20 de fevereiro de 2017

Correção: Coronel do Exército é baleado ao ser assaltado em Porto Alegre

Nota do G1
Correção: ao ser publicada, essa reportagem errou ao informar que o coronel da reserva morreu durante o assalto. A informação errada partiu da Brigada Militar. O texto foi corrigido às 17h50).

Coronel da reserva do Exército é baleado após assalto em Porto Alegre
Segundo BM, vítima foi identificada como Leo Edson Schwalb, de 67 anos.

Crime ocorreu na Rua Padre Caldas, Zona Leste de Porto Alegre (Foto: Estêvão Pires/RBS TV)Do G1 RS
Um coronel da reserva do Exército foi baleado na tarde desta segunda-feira (20) durante um assalto na Zona Leste de Porto Alegre. Conforme o comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Paulo César Balardin, a vítima foi identificada como Leo Edson Schwalb, de 67 anos.
Segundo o oficial, o militar aposentado estava em uma oficina na Rua Padre Caldas, no bairro Partenon, quando foi abordado por quatro homens que desceram de Fiesta branco. Pelo menos dois deles estavam armados com um pistola e um revólver. "Eles pediram o veículo e o coronel da reserva levantou os braços, mas mesmo assim, deram dois disparos", observa o comandante do 19º BPM. Os tiros atingiram a cabeça e o abdômen de Schwalb.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local e o levou até o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde está internado.
G1/montedo.com

8 comentários:

Anônimo disse...

Tamanha a insegurança que estamos vivendo, nem mesmo sem reagir a pessoa é poupada.

Jozinaldo Freitas disse...

O Brasil foi tomado pela criminalidade. Hoje o cidadão vive refém dos bandidos. O Estado desarmou o cidadão de bem, de bons costumes, e não tem competência para desarmar os bandidos.

Anônimo disse...

Meus sentimentos a familiares e amigos. A violência permeia a sociedade brasileira como um todo, ninguém está a salvo, todos somos, fomos ou poderemos ser vitimas da criminalidade que tomou conta das cidades, por pura incompetência e inoperância de governos que defendem criminosos e dão as costas à população. Um dia quando o caos tiver tomado conta e o amanhã for incerto, todos comungarão do mesmo pensamento: Bandido bom é bandido morto!

Anônimo disse...

Parece execução. Será algum atrito anterior ?

Anônimo disse...

Para os bandidos, Deus existe?

Anônimo disse...

Execução.

Anônimo disse...

Ta no DGP ...

Cel Cav LEO EDSON SCHWALB - O militar foi desligado em 30/09/2001.

keko marques disse...

Não. Nem para eles, nem para ninguém.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics