Que diferença????
Não recebe nada e ainda paga os 5%.

Anônimo disse...

Correto!
Inclusive os dá inatividade.

Anônimo disse...

A única coisa que será apenas para ativa é o aux moradia.
Os outros será pra todos.

Anônimo disse...

Auxílio moradia apenas pra ativa...o restante igual para ativa e reserva... quem mora em pnr chorou...ja paga um preço bom....algumas capitais aluguel caríssimo.. para militares...acho justo isso...somos transferidos às vezes por ordem...necessidade de serviço. . E o tempo que vai para 35 anos...de acordo com proporcional. ..é isso....

Anônimo disse...

Verdade!!!
O cara tá beijando sem pagar aluguel e que algum.

Continue a pagar os 5% que já tá de bom tamanho.

Anônimo disse...

Era uma vez...

Anônimo disse...

Alguma mudança no ADC de compensação orgânica montedo?

Anônimo disse...

Os valores do adicional militar já estão definidos ,mas e o adicional de habilitação? Este vai dar "pano pra manga", pois os cursos que agregam percentuais a este adicional são, na sua imensa maioria, destinados aos oficiais. Percebe-se claramente que a intenção deste reajuste de percentuais será muito mais favorável aos oficiais do que aos graduados. Basta ver as diferenças já existentes nos percentuais do adicional militar e auxílio-moradia. Este abismo salarial apenas reforça a ideia de uma grande evasão dos que lutam por salários mais dignos. Os que permanecerem e sonharem com o oficialato, deverão saber que não há "espaço para tanto cacique nesta tribo". Por que é tão absurdo um subtenente(militar em final de carreira)ganhar o equivalente a um capitão?(oriundo de uma academia militar).Já que imitamos os americanos em tudo, por que não valorizar a classe dos graduados(somos o chão da fábrica, os operacionais e necessitamos de especialização constante ,inerentes à nossa área de atuação),como é nos EUA? Acho melhor do que ficar criando a ilusão do oficialato para todos no final da carreira, pois , por uma questão óbvia,não há espaço pra tanto "cacique" nesta tribo.

Anônimo disse...

Xingu

Anônimo disse...

Acredita na técnica, nada vai mudar! Papiraivos...

Anônimo disse...

E os Temporarios que contribuem não t nenhuma vantagem para a classe, nem concurso interno, 0,5 pontos de lambuja na essa é esmola quem quer esmola é mendigo, não o camarada que cumpre todas as missões, pouco tempo pra dedicação aos estudos, excelente militar em grandes eventos, e um Pezão no centro...

Anônimo disse...

Sentar e esperar o melhor de nossos comandantes.

Anônimo disse...

Quanto? Só blá,blá...

Anônimo disse...

Claro. Adicional do recruta vai ser 1000 o do comandante da força. É assim q é o justo..e quanto menos tempo de svc, mais vai ganhar tb e vai diminuído até q passe a pagar.

Anônimo disse...

O certo é o militar parar de contribuir na inatividade, isso ninguém quer mexer. Sem contar que o FUSEX é outro roubo!

Anônimo disse...

E daí? Atualmente tem mto capitão qao q ganha mais que o proprio cmt da OM

Anônimo disse...

A galera da reserva tá começando a se manifestar pela manutenção da equiparidade... Só agora quando se está comentando sobre aumento de adicionais??? Quando se falava apenas no aumento do tempo de serviço ninguém da reserva deu um pio. Essa é a máxima das instituições militares: "Farinha pouca o meu pirão primeiro". Por isso as Forças Armadas estão falidas e decadentes.

Anônimo disse...

..."Forças Armadas não existem para fiscalizar governo, nem derrubar governo"... "as instituições estão funcionando"..."o Brasil está a deriva"...

Advinhe de quem são estas frases e ganhe cinco pontos para promoção! +dispensa de quatro dias + um PNR em General Câmara + uma gravata novo modelo.

Para receber os brindes procure o S2 de sua OM.

Carlos Bourguignon disse...

Leu errado mesmo, adicional militar e habilitação e tempo de serviço tb vale pra reserva

Altevir Stall disse...

Vejam o que eu falei da reunião do "BASTÃO": Depois dessa reunião do bastão, a paz voltou a reinar no Forte Apache. Já estão falando em bajulação....para uns e outros está tudo errado. São os pessimistas de plantão. Às vezes tem que ser político. A proposta já foi encaminhada pelo MD, só falta o Temer assinar. Primeiro o Temer foi acariciar o bastão do Villas Boas....ao voltar para o Planalto, assinará a proposta que se tornará a reestruturação salarial das Forças Armadas. Tem os pessimistas de plantão e amigos da Miriam Leitão, dirão: Tem que papirar, meu filho não será militar, há vida além corpo da guarda, e outras tantas. Só uma pergunta aos pessimistas, da onde sai o feijão de cada dia? Abraço a todos!!! Continuando...Vou inovar neste comentário de hoje, garanto que ninguém ouviu antes...."Não é fácil agradar Gregos e Troianos" Bom domingo a todos!!!

Anônimo disse...

Até quando se fala em melhorias aqui só ejo reclamações, se sair tudo que está sendo falado, a remuneração ficará excelente, mas só tem reclamação, qudm olha essa proposta e ver como coisa ruim nao sabe interpretar texto, logo realmente deveria ganhar menos, vamos deixar de reclamar e cuspir no prato que comemos, a melhoria virá, pena que tem gente que vive em uma eterna segunda-feira chuvosa!

Anônimo disse...

E a gratificação pelo serviço?

Anônimo disse...

Alguém pode avisar o Comte do EB? Ele disse na mensagem de fim de ano que iria piorar... kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Ao invés de tentarem equiparar um pouco mais as praças com os oficias na diferença salarial, essa jogada no adicional de habilitação vai claramente aumentar o abismo, visto que os cursos que agregam valores ao longo do serviço são quase a maioria destinados aos oficiais...OUTRA COISA, com relação ao chororô antecipado que alguns estão proferindo em relação ao auxilio moradia: coloquem na ponta do lápis todo serviço agregado que vem junto no momento em que se ocupa um PNR! Não é só a taxa de manutenção, que alias, na grande maioria das vezes, os reparos são feitos pelo PO a custo zero, sem contar projetos de reformas e adapatações feitos a 0800 pelas CRO e SRO. Coloca essas mais o o serviço de guarda 24 Horas, o serviço de limpeza nessa conta toda pra ver. Na grande maioria das vezes são as unidades que disponibilizam essa gama de serviços, porém o camarada esquece de somar na hora que paga a taxa. Experimenta bancar isso no meio civil, num condomínio que ofereça isso. Dependendo da capital, o camarada que mora em PNR ganha mais em benefícios indiretos de pnr que no próprio soldo.

Anônimo disse...

Gostaria de saber qual base do aux moradia? Pela matéria da a entender que é encima do soldo, isto é, soldado vai ganhar 10% ($150) e o General vai receber 32% ($4500). O abismo salarial vai aumentar!!1

Anônimo disse...

Amigo de 25 de fevereiro de 2017 17:18. E eu que ganhei mais de 20 salários mínimos em 1987/1988 e agora terminei a carreira com várias promoções e especializações e ganho um terço do que ganhava na época. E ainda querem desvincular o inativo da ativa. Já fui esfolado na ativa agora querem me esfolar na reserva. Tem muita gente ansiosa por um aumento imediato, capaz de aceitar qualquer coisa no momento, sendo que daqui a 6 meses já podera sentir os efeitos negativos disto. Esquece que terá uma vida inteira para sobreviver com um salário que pode nunca mais ser reajustado a altura. As conquistas de melhorias na carreira demoram dezenas de anos para acontecer, eu nunca as vi, mais para piorar, toda peste ajuda. Não podemos perder este mínimo de comodidade que ainda temos e ainda precisamos um reajuste, pois estamos muito defasados.

Essa 93 disse...

Mentira!!!Desde 2003 eles pagam também!Estude!!!

Essa 93 disse...

Plano de saúde é pra custear saúde,não previdência.

Anônimo disse...

Uma sugestão : Coloca o soldo do militar vinculado ao salário mínimo. Ou seja, se aumentar o salário mínimo aumenta o nosso. Por exemplo um 3 sgt ganharia 5 salarios mínimos, 2sgt 07 salários mínimos e por aí vai. Nosso salário seria reajustado automaticamente sem se preocupar em chorar um reajuste e aumentar o soldo aumenta os adicionais . Fixar uma tabela com valores de salário mínimos por posto e grad.

3 sgt /2013

faca na caveira disse...

Na verdade o auxilio-moradia deve ser pago para todos independente de morar em pnr ou não. Para quem não sabe quem mora em PNR paga além dos 5% a taxa de condomínio o que em média varia muito e hoje tem militares que estão pagando em média de de 800,00 a 1000,00 ou seja, o auxílio iria amenizar esta questão.
Outra questão os Of. Generais que residem em imóvel funcional, vcs acham ingenuamente que eles não irão querer perceber o aux.moradia, sejamos realistas companheiros!!

Anônimo disse...

Quer dizer que um general precisa ganhar um percentual de auxílio-moradia maior? Por que não imitamos o Judiciário e pagamos o mesmo valor, apenas diferenciando com ou sem dependentes ? 4000 com dependentes e 2500 sem dependentes, reajustáveis pelo IPCA.

Anônimo disse...

Concordo contigo, Robson Andrade!!!!
Na minha época de aluno da Especialista já escutava esse monte de bizus!!!!
Só acredito vendo!!!!

Anônimo disse...

Tudo conversinha. Senhores e senhoras, nada vai mudar, a situação das forças armadas continuará piorando com o passar do tempo. Nossos comandantes estão pouco se lixando para a tropa e pensando somente no seu umbigo e na politicagem que rola por trás dos panos. Praças, não se iludam, estudem e saiam dessa carreira falida, as FA, no Brasil, só são benéficas aos oficiais, tudo para uns e nada para outros, ESTUDEM! Abandonem esse barco que já já vai afundar e que o último apague a luz.

francisco marcio holanda disse...

Mas antigamente era descontado o pnr e pago a diferença.

Anônimo disse...

É o contrário meu amigo, o civil quando se aposenta, continua pagando a contribuição previdenciária e é enquadrado no teto da previdência, porém durante sua carreira ganha salário compatível para que no futuro(aposentadoria) já tenha feito seu pé de meia aí não tem problema ir para o teto da previdência.

Anônimo disse...

Vai sobrar PNR. Nos anos 80 era assim. Lembro que os cabo velho pegavam PNR, visto que os ST/Sgt não queriam. Eu tenho casa própria e resido em PNR. Alugo minha casa para um colega que esta na fila do PNR. Alugo por R$ 1.300,00 e ocupo PNR. Estou 12 anos no mesmo PNR. Vou ser promovido a QAO, permaneço na Vila das Praças aguardando um PNR de Oficial Subalterno. Tudo é opção eu e minha esposa não temos filhos. Ela trabalha recebe mais do que eu. Estamos com 4 imóveis e um veículo quitado 2017. Foi opção. O colega que eu alugo ele tem 3 filhos, a sogra reside com ele, ou seja tem uma despesa maior. Quando ele atras o aluguel eu cobrava 15% de juros, porém, não estou cobrando mais o Juro. Sei que sou beneficiado mas estou na Legalidade a Legislação me ampara.

Anônimo disse...

Já pagamos 11%, 7,5+3,5= 11. Não usamos o SUS igual ao civil.

Anônimo disse...

Como vai ficar a situação dos Sgt QE? realmente a turma de 96 e 97 da ESA serão "seguradas" para que os 2º Sgt QE possam cursar o CAS e acompanhar eles até ST? Outro fato é que junho próximo entra a turma do CFS 92 para QAO, eles são pontuados demais. Como vai ficar o pessoal de 86 a 91 que não saíram QAO. Uma sugestão é segurar a turma de 92 por mais 1 ano. Não é compatível. Exemplo o CAS da turma de 86 e 87 foi na CIAS SUL (Atual EASA), tinha o CPREP poucos MB, no máximo 3 por turno. Provas sem consulta. A turma de 92 por exemplo fez na EASA nova sistemática de ensino e 96% da turma "E" e "MB". Não tem como competir. Curso Operacional vai realmente valer 3 pontos por curso podendo somar até 3 cursos. E a faculdade vai valer pontos mesmo? Ficam as dúvidas que circulam nos zap zap de alojamento.

Anônimo disse...

Quem esta no PNR em Brasilia mais 24 anos sem sair da guarnição, como vai ser? vai ter uma rotatividade neste pessoal ou quem pretende servir em Brasilia vai ter que abri mão do PNR?????????????????????? .

Anônimo disse...

O pagamento da reestruturação pretende ser parcelado, sendo a primeira parcela paga em janeiro de 2018. O percentual a ser pago será um total de 20%, sendo desse montante, 4 vezes 5% ( 5%do tempo de serviço, 5% do aux moradia, 5% do adicionais militar e 5% habilitação).

Anônimo disse...

Anônimo 26 de fevereiro de 2017 08:16, dizem que na Marinha o pessoal da reserva ainda tem peso, não sei, mas os demais não têm mais força nos quartéis, dependem do pessoal da ativa mesmo, a não ser quando é fazer número em alguma manifestação, aí sim! Agora, quem está na ativa se esquece que, amanhã, será mais um na reserva. Portanto, tentem pensar um pouco a mais de um palmo do nariz. O problema das pessoas, principalmente em se tratando de economia, é o imediatismo. Só enxergam o agora.

Anônimo disse...

Acho que os salarios vao diminuir, pois os adicionais incidem sobre o soldo, mas os descontos sobre o salario bruto, se somar o aux moradia o valor dos descontos serao maiores ainda.

Anônimo disse...

KkkkkkkkkkkkkkPQPkkkk..... CALDEIRÃO DO INFERNO.. purinho!!!
Como diria um certo General..."-Somos o reflexo da sociedade m que vivemos".

Anônimo disse...

Anônimo 25 de fevereiro de 2017 17:24, quisera eu ter o maior desconto do Imposto de Renda, pois isto significaria ter um bom salário. Mas, por outro lado, também me recordo de que, ao ir para a reserva, fui tentar ganhar uma graninha a mais dando aula no magistério público. Acabei desistindo, pois pagava tanto imposto ao leão, vi que não compensava o trabalho extra, além de depois o TCU alegar ilicitude no meu ato, como se ensinar aos jovens brasileiros fosse crime. UMA VERGONHA PARA O BRASIL! Enquanto isto, o ex-ministro da justiça disse que não há problema algum em sua mulher advogar e ele virar ministro do supremo. Como acreditar num país deste?

Will Mendonça disse...

Cabe lembrar que essa é a proposta do MD. Entre o que se quer e o que vão aceitar há um longo caminho...

Anônimo disse...

Eu estou na reserva e incorporei apenas 20%. Com a nova medida vou recuperar a diferença dos 30 anos que servi? Obg, Everton

anônimo disse...

Quem foi para a reserva antes de 2000 levou tudo com merecimento e justiça, mas vcs tem que entender que nós da ativa estamos no sufoco. Um exemplo disso estou com 19 anos serviço e não tem porra nenhuma a mais no meu contra-cheque, apenas 2% de tempo de adicional de serviço isso não é justo. E com certeza os ad. Militar e habilitação aumentará para todos.

Anônimo disse...

Como o Cmt disse na concessão do "grandioso" aumento concedido pelo governo do PT "a expansão salarial dos militares será de 25%"...Para o soldado foi de 100 reais, e parcelado em 4 anos....ainda vem aqui a turma a CI "melhor pingar do faltar...", e no restante das carreiras federais nunca falta dinheiro, só estender umas faixas, cruzar os braços e PIMBA! Cargo de nível médio e PMs com iniciais equiparados ao final da carreira militar (Sd PM recém formado ganhando como Maj do EB, Téc da RF ganhando como TC, PRF ganhando como Cel do EB...) e os otários querendo convencer outros otários a se resignarem, que supostamente tem gente pior...misericórdia. Estudem, não esperem muito, pois o aumento parcelado em quatro longos anos, engolido pela inflação já foi suado, imaginem um "salto" como dito acima. Não se iludam, papirem, os melhores jamais serão valorizados e recompensados à altura dentro da instituição EB. Sem querer ser pessimista, mas são vinte, VINTE, anos aguardando supostas melhorias e nada mudou, a não ser para pior....

Anônimo disse...

Boa tarde camarada! Sem querer dar uma de pessimista, o que garante que após visita do PR ao Quartel General iremos ter reajuste? Reestruturação de carreira? O PR poderia ter ido ao QGEx conhecer como funciona um RACE ou mesmo indicar pessoalmente o nome do Oficial General que ele gostaria que fosse promovido a quatro estrelas. Sinceramente meu amigo, não acredito que teremos benefício no salário. Mas vida que segue. Brasil! Acima de tudo! Um Ótimo carnaval a todos e fé na missão.embora o salário esteja defasado, gosto de minha profissão.

Anônimo disse...

Esse aumento já tem previsão em lei orçamentária? Viria mais uma vez por MP? A última vez tivemos só prejuízos.

Anônimo disse...

O camarada chapa quente bem que poderia se manifestar. E aí CHAPA QUENTE! Alguma novidade? Essa reportagem é verídica ou somente para acalmar os ânimos para que possamos brincar o carnaval tranquilo?

Anônimo disse...

Ei salário ò! Continua o mesmo. Só dura 3 dias para pagamento de dívidas. IPVA, livros escolares, imposto de renda, colégio, alimentação, não sobra nem para comer um cachorro quente em marechal Hermes.

Anônimo disse...

Farinha pouca meu pirão primeiro??? Nada disso amigo, os 35 anos são uma realidade, eu fiquei os 35, quer que eu volte? um dia você vai envelhecer, talvez com uma consciência mais amadurecida também. Brigar pela paridade é brigar pelo seu futuro, não o meu.

keko marques disse...

Quem ocupa PNR, o ideal é ter o valor do auxílio como desconto.

Abrão Gomes disse...

Não podemos perder mais essa oportunidade - dessa vez até a sociedade está do nosso lado. Temos todas as condições de fazer uma negociação que seja favorável às Forças Armadas. Lembrem-se: os reajustes são sobre o soldo e os descontos são sobre a remuneração.
A volta do tempo de serviço é bem-vindo, mas precisaria ser criado um substitutivo para compensar a perda da Indenização de Moradia na reserva, por exemplo: um "Adicional de Inatividade". Mesmo com esses reajustes, ainda seremos os lanternas do serviços público em matéria de salário.
Às vezes, há que se questionar o nível de formação das nossas autoridades. A impressão que passa é que eles estão acostumados a perderem - ou de fato não sabem negociar - pois todas as negociações que fizeram custou muito à tropa. Não e demais lembrar da tragédia que foi a implantação da "MP do Mal", com a anuência dos nossos "cérebros" militares, permitindo que nos tirassem direitos históricos.
Tenho visto alguns comentários acerca dessa suposta reestruturação, mas ainda não vi nenhum que tocasse em dois aspectos que, se NÃO forem devidamente amadurecidos, em favor da nossa categoria, em breve estaremos, mesmo com esse reajuste, numa situação igual ou pior do que estamos, após deixarem passar a "MP do Mal", que é, justamente, os nossos baixos soldos e a PEC dos gastos públicos que nos trarão reflexos devastadores. Traduzindo: Imposto de Renda + aumento nos descontos + inflação real (não a oficial) + impostos escorchantes = ao nosso empobrecimento, para não dizer que, em curto prazo, seremos proletários.

keko marques disse...

Outra coisa que não dá pra entender, é esse ranço que alguns tem com os da reserva. Será que não vislumbram que, se permanecerem na Força, um dia estarão na reserva tb???

Anônimo disse...

Claro que não...
Se vc tem 10 anos de serviço, passará a receber 10% dá aprovação pra frente e não recebe nada pelos anos que passou.

Só para frente!

Anônimo disse...

Para os da reserva, volta o tempo de sv? Alguém sabe responder.

Anônimo disse...

Muito simples: Publicar no Boletim do Exército e no final: CUMPRA-SE. 1) Tempo de permanência em PNR 5 anos em Gu normal. Guarnição Especial somente o tempo previsto. Manaus tem camarada com 27 anos de Guarnição e no PNR, não só em Manaus tem muito local assim. 2) S Ten foi promovido a QAO desocupa o Próprio Nacional e vai para outra fila (sem ficar ocupando casa de Praça. 3) Quem possuir imóvel não ocupará PNR.(consulta nos cartórios de imóveis do Brasil e um Termo de Compromisso que não possui imóvel). O que observo tem muito camarada se dando bem. Camarada separado ocupando PNR e usa a desculpa que tem dependente. O camarada foi promovido a QAO desocupa. Vai uma Praça tentar frequentar o Clube de Oficiais ele não consegue é a mesma coisa no PNR. Sem falar que hoje quem esta melhor no EB são os 3º Sgt e os QAO. Sabem porque? O 3º Sgt é solteiro a maioria e os QAO a maioria os filhos já estão formados e empregados está somente o casal em casa. Agora os "ralados" mesmo são os subão e os primeirão! Estes sim caso tenham filhos Universitários ou no ensino médio "ferrou". Sabe quanto um cursinho pré vestibular para medicina R$ 1.600,00 Isto mesmo galera! Por este motivo acho injusto o camarada ser promovido a QAO e ficar no PNR da pracinha velha. Muitas Vezes este pracinha alugando um imóvel do camarada que esta no PNR. Isto é JUSTO? Muita coisa tem que ser revista. este espaço é importante, com certeza isto é analisado pelos Adjunto de Comando e transmitido ao Chefes

Unknown disse...

Concordo plenamente, com o amigo 26 de fevereiro de 2017 10:43.
Sou Fuzileiro há nove anos e o pouco que atualmente levamos para aposentadoria, gostaria muito que permanecessem até minha aposentadoria, por isso acho que o militares aposentados,inativos, pensionistas e etc... nem devem ser citados.

Hoje em dia somos mão de obra barata, fazendo serviço dos outros, até coleta de lixo já fizemos, nada contra essa profissão, porém não é a nossa.
Já perdemos vários direitos, anoenio,licença de seis meses e depois do soldo nosso salário nunca mais foi o mesmo. E estamos aqui, sem greve, pacificando e tapando os buracos dos dos outras forças.

Nada de trabalhar a mais, o militar em dois dias de serviço faz mais de 36 horas, que volte tudo que temos direito sem nenhum esforço a mais!

Talvez precisassemos de uma guerra, para termos uma atenção maior!

Anônimo disse...

Sinceramente? grupo de trabalho, estudos avançados, politicas de estratégias...nada disso funcionará. A quantas decadas esses estudos se arrastam? sabemos que sem vontade politica e interferencia superior nada caminha (a nao ser para retirar, cancelar, anular, impedir não é mesmo senhores?)
Precisamos de uma politica de valorização imediata e cobrança daqueles favorecidos. E uma troca honesta: o estado concede, o estado cobra. Simples assim

Anônimo disse...

Não sei o que houve com o Comte do EB naquela mensagem de fim de ano. Será que ele não sabia dessa reestruturação de carreira, com melhorias salariais ?

Anônimo disse...

Ao que tudo indica, "a semente da discórdia" está vingando e a bola da vez será o pessoal da ativa versus inativos e pensionistas. Vejam isso:..."o pessoal da reserva não trabalha mais, enquanto nós, da ativa, continuamos trabalhando. Portanto, é válida a desvinculação salarial entre ativos e inativos/pensionistas para que nossos salários sejam majorados e possamos sair do sufoco. Quantos aos demais, que se danem! Não produzem e não passam de um estorvo para a União!" Claro que a imensa maioria não pensa assim, mas basta ler alguns comentários onde constatamos que esta ideia absurda está implícita quando não é explícita. Até parece que estas pessoas criaram as FFAA. Parece aquele discurso "Lulístico",do tipo:..."Nunca, na história deste país existiu isso ou aquilo"... Não trabalhamos mais porque nós trabalhamos por 30 anos, com toda a precariedade e dificuldade para manter esta instituição viva e presente em todo o Brasil. Antigamente os militares iam para a reserva com 25 anos de serviço ,um posto/graduação acima e percentual de tempo de serviço compatível com os anos de permanência na ativa. Muitos que hoje estão na reserva remunerada perderam esses direitos e agora aparecem aqueles que "para salvar a própria pele, não titubeiam em jogar na vala comum, aqueles que um dia foram os seus mestres, conselheiros, amigos. Devo lembrar aos mais afoitos que existe também um plano de reestruturação de carreira ,para compensar a mudança de 30 para 35 anos de serviço, plano este que jamais existiu quando ocorreu a mudança de 25 para 30 anos de serviço. Pelo que sabemos até agora, nossos representantes estão irredutíveis quanto a tal vala comum ( com teto salarial de 5 mil e pouco)para os próximos reservistas e são contrários ao fim da paridade entre ativos e inativos/pensionistas. Não esqueçam que um dia, a maioria dos que "jogam contra os inativos em causa própria" ,irão para a reserva e irão desfrutar das coisas boas ou ruins que forem implementadas nesta reforma da previdência.

Anônimo disse...

Quanta bondade! Fiquei extasiado, nem consegui dormir pensando na felicidade dos militares. Fiz uns cálculos e vejam o resultado:Um terceiro sargento, com soldo de R$3.325,00, sem dependente, vai ganhar:
- auxílio moradia de R$166,25;
- O desconto previdenciário sai de R$249,37 para R$365,00.Um aumento de R$115,63. Descontando o auxílio moradia, sobra R$50,62.Será que dá para pagar, pelo menos, o condomínio?
- O adicional militar sai de R$432,25 para R$665,02;
- Contagem de tempo de serviço para fins de gratificação???? Como será???
- O saldo positivo é de R$283,37
Os postos mais altos, que já dispõe de uma estrutura salarial e de apoio melhor, vai ganha sempre mais.
Não entendi no que diz sobre mestrado e doutorado com aproveitamento na própria carreira e especializações. Beneficia a quem?
E quem mora em PNR, ganha o auxílio? E tome mais cinco anos de serviço.
Tem muita coisa a esclarecer.

Anônimo disse...

Lembrei de uma coisa que talvez ajude... ou não: É verdade que alguns cursos especializados militares já são considerados superior? Vão entrar nessa gratificação ou só os oficiais que fazem cursos de carreira? Vejam no MEC.

adriano t disse...

Rapaz com sorte voltará o adicional tempo de serviço, e quanto aos adicionais só beneficiam como sempre os oficiais que mais tem cursos de carreira, cursos de nível superior, mestrado e doutorado. Auxílio moradia q estão prevendo não paga a creche do filho quem dirá aluguel em Brasília. Mais fácil aumentar o interstício dos graduados do que criar o chamado " posto máster". Ninguém falou nada de compensação orgânica, periculosidade, já q estamos tapando buraco das polícias. Não, melhor criar um CINVE nacional. Usar e depois descartar. Esse sempre vai ser o pensamento. E quando ao armamento mais q ultrapassado q falam em atualizar há tanto tempo, não péra, não precisamos de armamento. Não estamos em guerra afinal. Servimos uma nação comandada por porcos. Estão falando em acompanhamento das propostas mas quem da a palavra final é o congresso. Quando colocarem na ponta do lápis o toma-lá dá cá, vão ver q o q aconteceu em 2001 foi o mínimo. Não sejamos pessimistas nem otimistas, mas realistas.

Anônimo disse...

Me desculpem mas tem um pessoal muito ruim de interpretar um texto e preferem reclamar por reclamar. Vão ler um pouco, fazer redação, aprender a fazer cálculo. O pessoal que foi para a reserva em 2000, além de ter ganho um posto acima têm em seus vencimentos pelo menos 30% a mais do que o pessoal da ativa hoje em dia, e isso não é pouca coisa. Esse pessoal não tem o que reclamar. Pelos meus cálculos todos irão ter ganhos reais apesar desse desconto de 11%, que por sinal acho injusto, pois contribuímos até morrer, por isso o 7,5% + fusex já é justo. Pois bem, o acúmulo de cursos para a atratividade da carreira é mais do que justo. Auxílio moradia para quem está na ativa tbm muito justo. O Adc Militar será para todos, assim como o habilitação. Achei importantíssimo a volta do Tempo de Serviço. Pra ficar melhor o governo poderia deixar opcional, permanecer do jeito que está ou migrar para este novo modelo aí não teria reclamação mas muito papiro.

Anônimo disse...

Alguém acredita nisso? Caiam fora enquanto não criam limo!!!

Anônimo disse...

Eo auxílio invalidez que foi tirado de inúmeros militares ? Como vai ficar?

Anônimo disse...

Quem mora em Pnr esta atendido. Agora tem que realmente atender a quem nao tem imóvel e reside em Pnr. Isso sim é sacanagem e tem varios assim.

Anônimo disse...

Aumenta o salário família pra 50 centavos e já ta bom kkkkk

Bora voltar ao papiro pra receita que é melhor kkk....carnaval de papiro

Ten AmaN 2012....o último apaga a luz....

Anônimo disse...

No EB o Próprio Nacional é gratuito? Pq na FAB não é. Moro em São Paulo, na vila Vasco Cinquini - Santana. Pago 150,00 pra Prefeitura de Aeronáutica, mais condomínio de 500,00. Resumindo 650,00 por mês. É ou não um aluguel? Não acho que é "mais um do EB que quer se dar bem", qd eu era 3S, antes de 2001, na FAB quem morava fora recebia íntegra e quem morava em próprio recebia a diferença. Perdemos com a MP 2215, de 2001. Eu morava em próprio e recebia a diferença. Abraços Fraternais.

Anônimo disse...

Claro q não! Quem não tem PNR é praça, oficial fica no máximo 1 ano na fila. Logo o Aux Moradia será muito mais prós praças. Por isso o valor será baixo. A proposta inicial era p ser percentual sobre soldo de Gen Ex.

Anônimo disse...

Concordo. Tá parecendo a estória do soldão de 2000. Nos enrolaram na bandeira.

Anônimo disse...

Qual o problema de receber o Aux Moradia e não querer morar em PNR?! Ninguém é obrigado a ter como vizinho um mico como o Sr, q já quer ditar regras

Anônimo disse...

http://eblog.eb.mil.br/index.php/noticias/4257-a-reestruturacao-da-remuneracao-dos-militares-das-forcas-armadas-e-os-efeitos-na-reducao-de-gastos-do-governo

Anônimo disse...

Pô cara o militar dá reserva q parou em 15℅ em 2001 e hoje está na reserva se lascou. Ninguém vai dar mais 15℅ p ele. Ou seja o militar dá reserva só vai ter direito ao aumento de soldo habitação e representação,mesmo na reserva o militar continua representando.

Anônimo disse...

Lendo as matérias neste blog, nota-se o seguinte:

- criação de postos na categoria “master” para oficiais e graduados, mas como POSTOS para graduados, eita imprensa que nada sabe e copia o que não deve e redige o que bem convir, pois graduados possuem GRADUAÇÃO;

- Em outro tópico cita-se que a reestruturação salarial será implementada gradualmente, não fala em quanto tempo, podemos esperar o pior pois orçamento está todo comprometido a curto e médio prazo.

Precisamos, sim é que seja feitas mudanças urgentes e concretas e que seja "criada uma data base".

A todos um bom Carnaval e que já em março o Brasil começa o ano, mesmo com os atrasos de sempre!

Francisco Pacheco disse...

Qual a dificuldade de se entender que aunentar tempo de serviço e nada é a mesma coisa para o país? E que isso só influência em acabar mais ainda com o militar que já vai para reserva muitas vezes acabado. Principalmente os que passam quase a vida toda embarcado...numa desgraça de navio respirando óleo e numa praça de máquina como um excravo

Anônimo disse...

Não esqueçam pois, eles não esquecem ! as propostas é para uma questão previdenciária e todos sem exceção irão cair nela, ou seja,todos iremos para a reserva e inatividade é uma questão simples ou se luta em benefício de todos ou todos estarão na mesma vala. " se hoje chove amanhã será sol" é uma técnica de convencimento mentirosa.

Anônimo disse...

Pagar Aux Moradia para todos, leiloar todos os PNRs e distribuir o valor arrecadado aos militares que nunca ocuparam PNR.

Hermeson Barbosa disse...

E meus amigos, se queremos mudanças, temos que depositar nossa confiança em Jair Bolsonaro.e Elegermos mais militares pra termos representatividade.

marcelo disse...

Vai ter militar que foi para a SRF pedindo para voltar ao EB

Anônimo disse...

nossa, bem como dizem que porta do inferno para milico não tem segurança,eles mesmos se derrubam.Já querem criar regraseu tá loko nunca vai mudar mesmo.Milito é bicho burro mesmo

Anônimo disse...

Divirjo do companheiro que deve ser Of. Morei em PNR 3 vezes e as casas foram sempre classificadas como sofríveis. As Vilas do SGT/ST. Sempre foram um Lixo em comparação com a VL dos Of. Tudo quebrado e rachando e maioria dos recursos vão para os Of. ESSA É A REALIDADE OU EU ESTOU MENTINDO ????

Anônimo disse...

A galera da reserva e os QE façam me o favor ! Sabe porque ? Na hora de sair 2 sgt sairam com interticio menor do que os de carreira . Ja os da reserva nem lutam por nada...ficam aguardando os aumentos...e agora ja querem colocar as asas de fora devido auxilio miradia....faça me o favor !!!

Anônimo disse...

Não estou entendendo algumas coisas. A crise é grave (sabemos que foi cuidadosamente arquitetada para justificar tudo o que aí está, mas ok), só se fala em rombo na previdência, cortes e perda de regalias. E dentro deste debate, agrada aos partidos do "então" governo (PMDB, PSDB, DEM e outros), tocar sempre no assunto que a maior culpa é dos militares, o maior rombo, etc, como todos aqui estão cientes. Agora me digam, como acreditar, como evitar o pessimismo, ou ao menos entender que existam alguns que acreditem que com tudo isso, nós teremos o retorno de vantagens perdidas na MP do Mal, elaborada na época por estes mesmos partidos que estão "hoje" no governo. Raciocinem: podem dar tudo o que puderem, mas desde que o que retirarem seja maior, ou seja, gere economia, diminua o rombo e nos aproximem dos civis e do INSS. A conta é simples, qualquer um entende: Se eu ganho 5 mil e passo a ganhar 6 mil, mas quando for para a reserva receba 3 mil, a economia é de 2 mil, ou seja, cada 3 inativos paga 1 ativo. Não sei que milagre estão vendo de que vão aumentar nossos vencimentos, se a ordem é cortar, tirar, igualar, economizar. Não entendo mesmo.
STen Osório.

Anônimo disse...

Amigo de 09:57, ce é louco? Aqui no Rio, nao ta se usando mais po, é td terceirizado. Além do desconto obrigatório, pagamos taxa de condôminio, só nessa taxa beira uns 600, se somar com o desc obrigatorio passa de mil, pra morar longe do quartel, px a favela. Se tiver esse auxilio, duvido qm fique no pnr daqui...

Anônimo disse...

Devemos entender que esta classe é transitoria...4/6anos sold...8 cabos...outra coisa: se ganharem muito,se acomodam e nao fazem questao de progredirem na carreira.

Carlos Cesar Santos de Souza disse...

Pela leitura que fiz da proposta em tela, vejo que militares da reserva e reformados terão perdas salariais em relação aos militares ativos, proposta não resolve, é um "FOGO AMIGO".

Anônimo disse...

Meu amigo na boa tá tudo errada isso ai

Anônimo disse...

Estas imagens dizem tudo sobre os pnr. Eu já vi caso que a esposa do Comandante não gostou da cor da cozinha do pnr funcional e o pelotão de obras pintou tudo novamente.

https://www.youtube.com/watch?v=YBrHWkVobLo

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=ivk9pQhTea8

https://www.youtube.com/watch?v=YBrHWkVobLo

kkkkkkkkkkk. Olhem a diferença.kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Meu amigo teu cálculo está errado. O desconto da pensão militar não é só sobre o soldo mas incide em todo o vencimento, portanto o valor do desconto é bem maior.

Anônimo disse...

O indivíduo possui quatro imóveis, mora em PNR e ainda diz que está dentro da legalidade ? Em qual guarnição acontece isso ? Ah já sei, os imóveis estão no nome da mulher, para o EB ele é um subtenente sem teto. Toma vergonha na cara !

Anônimo disse...

Acho injusto não pagar o auxílio moradia a quem mora em PNR. Paguei aluguel 2 anos até conseguir meu PNR onde resido há 6 anos. O justo seria indenizar a todos que pagaram aluguel nos últimos anos também e pagar o auxílio a todos independente de morar ou não em PNR.

Anônimo disse...

Nunca dei sorte para ocupar pnr. na primeira guarnição fiquei 8 anos na fila. Os pnr eram poucos e ocupados 98% por militares da banda. Em 1990 era muito difícil o pessoal da banda ser movimentado. na segunda vez fiquei 6 anos quando chegou minha vez mudaram a regra fizeram fila única da guarnição, me "ferrei". na última guarnição mais uma vez poucos pnr e 99% ocupado por sgt qe e do hospital militar. detalhe quando cheguei 3º sgt o comandante usou o critério quem tinha mais dependente pegava primeiro pnr. Eu só tinha minha esposa. Não sei como esta agora o critério para pegar pnr, eu desisti. Na selva também vários colegas que já tinham completado o tempo de guarnição e ocupando pnr, aluguei uma casa na cidade de um destes que estava no pnr. eu na fila e ele no pnr e alugando a casa dele para mim. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

Anônimo disse...

Amigo vc é QE e ainda deseja que a turma de 96 fique parada novamente para vc ser beneficiado ?
A turma de 96 teve seu primeiro terçi promovido e os demaus exckuidos do Quadro de acesso antes da promoçao para 2 sgt, ou seja promoveram. A primeira leva e abandonaram 70% da turma a sorte ! Respeito vc mas a turma de 96 esta super atrasada...tem militared com 9 anis como 1 sgt e nao sao promovidas.

Anônimo disse...

Os da reserva já possuíam algum tempo de serviço incorporado ao soldo. Existem capitães QAO na ativa que recebem proventos maiores que Major pós 2000.

Anônimo disse...

Pois é, deveriam implicar com os que possuem residência própria e ainda ocupam PNR assim como fazem com o auxílio transporte de quem recebe e se locomove de veículo próprio para o quartel, mas acho que isso afetaria os oficiais. É, isso não vai acontecer.

Anônimo disse...

Alguém sabe qual turno os Sgt QE realizarão o CAS? O bom será a experiência dos Sgt QE. Tem Sgt Qe que trabalha de auxiliar do Encarregado de material desde soldado. vai poder passar muita experiência.

Anônimo disse...

Quando for lá em 2025, terão que meter a facada de novo. O efetivo está diminuindo drasticamente e, acho, que não vão conseguir estancar as saídas tão cedo com esses incentivos de hoje. Vai ter muito menos contribuindo para manter essa "pirâmide". No futuro não tão, tão distante, vão querer ter uma força parecida com alguns países de primeiro mundo, onde os militares ficam em casa paisana e só vão agir quando convocados, tipo Força Nacional para emergência. Não vai ter saída se continuar assim, servindo apenas para arrecadar dinheiro dos salários para o governo e prestação de serviços gerais.

Junior Fonseca disse...

Verdade

Léo disse...

Quanto mais alto o posto,na hierarquia militar- e mais próximo do posto de Oficial General-de exército maior será o aumento dos vencimentos VEXATÓRIOS, HUMILHANTES, VERGONHOSOS E RIDÍCULOS que recebemos,hoje.Simples assim.Alguém ainda tem dúvidas disso? Eu jamais seria contra ou achar que é injusto um oficial que possua curso de formação, aperfeiçoamento, e vários,muitos cursos de especialização- Paraquedista, Operação da Selva, Inteligência, Comandos,Forças Especiais,Altos Estudos Militares I e II-.poderem ser somados suas porcentagens,para o cálculo dos vencimentos. CLARO QUE NÃO PODEMOS SER CONTRA A VALORIZAÇÃO E A VALORAÇÃO de quem se esforça ,intelectual e fisicamente, para prosperar na carreira.O que ocorre é que ,quanto mais baixo o posto e, principalmente,a graduação,a dificuldade para um militar ser autorizado a fazer alguns daqueles cursos é enorme,quase impossível.Ex: quem tem mais chance de ir servir na região amazônica: um terceiro Sargento ou um Tenente jovem? Estou falando de proporção! Quando o assunto passa a ser o Auxílio-Moradia ,aí,amigos, fica muito bem claro que ,dentro da propria força, somos tratados como cidadãos não de hierarquias diferentes-Oficiais e Praças- mas,na verdade, cidadãos fardados de classes sociais de primeira e de segunda, respectivamente.E por que afirmo isso? Simples.É decente um Sargento ,com família, receber para pagar um aluguel,por exemplo,no Rio de Janeiro, muito menos que um Coronel, também com Família? O Coronel irá morar na Visconde de Pirajá- Ipanema-ou na Barra da Tijuca.Enquanto que o Sargento vai morar nos confins das favelas mais perigosas da periferia Fluminense.O auxílio-Moradia deveria,sim,ser igual pra todos.Até porque a responsabilidade e o poder de decisão para se construir ou não PNRs,Brasil afora,não cabe aos Sargentos.Uma vergonha essa discriminação!!! A diferença de 4% que será aumentado o desconto para a Pensão Militar,o imposto de renda, o aumento do Seguro- FAM, e,muito possivelmente,logo logo também o aumento do desconto do FUSEX transformarão essa tão falada "REESTRUTURAÇÃO DA CARREIRA MILITAR" numa falácia,como o foi a MP DO MAL.Sargentos ,não se iludam.Estudem,estudem e estudem!!!

Anônimo disse...

Analisem esta situação hipotética, que não acontece em lugar algum na esfera profissional pública:

Na sede da PF o pessoal discutindo sobre a situação salarial da categoria...

- Agente B, bom dia!!! Estamos discutindo sobre a nossa situação salarial precária.

- E daí, Agente A? Sou solteiro, estou muito bem, tenho duas casas em Angra do Reis e um Apartamento amplo em Copacabana.

- Entendi, Agente B... E você Agente C? O que acha do nosso salário?

- Estou nem aí, Agente A. Sou casado com uma Desembargadora do TRF, moramos na Urca, temos um Mercedez e um BMW na garagem, portanto, nossa renda é muito boa, obrigado.

- Agente A (diz o Agente B), não temos culpa se você é casado, pais de 3 filhos e tem apenas 1 casa no Recreio dos Bandeirantes e dirige um Hyundai Azzera.

- Eu sei disso, Agente B. Só achei que poderíamos nos unir e conseguir uma situação salarial melhor para todos.

- Pensou errado, Agente A (diz o Agente C). Você tem que se controlar melhor financeiramente. Eu, por exemplo, deixei de comer filé mingnon 10 vezes por mês e viajar pra Europa nas férias, até a minha esposa ser aprovada no concurso do TRF... Se a sua esposa não passou em concurso algum, problema seu, não temos nada a ver com isso.

- Que isso, pessoal!!! Precisamos ser mais unidos...

- O que está acontecendo aqui? (Chegou o Delegado "Bonzão" interpelando o pessoal).

- Nada, Delegado Bonzão!!! É que o Agente A aqui não está contente com o salário dele... Disse o Agente C.

- Entendo... Eu até apóio a sua posição, Agente A. Tenho amigos Delegados que estão em situação crítica. Inclusive meu amigo, o Delegado Safo, teve que sair do Leblon para o Flamengo, vender o BMW dele e comprar um popular da Toyota pra ter condições de poder pagar a pensão dos 2 filhos dele. Inclusive, ele está pleiteando ir pra Brasília pra poder morar num imóvel funcional - Disse o Delegado Bonzão.

- Então é isso, Delegado Bonzão (Disse o Agente A). Poderíamos convocar o pessoal pra uma reunião e...

- Ficou maluco, Agente A!!! Eu disse que apóio, mas não participo... Não estou nem aí pra situação dos outros Delegados, estou muito bem, obrigado... Quem mandou não se planejarem... Disse o Delegado Bonzão.

E assim, a conversa se prolongou até que todos chegaram a conclusão de que não adiantava reclamar do salário porque o pessoal, apesar de ganharem a mesma coisa, não eram unidos o suficiente pra se manifestarem por melhores condições na carreira.

Viram? Foi apenas o trecho de uma ficção. Logicamente, isso não acontece em lugar algum da PF, pois os vemos sempre unidos e embuídos na missão de conseguir melhorias pra carreira, independente da situação individual de cada agente... Agora nas FFAA... Não podemos dizer o mesmo, não é???

Anônimo disse...

Acho que o amigo está blefando! Talvez voce não tenha informado na sua OM que tem casa própria, estando portanto, na contravenção!

Anônimo disse...

Eeeee não sei não hein...bem que o chapa quente e falou.iria ser aprovado em março e iria cair em junho.vcs tem duvidas que esse projeto ( valores)já não estão acertados? Entre md x ffaa.isso já deve ta certo desde ano passado...ex:diminuir contigente, diminuir om.so que as coisas devem ser levadas passo a passo.

Anônimo disse...

E as casas dos qao tbm estão assim. Um verdadeiro lixo. Pura verdade.

Anônimo disse...

KKKKK....
Rapaz... Essa tua matemática tá ruim heim!!!

Anônimo disse...

Já fiz meu cálculos, caso se confirme a volta do Auxílio Moradia, de imediato saiu do PNR, pois a legislação atual não me obriga a morar em PNR. De acordo com a previsão eu passaria a receber em torno de R$ 1.800,00 (Aux Mor), perto de onde moro eu consigo alugar um apto 3 quartos e 2 banheiros por R$ 1.000,00 (já com o condomínio), o dinheiro da diferença vou utilizar prá pagar curso de idiomas para o meu filho, que inclusive já disse que não quer ser militar e dou todo apoio a ele.
No caso, vejo que a administração vai ter sérios problemas com a Mnt de PNR sem que tenha militares interessados em ocupá-los.
Era bom já ir criando um Grupo de Trabalho, já que isso o EB é especialista, nós só não ficamos sabendo o resultado desses estudos, rsrs.
Fé na missão.

Anônimo disse...

Podia sair logo, a família militar agradece!

Anônimo disse...

Qualquer acréscimo no tempo de serviço não decai, já valores acrescidos no vencimento...

Anônimo disse...

Então é isso mesmo, tenho 8 anos e receberei 8%.Falava em relação à isso mesmo, obrigado!

Anônimo disse...

Ainda tem praca que quer ganhar igual a general pelo amor de Deus ne.que mundo de fantasia vc vive cara.a grande verdade que nos deveríamos receber bem mas não tanto quanto os generais..isso e fato

Anônimo disse...

Enche de adicional e depois esses 11% calculados sobre o bruto junto com o imposto de renda levam tudo de volta...

Anônimo disse...

Atenção:

1- Quem mora em PNR e os militares da reserva não receberão auxílio moradia;

2- A reestruturação não será nesse ano e nem será em única parcela. Será parcelado em 4 anos.

Anônimo disse...

27 de fevereiro de 2017 11:42, caro anonimo, concordo plenamente com vc. Infelizmente temos no nosso meio gente que milita em universalizar suas opiniões exdruxulas, tipo: "estou me preparando para a reserva, fui para selva comi ovos e tomei água dois anos com minha família, comprei apto em subúrbio e alugo por 400 reais para complementar a renda,...(SIC)...Sou muito feliz (derrubando os dentes da boca)", ou o típico "sou formado em Harvard (servia em um hospital militar e tinha a tarde livre, ou o chefinho que era bajulado liberava) dou aulas, devo tudo o que tenho ao EB (o mesmo patrimônio que um PM junta em um ano, por ser muito melhor remunerado) e quem não está contente saia"... Infelizmente vemos esse tipo de gente, feliz e satisfeito por não sair do lugar, somente aqui no blog. Na tropa vemos todo mundo que é consciente estudando, fazendo curso superior, investimento no estudo dá esposa e no próprio, para tentar outras carreiras. Precisamos mudar nossa acovardada mentalidade senhores. Claro, não vamos levantar faixas e cruzar os braços na entrada das OM, isso é contra o regulamento, mas algo precisa mudar. Precisamos nos unir por um bem maior, e deixar de lado vaidades e proselitismos de classe. Nunca vi delegado militar contra melhorias para seus agentes subordinados, nem OF PM lutando contra direitos das praças, infelizmente vemos isso por aqui nas forças armadas.

Anônimo disse...

QE fazendo CAS? E o CFS não vão fazer? Onde sirvo QE não tira cmt da gda porque alega que não possui curso de formação de Sgt.

Anônimo disse...

QE não tem CFS, como vai fazer CAS? Tem QE 2° Sgt aux de ST desde SD e não sabe nem fazer um DIEx, vai fazer sindicância depois do CAS? Vai fazer o CFS antes de fazer CAS? Fala sério.

Anônimo disse...

Se o objetivo é enxugar gastos, como será que virá coisas boas para os militares? Acho que só vai vir fumo!

Anônimo disse...

Para entender melhor os valores seria bom dar uma olhada numa publicação de FEV/2017 deste blog,mas alguém ouviu falar da data da implantação e com ocorrerá?

Anônimo disse...

Caro comentarista de 27 de fevereiro de 2017 12:48. Parabéns meu irmão. falou tudo. Faço das suas palavras as minhas. Realmente não vai ser vantagem residir em pnr

Anônimo disse...

Tem Fiscal Administrativo que apresenta um termo de compromisso para o camarada assinar que não tem imóvel. O cara assina e fica arquivado na Fiscalização. O caso de ocupar um pnr e alugar a sua casa para quem esta na fila é complicado. Tem que ter muita coragem fazer isto. Saber que o irmão de farda esta "sangrando" no aluguel e ele ocupando o pnr. como esta na biblia a ganância existe. o cara não sai do pnr para não perder o aluguel.Isto vai ir até que o MP investigue. Vai complicar os comandantes, fiscais, enfim uma galera.

Rindo dos analfabetos políticos disse...

Anônimo 27 Fev, 1142h:
Não teve a coragem de colocar o verdadeiro pseudônimo, mas o texto leva a crer, pelo seu teor psicótico pelo mesmo tema, qual seja, os militares que constituíram família são incompetentes e deveriam parar de reclamar, pelo teor enjoado só pode ser a figuraca do tal do SGT 2002

Anônimo disse...

Turno da noite!

Anônimo disse...

Impressionante! Sempre tem um imbecil querendo ditar coisas! Aposto que um idiota deste ocupa PNR e baba ovo de oficial p dar balão nos outros! Como dizem e isto é a mais pura verdade, praça é a raça mais desunida do mundo!

Anônimo disse...

Os espertos que moram em pnr ainda querem receber auxílio! Se deram bem anos e anos, ainda querem benefícios. Definidos sempre. Uma vergonha.

Anônimo disse...

Desocupem os pnr espertos, vão morar longe e gastar 2 tanques de combustíveis, levantar 2h mais cedo, chegarem 2 h mais tarde em casa, correrem riscos no trajeto e na vizinhanças. Nunca seremos mais do que somos.

Anônimo disse...

Entre os anos 84 e 85 não compensava morar em pnr, muitos desocuparam pra receber o auxílio. As vilas ficaram com muitas casas fechadas e o Mato tomou conta. Quem se lembra disso ?

Thiago Vahl disse...

Francisco, concordo com você quanto às condições da vida embarcado, e por isso considero que precisamos de uma reformulação da carreira militar, umas reestruturação completa que leve em conta estas peculiaridades. Poucos ambientes são mais insalubres que a praça de máquinas de um navio de guerra!! Considero que deveria ter uma diferenciação no tempo pra quemim embarca, quem opera em fronteirà...mas não é possível sustentar o argumento que os militares vão pra reserva esgotados e os números mostram que a quantidade de TTC's é muito grande!!! Manter os 30 anos tornou-se insustentável para algumas áreas dentro da carreira militar.

Anônimo disse...


Outros itens a pensar:

-Quando um militar temporário, que serviu 8 anos vai para a reserva ele recebe um vencimento por ano de Sv, sendo que um militar de carreira irá receber apenas 4 calculado na graduação ou posto imediato. Assim um 3º Sgt Tmpr irá receber mais que um 3º QE ou um 1º Ten tmpr receberá mais por 8 anos que um praça que ficar 30 anos de Sv. Poderiam aumentar esses vencimentos pelo menos pagar os mesmos 8 vencimentos para todos.
- Poderiam ser revistos os cálculos dos valores da bagagem para as transferências.
- Aumento para o pessoal da reserva tem que ser igual o da ativa, pois todos um dia estaremos na reserva.
- Acho normal a pensionista descontar a pensão, pois atualmente ela recebe mais que o militar da reserva.
- Esse Imposto de renda está alto. Seria interessante se pagassemos metade do valor e não fazer a declaração sobre os vencimentos. Pagaríamos um valor X, menor que o atual, mas sobraria mais por mês sem se preocupar com restituição.
- Se Houver reestruturação o aumento do tempo de serviço não pode ser tão apavorante, pois se for gradual não será tão impactante para quem está próximo da reserva, e para quem está começando, certamente entre os 30 e os 35 anos ele terá uma promoção nesse tempo o que compensará ficar mais uns anos na ativa.
- auxilio moradia faz se percentuais diferentes para quem mora em vila militar.
- Quem foi para a reserva sem os 30% de Sv poderia ter esse percentual integral também.
Esses comentários são apenas opiniões pessoais, sem querer julgar instiutição, governo ou qualquer pessoa, sem querer divergir de outras opiniões, apenas pontos levantados para se pensar e discutir, esse discutir é no sentido de uma boa solução. Agradeço se alguém mais comentar o acima citado e vamos com calma e aguardar sem desesperos. Um bom dia a quem leu e o importante é termos saúde e estarmos em paz com nossa família e não deixarmos de trabalhar com entusiasmo e dedicação.

Anônimo disse...

Caso seja verídica a história dos quatro imóveis, considero que não seja ilegal. Inclusive parabenizo o companheiro pela sua educação financeira. Aos demais continuem a investir em carros e outras ostentações.

Anônimo disse...

Já que a proposta está encaminhada, só nos resta então aguardar uma resposta oficial do governo. Conheceremos então os "agraciados" e os "preteridos". Belo começo para um triste fim!

Anônimo disse...

3 quartos por mil reais? Passa o endereço.kkk

Anônimo disse...

Nossos chefes poderiam agir com transparência.

Carlos Aurelio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Praças, não se iludam, estudem e saiam dessa carreira falida, as FA no Brasil, só são benéficas aos oficiais.

Como dizia um Cabo Velho chamado Chacrinha:

"Quem não Papira se Trumbica"

"Quem não Papira, entra em forma pro Aspira."

Esta é a Realidade. Aceitem arduamente ou saiam de cabeça erguida, por meio do Estudo.

Sub Ten aqui do Quartel onde sirvo, passou pra Auditor no ano de 2014.
Casado, dois filhos, cheio de atribuições no quartel.
Se ele pode, por que nós não podemos buscar o melhor para nossa família também?

Sempre há tempo para estudar. PAPIREM!

E agora vou voltar para meu Carnaval do Papiro 2017...

Cap Inf AMAN 2006.

Anônimo disse...

Concordo, os PNR de ST/Sgt são sempre lixos, tudo caindo, impossível de conseguir qualquer melhoria pois deve-se rezar muito e fazer DIEx até para o Papa para ser atendido. Geralmente o encarregado dá seção de PNR, experiência das OM onde passei, atende até aos mínimos caprichos dos oficiais e suas esposas, enquanto dificultam tudo para as praças. Sem contar tb que algumas guarnições atendem com PNR quase a totalidade dos oficiais e 20℅, as vezes 5℅ dos ST e Sgt, como é o caso de Santa Maria-RS, cidade peruada por ter CM. Essa gratificação de aux moradia vira em uma hora crucial, inclusive se solucionará o problema das GU de difícil recompletamento.

Anônimo disse...

Nunca tinha lido tanta asneira...Abre os olhos, novinho!

Anônimo disse...

Comentarista de 27 de fevereiro de 2017 16:23. Eu lembro. Foi nos anos 80. Os pnr para não serem destruidos eram a cedidos aos cabos e aos sargento temporários solteiros.

Anônimo disse...

Isto de pnr vai ser igual encarregado de material, antes o cara era compulsado. agora que vale ponto os camaradas disputam. no meu quartel um subtenente de comunicações queria assumir a carga de um esquadrão.risossssss. chegou a enquadrar o sub mais moderno. foram no regulamento e o cavalaria ganhou a causa. risosososos. antes será que o antigão ia querer a carga???????? ainda mais que falaram que a comissão valoriza e da pontos para quem tem na ficha a função de encarregado de material. igual curso operacional se realmente isto que falam que vai 3 pontos cada curso operacional vai ter um monte re "rambo" nos quarteis.risosososososos. agora nos pnr o pessoal vai sair para receber o auxilio moradia

Anônimo disse...

Tem um bisu forte rolando qye virá também reajuste no Salario Familia, segundo fonte segura serão 100 porcento de aumento por dependente.

Anônimo disse...

Não acredito nessas promessas, mas sejamos otimistas: como estão querendo diminuir o "rombo da previdência", a maior parte dessas vantagens talvez virá na forma de verbas indenizatórias, o auxílio moradia seria uma delas. Assim, uma vez na inatividade, o sujeito perde o direito de recebê-las. No mais, digo que o sistema funcionará como sempre foi: o de cima querendo massacrar quem está embaixo. Só corrigindo: as FFAA servem para ALGUNS oficiais, aqueles que depois de 30 anos de sv chegam ao generalato. Tem muito moleque no funcionalismo público que ganha mais e vive melhor do que muito vovô coronel por aí kkkkkkkkkk. Só não enxerga quem não quer.

Anônimo disse...

Se vier esse aumento mesmo então CHAPA QUENTE PRA DEPUTADO FEDERAL. Olha Chapa enquanto muitos faziam galhofas eu sempre acreditei em suas palavras amigo. Chegaram até a te chamar de chapa fria mas era pura inveja. Apareça companheiro!!!

Anônimo disse...

Acredito que com a criação do auxílio moradia quem ocupa PNR deixará de pagar o valor mensal pela ocupação 5% casa e 3,5% apartamento.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 214   Recentes› Mais recentes»

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics