14 de fevereiro de 2017

Monumento à miséria: militares venezuelanos fazem fila para receber alimentos do governo

As Caixas de Alimentos dos Comitês Locais de Abastecimento e Produção (CLAP) foram recebidas com alegria pelo militares, milicianos e policiais da Venezuela. Com seus alimentos importados, forma parte dos presentes do governo de Maduro aos fardados.
Os alimentos - em suas respectivas caixas - são entregues em uma cerimônia, onde os militares fazem fila para recebê-los.
As fotos mostram os militares com um sorriso de orelha a orelha, recebendo seus produtos.

Photo published for A los militares no los humilla el imperio sino sus jefes cuando les dan una caja de CLAP - El...


Venezuelanas trabalham na montagem das caixas num CLAP

Maduro: Los CLAP nacen para hacer revolución en el sistema de distribución de alimentos para el pueblo venezolano.
EL INFORMADOR WEB/montedo.com

27 comentários:

Anônimo disse...

Um futuro não tão longe das terras tupiniquins se continuarmos assim.

Anônimo disse...

Se a nação não acordar, esse também será o futuro da república das bananias.

Anônimo disse...

Acordem povo idiotizado por samba, futebol e carnaval! Isso é projeto do Foro de São Paulo também para o Brasil. Os últimos Ministros da Defesa sempre foram comunistas, socialistas, bolivarianos; e o atual não é diferente, inclusive é um dos fundadores do Foro de São Paulo.

Anônimo disse...

Esse é o estado bolivariano que o PT iria implantar aqui, uma miséria colossal e humilhante, enquanto a cúpula do governo e seus agregados, anda de lancha tomando champanhe com prostitutas de luxo, vide Lulinha filho de lula, conforme cedo que circula em redes sociais. Aqui não passarão.

Anônimo disse...

Humilhação receber alimentos como presente desses comunistas ladrões, safados, que só querem do bom e do melhor e passarem as ferias nos EUA e na Europa.

O Brasil estava indo pra isso. Se demorasse mais uns 4 anos, o povo estaria fazendo filas até pra papel higienico como é lá.

Ese PT dos infernos, tinha que ta exluido da politica e todos que assumiram qualquer cargo na cadeia. Ah se fosse na Turquia !

Hoje 1/4 da população estão no Bolsa Familia. Uma vergonha.

Anônimo disse...

E "viva o socialismo"

Anônimo disse...

Só falta cerimônia para entregar papel higiênico com instruções de uso dos dois lados. Como pode o ser humano ser tão covarde em aceitar uma situação dessas em pleno século 21?

Anônimo disse...

Vamos apoiar a Lava Jato e ficar atentos aos que estão querendo ficar no poder para que não cheguemos na mesma situação da Venezuela. Temos todos os "ingredientes" e interessados para que isso aconteça.

Anônimo disse...

RELEMBRANDO, PORQUE É SEMPRE BOM FALAR, POIS ALGUNS SE CONTENTAM COM AS ESMOLAS E LOGO ESQUECEM AS PERDAS.

E não temos fartas diárias a receber, visitando até TG, Del, etc ... para completar a renda. Os generais só se dão conta, quando estão na reserva vivendo apenas da remuneração, sem as mordomias do cargo.

Cálculo da variação de um período - IPCA (IBGE)
A variação do índice IPCA (IBGE) para o período de 01/03/2012 a 31/01/2017 é 39,4303% - (incluso as conversões de moeda)

Fonte: http://www.debit.com.br/consulta10.php

Anônimo disse...

Memória curta e seletiva, montedo? Esqueceu da época que nós, milico de verde oliva, recebíamos a nossa cesta básica (esmola) fornecida pelo EB/governo e distribuída pelo almoxarifado? Esqueceu? Recordar é viver. Abraços,

daniel camilo disse...

Para quem acha que devemos acordar para não ficarmos na situação humilhante dos militares venezuelanos fica a dica: Já é tarde pois passamos a fase do teste. Desde Fernando Collor as FAs vem sendo desmantelada e ideologicamente reformulada. Tem muitos da ativa que beijaria FHC, Lula, Dilma e Temer por causa de um aumento salarial. Precisamos de um reajuste no soldo mas isso não significa que temos que comer nas mãos de um comunista pois mais tarde, quando não formos mais úteis, seremos descartados. Nunca confie em um comunista!

Léo disse...

Bolsonaro 2018!!!

montedo.com disse...

"Anônimo disse...
Memória curta e seletiva, montedo? Esqueceu da época que nós, milico de verde oliva, recebíamos a nossa cesta básica (esmola) fornecida pelo EB/governo e distribuída pelo almoxarifado? Esqueceu? Recordar é viver. Abraços,
4 de fevereiro de 2017 12:41 "

Nunca, durante minha carreira, recebi cesta básica do EB.
Não sei a que época você se refere, mas deve ser há muito tempo.

Anônimo disse...

Este Maduro é amiguinho do Lula, da Dilma e já andou vociferando suas besteiras criticando o Brasil e sugerindo o tal do "Golpe". Pois bem, é este incompetente projeto de ditador que destruiu a Venezuela. O povo venezuelano está pagando um preço altíssimo e o caos político/econômico/social impera neste sofrido país.

Anônimo disse...

Sorte a sua. Garoto moderno. Mas pesquise com os bem antigos. Década de 60 e meados de 70. Procure e saberás.

Anônimo disse...

Eu não consigo entender a indignação dos colegas, o movimento bolivariano surge dentro das Forças Armadas venezuelanas, com o Chaves, ainda quando ele era Ten Cel paraquedista. É o movimento só persiste pelo apoio incondicional das Forças Armadas Venezuelanas. Outro problema é o etnocentrismo, o que para nós é humilhante para os militares venezuelanos, vai ver que não. Nos EUA, dentro dos Fortes americanos, onde vive e mora os militares americanos, os comércios instalamos dentro destas unidades vendem os seus produtos sem a cobrança de impostos, se fossem fazer o mesmo aqui seria um absurdo. Nos militares, tivemos uma época em que o Imposto de Renda, incidia apenas sobre o soldo, a sociedade brasileira reclamou tanto que hoje pagamos sobe o total dos vencimentos. Eu me lembro e não faz muito tempo que quando o vale transporte era dado em ticket a fila e a satisfação dos colegas em receber o kit passassem. Portanto, o que é um absurdo para nos, na consciência coletiva deles não o é. E para piorar ainda mais, a Venezuela para quem não conhece é linda, recomendo as férias em Isla Margaritas, Merida, etc., barato para a nossa moeda.

Anônimo disse...

E Ruin se é no Brasil duvido que alguém dá alguma coisa para os militares

Anônimo disse...

Realmente existem estas megalojas dentro de alguns quartéis e bases nos EUA.Já comprei nelas, mas nos EUA Tem também o tal "military discount" para militares norte americanos.Existe não só um apoio econômico como também pude observar,um respeito evidente para com os militares daquele país.

Anônimo disse...

Seria bem vinda está cesta básica nos tempos de hoje.

Anônimo disse...

Amigo antigão, comparar meados dos anos sessenta com 2017, não seria o mais apropriado, com todo respeito, a situação estrutural e conjuntural do país era completamente diferente, a economia, a ciência e a tecnologia, as pessoas viviam menos, as mulheres tinham menos direitos, guerra do Vietnan, homem no espaço, radionovela e TV preto e branco; e também o rancho distribuído a cesta básica nos quarteis, eram outros tempos, nossa população não passava fome, nem fugiam aos milhares do país,só aqueles que queria vender a Pátria, politica não era profissão e muito menos enriquecia-se com ela; apesar disso, existiam pessoas que desejavam para o Brasil a fome e a miséria coletiva, a escravidão proletária e a coisificação do ser humano, estes receberam menos do que realmente mereciam. Recordar e viver eu sei, mas recordar também e aprender e não repetir os erros; se o amigo antigão acredita ser aquela situação semelhante com o que está acontecendo com nossos irmãos venezuelanos, seu ponto de vista será respeitado, apesar dos problemas, somos uma democracia, graças a Deus! e aos que ganhavam cesta básica.

Anônimo disse...

Grande "Socialismo do Século XXI", o "Bolivarianismo" tão admirado pelos "esquerdopatas" do Brasil, cujo herói venezuelano escolhido para "patrono" foi um dos maiores aristocráticos do século XIX!!

E o maior objetivo do PT era trazer esse anacronismo para o país.

Anônimo disse...

Entrei no EB nos anos 60, desde 65, servi por 30 anos em diversas OM, NUNCA OUVI, VI OU SOUBE DE NADA SOBRE ISSO:

"Anônimo disse...
Memória curta e seletiva, montedo? Esqueceu da época que nós, milico de verde oliva, recebíamos a nossa cesta básica (esmola) fornecida pelo EB/governo e distribuída pelo almoxarifado? Esqueceu? Recordar é viver. Abraços,
4 de fevereiro de 2017 12:41 "

Este comentarista esta em marte ou nunca quer criar factóide.

Montedo, no passado, quem ficava avariado da cuca era enviado para o PNP, HCE, a sigla quer dizer Pavilhão Neuro Psiquiátrico.

Será que esta info veio de lá?????



Anônimo disse...

Esquenta não tchê. O nosso SEXTÃO Fdd vem aí.
2018....É BOLSONAROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO....

Anônimo disse...

Para os incultos, a Venezuela é igual ao estado do Rio de Janeiro. Surfava na onda do barril de petróleo variando de 90 a 120 dólares. Com a crise de 2008, aquela da marolinha, os EUA explorando o xisto, o Brasil explorando o pré-sal, a volta do Ira ao mercado de petróleo, houve oferta demais de petróleo no mundo e o preço caiu para 28 a 33 dólares nos últimos 5 anos. Para quem não conhece os nossos vizinhos, a economia desses países e insipiente, focado no setor primário, e todos os produtos de bens de consumo são importados, do Brasil, EUA, basicamente. A Colômbia tem uma economia um pouco mais diversificada, mas todos os automóveis e motos são importadas, e a única coisa que exporta e café e cocaina. O Peru, peixe, produtos agrícolas e cocaina, a Bolívia cocaina e gás. O Chile, está sentado em cima de uma mina de cobre, e num planejamento estratégico, identificou três coisas que rico gosta peixe Salmao, vinho e frutas, e está exportando para os países ricos. E a Venezuela está sentando-me cima de um barril de petróleo. Para quem conhece um pouco de economia existe a maldição do petróleo, que atinge todos os países produtores.

Anônimo disse...

Como eu queria essa "esmola" com os mesmos 20 salários mínimos de soldo dá época e 25 anos de serviço...

Anônimo disse...

Por isso é Milico, não estuda. Coitado. Quase analfabeto funcional.

Anônimo disse...

Essa caixas parecem aquelas compras que fazem no Paraguai: Quando a pessoa abre só tem pedras. No caso da Venezuela, devem estar só pela metade de gêneros alimentícios e de má qualidade, e devem ser fornecidas por alguma empresa de amigo do amigo...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics