1 de fevereiro de 2017

Vala comum: não é bem assim! Nota do Exército contesta noticiário e reafirma compromisso do Governo com as Forças Armadas

Publicação original: 31/1 (23:15)
Não é bem assim, pessoal
Possivelmente em reação a matéria da jornalista Lisandra Paraguassu, da Agência Reuters, reproduzida no blog na manhã desta terça-feira, o Exército divulgou nesta tarde  um Informex sobre o Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas. A nota esclarece que o Governo Federal comprometeu-se com as Forças Armadas, afiançando reconhecer as peculiaridades da carreira militar e tratando-as de maneira diferenciada.

Militares são diferentes
Numa clara alusão ao emprego cada vez mais  frequente dos militares em operações  de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), a nota afirma que a diferenciação dos integrantes das Forças Armadas 'tem sido vastamente utilizada pelas autoridades para viabilizar as atividades que têm garantido a estabilidade do país, propósito maior da Nação brasileira'.

Vem aumento aí?
A nota cita também a reestruturação da carreira e modificação na remuneração do pessoal, em função dos inúmeros reflexos na vida dos militares e de seus dependentes que a reforma traria. 'O militar recebe salário médio muito menor que outras profissões de Estado, dedica-se exclusivamente à carreira e não possui os direitos assegurados a qualquer trabalhador, como, por exemplo, direito de greve, remuneração por horas extras, FGTS etc.', diz a nota.

Danos irreversíveis
'Soluções simplistas, genéricas ou que contenham apenas o viés contabilista não podem ser aplicadas à atividade militar, causando irreversíveis danos aos alicerces que fundamentam o comportamento e o estado de permanente prontidão das Forças Armadas.', diz a nota. 



45 comentários:

Anônimo disse...

Grupos de trabalho, estudos realizados... Para quem está a algum tempo na vida militar sabe que estas expressões anunciam futuras perdas de direitos.

Anônimo disse...

Acho que o camarada chapa quente tem razão. Em junho teremos ótimas novidades no contracheque. Nossos chefes estão embutidos da missão. Obrigado ao comando por trazer boas notícias, acalmando os ânimos dos ansiosos que vivem reclamando e rechaçando as últimas notícias divulgadas pela mídia(só derrotas).

Anônimo disse...

Agora sim ! Precisamos do apoio do Exercito para que nos mantenha informados e nos dê orgulho, pois não temos sindicato e ficamis a sorte de jornalistas sensacionalistas. Somos pais de familia e prestamos concurso público e as geraçoes passadas já pagaram pela ditadura, não devemos ser mais massacrados...muito dificil receber pouco e ficar calado. Quero voltar a sentir orgulho da profissao que escolhi por saber que o Ministro da Defesa luta por mim pois sao mais de 20 anos com promoçoes demoradas...em 20 anos um oficial é Ten Cel e em 20 anos um 3 Sgt ainda é um 1 Sgt. Precusamos de um acesso ao QEO Quadro Especial de Oficiais Concurso para usar meu curso superior e ser valorizado !

Fardado Indignado disse...

Depois da inquietação da tropa, com várias menções de sublevação ecoando nos mais distantes rincões do país, eles tinham mesmo que se manifestar!! A jornalista atingiu seu objetivo que foi o de testar a reação da tropa em relação ao despautério de ter ceifado os derradeiros benefícios da já aviltada carreira militar!! E nós, praças das 3 forças, devemos continuamente mostrar indignação toda vez que esse tipo de ensaio de massacre tomar forma na imprensa marrom!! A musica que tocar para as FFAA tocará também para as PPMM do país, tenho certeza que a avançada organização e representação dos policiais não deixará reduzir a pó as já fustigadas corporações policiais!! Não somos nem melhor e nem pior que a sociedade civil, somos apenas diferentes!! Comentem, reverberem nas redes sociais, mostrem aos demais membros da sociedade que não estamos dispostos a sermos reconduzidos à situação análoga a escravidão em pleno século XXI! Chega de humilhação, nosso movimento tende a crescer cada vez mais, só depende de você! Mostre que também é um indignado!!

Anônimo disse...

Meus caros, sou padrinho de um futuro oficial do eb. O rapaz irá pra aman esse ano. Sei que não tem a ver com a postagem do Montedo, mas sabendo que este é um blog pra militares, queria saber se vale a pena ir para a aviação do exército pra ser piloto de helicóptero, quais são os prós e contras.. Obrigado!

Anônimo disse...

Era evidente que esse assunto era boato, como o são a gde maioria das msg veiculadas e os que vêm aqui postar. Para um bom entendendor, uma vírgula basta...
Não perco mais tempo respondendo vcs ou lendo essas "notícias". Meu tempo eh mt precioso. Sem mais...
Maj QCO

Marcelo Carvalho disse...

Trabalho na AvEx. Vale muito a pena. Porém a jornada é longa, já que ele só poderá concorrer a uma vaga como Primeiro Tenente.

Marcelo Carvalho disse...

Montedo e companheiros: alguém discorda que há uma agenda mundial dá esquerda que visa enfraquecer as FFAA e, por consequência, a soberania nacional ? Observem que a Reuters é uma das pontas de lança dessa tática de contra inteligência... Fiquem atentos !

Alan Dutra disse...

Graças a Deus !
Esse Informex trouxe tranquilidade para todos nós.
Pelo menos eu me sinto mais tranquilo.
Com sinceridade, tenho acompanhado a postura do nosso Ministro da Defesa e percebo que ele tem se empenhado para trazer um alento salarial para nós militares. E tbm tem lutado para conservar o nosso Sistema de Proteção Social.
Vejo muitos que criticam os nossos Cmt Mil.
Eu penso que eles fazem o que podem, dentro da Lei e da ordem.
Mas,da mesma forma que o Ministro, estão empenhados em conseguir as melhores soluções.
Portanto já temos a palavra oficial da Força.
Agora é aguardar.
Até pouco tempo atrás, nenhuma esperança tínhamos.
Todos nós merecemos muito, muito mesmo, salários mais dignos e justos.
Foco na Missáo amigos !
Somos mais que vitoriosos !!

Anônimo disse...


Este comunicado deveria ser de responsabilidade do Ministério da Defesa, pois a legislação militar e a política de remuneração é de competência do MD.

Os Cmt são ouvidos, mas não influenciam diretamente a decisão do governo.



LEI No 10.683, DE 28 DE MAIO DE 2003.

Art. 27. Os assuntos que constituem áreas de competência de cada Ministério são os seguintes:

III - Ministério da Defesa:
i) legislação de defesa e militar;
k) política de ensino de defesa;
m) política de comunicação social de defesa;
n) política de remuneração dos militares e pensionistas;

Anônimo disse...

Maj QCO Leonardo kkkkkk

Anônimo disse...

Kkkkk parece o torcedor que so poe a camisa quando o time vence.

Anônimo disse...

Grupos que até hoje estudam sobre a isonomia.

Léo disse...

No INFORMEX, nada foi falado que nós já não saibamos, há décadas.São palavras superficiais e sem nenhuma informação objetiva,exceção ao estudo da FGV, o qual, para nós, de novidade nada acrescenta.Se o objetivo maior foi o de acalmarem a tropa, na vã tentativa de achar que iremos acreditar que esse governo " afiançará" a penúria vivida pela Família Militar e que resolverá , definitivamente, os VENCIMENTOS VEXATÓRIOS, VERGONHOSOS, HUMILHANTES E RIDÍCULOS que nos pagam, posso afirmar que o INFORMEX será ouvido nos pátios dos quartéis,país afora, e nenhuma repercussão positiva terá.NENHUMA!!! Nação de vagabundos,safados, políticos e empresários lixos , saqueadores dos cofres do povo- R$ 8 (OITO) TRILHÕES DE REAIS SERÃO A TOTALIDADE DA ROUBALHEIRA perpetrada,desde 1986, aos cofres do Brasil.As delações do gatuno Marcelo Bahia Odebrecht apontarão e denunciarão cerca de 200 políticos ratos,inclusive ex-presidentes desta República de larápios desonrados e vários do atual governo. Estamos cansados!!! Estamos exaustos!!! Humilhação em cima de humilhação!!! Fomos comandados por um Ministro da Defesa, Jaques Wagner,acusado de receber propinas milionárias e,de quebra, relógios ,cujos preços equivalem a tudo o que recebemos, ao irmos para a reserva, depois de 30 anos de serviço.Serão 35 logo,logo! Um Cabo da Polícia Militar do DF, um Guarda Rodoviário, um Polícial Legislativo desse Congresso Nacional, o qual se transformou em antro e esconderijo de ladrões, recebem VENCIMENTOS ,em início de carreira,muito maiores do que recebe um Subtenente do exército,com 20 anos de honrados serviços ao país da roubalheira.E dizem que só levará 75% da miséria que receber,quando ir para a reserva,aos 35 anos de trabalho diuturno. Servimos à pátria que abriga a MAIOR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DE TODA A HISTÓRIA HUMANA ! Além de todas as exaustivas missões exigidas pela profissão,ainda temos que entrar em presídios fétidos e deploráveis, para contar geladeiras, introduzidas pela omissão e corrupção de profissionais da Segurança ,cujos salários são muito maiores que os nossos.Quando todos os iguais são tratados como iguais,- CARREIRAS DE ESTADO- independente de receberem salários justos ou não,nenhum ressentimento pode haver.Mas quando os iguais são tratados como iguais para a maioria esmagadora e somente uma classe é tratada com desdém, indiferença, omissão e ridicularizada,ano após ano, é brincar ,é desdenhar,é zombar de coisas muito sérias.A história está aí para mostrar!!!

Anônimo disse...

Oficial é outra coisa... Né, camarada?

keko marques disse...

Ué?!?!?!? e tu acabaste de fazer o quê agora???? Ganhou tempo ??? Kkkkkk

Anônimo disse...

Aviação do Exército é uma tropa elitizada, onde seus especialistas - pilotos e mecânicos, possuem constante capacitação técnica aeronáutica. No caso dos pilotos, estes podem alcançar o posto de coronel e os mais conceituados, o generalato. Além do salário, estes são bem aceitos por empresas de offshore e táxi aéreo, dis quais são oferecidos salários em torno de 15mil. Os sargentos de Aviação formados também pelo CIAVEX, a sua maioria alcança o oficialato e adquirem grande experiência em manutenção aeronáutica, sendo absorvidos quase que automaticamente pelo mercado quando da ida para a reserva. Ou seja, ser especialista em Aviação do Exército é um das melhores escolhas dentre as carreiras militares.

Anônimo disse...

Mais um enrola que eu gosto, assim foi nos anos90, saiu a mp do mal, muitos bateram palmas, chamei de bobos, deu bate boca, o tempo passou e hoje choram.
Quando começou o mesmo bla bla bla de hoje, ANOS 90, assim que completei 28 anos de serviço, entrei com pedido para a reserva, colega de turma me chamou de tudo e ficou esperando o QOA.
Sai 2 ten de contra cheque e ele não foi promovido.
A esposa deste colega ate hoje o chama de burro pois a diferença no salario final é imensa.
Lembrem do passado, nada é tão ruim que não possa piorar.
Tudo esta se repetindo, é a mesma cantinela. E se fosse real a tal falta de dinheiro, não haveria tantos vampiros.
Por falar em vampiros, as trevas fazem parte do seu universo,
pensar, pensar, pensar, entenderam o pq dos 40 anos de serviço.
Olhem em volta, o que veem????

Anônimo disse...

Vcs acreditam e nossos cmts? Tenho muito medo vamos se preparar para o pior.

Anônimo disse...

Fonte segura, os Adicionais terão seus percentuais aumentados sim, o projeto está quase pronto. Em breve será divulgado a todos.
Creiam e não acreditem nessa imprensa que fica divulgando matéria tendenciosas para tumultuar o ambiente militar.
Fé na missão !!!!

Anônimo disse...

Em 2001 também tinha informex dizendo que não haveria nada, depois deu no que deu. O que poderia me deixar "tranquilo" seria uma bancada militar forte no congresso e engajada nas nossas questões. hoje o que temos é uma tropa refém de comandantes que só querem preservar as boquinhas.

Anônimo disse...

quem viver verá.... não espero nada de bom, infelizmente, deve vir um pequeno reajuste (e não aumento, pois aumento é aumentar a qualidade de vida) e em contrapartida algo bem pior que só Deus sabe o que é, a solução é estudar e buscar algo melhor, uma carreira descente em outro orgão público, fico por aqui, não verei mais estas fofocas, pois tempo é ouro, indo papirar, pois só o papiro liberta.

Anônimo disse...

O bom é Velho Maj QCO...nem tão bom e nem tão velho...Não deve nem existir, figura pitoresca!

Anônimo disse...

Em 1980 eu era 3s e um sub me falou: que quando ele era 3s disseram a ele que ia sair a isonomia.hoje estou na reserva e nada.

Anônimo disse...

Sou patriota e acredito na minha carreira, se não estiverem gostando da profissão que escolheram pulem fora!
Maj QCO Leonardo!

Anônimo disse...

Bom dia, vejo que as pessoas gostam de discutir o sexo dos anjos!Logicamente, considerando a atual conjuntura, parece que o governo vai atender as necessidades das Forças Armadas.

Barzotto disse...

Em 2002, vi altas autoridades do Executivo em visita ao Gen Albuquerque - Cmt EB, quando eram agraciados com a Medalha do Pacificador e se articulava para que a MP do Mal fosse branda. As notícias que corriam diziam coisas parecidas com o conteúdo desse INFORMEX. Deu no que deu... E agora, continuamos acreditando no elemento político que ocupa a cadeira mais alta da Defesa? Não sei, minhas espectativas não são boas.

militar com 29 anos de servico disse...

Concordo : o INFORMEX não trouxe nada de objetivo.só nos resta esperar. Aos mais novos fica a dica estudem e mudem o rumo. Eu fiquei por amor a essa profissão e também por amor á pátria.sabia que não recebia o salário que merecia mas me conformava por poder ir para a reserva com vencimento integral porém hoje me vejo arriscado de perder tudo. Nosso amor pela profissão não pode ser maior que o nosso amor por nossa família que é quemais mais sofre quando estamos de serviço, em missão, com nossas transferências e etc.
E a pátria, que juramos defender com o sacrifício da própria vida, hoje nos vira as costas. Esquecem que se hoje tem liberdade é graças ao que chamam de ditadura. Ou existe algum país comunista Onde o povo é totalmente livre?

Anônimo disse...

Eu estou a 14 anos na reserva como SO. A MP DO MAL tem mais do que isso! Voces acham mesmo que o governo vai nos dá alguma coisa sem tirar mais?

MESSIAS DIAS disse...

Fez muito bem o Exército em apresentar nota a respeito, ainda que sem existir um Norte.

Porém, se faz necessário lembrar que:
"As nossas esposas e filhos exigem de nós e com toda a razão: Educação, Saúde, Segurança, Alimentação e Lazer. Não os interessa a nossa boa intenção e vontade. Temos que conseguir e pronto".

No momento é justamente o que esperamos, ou seja:CONQUISTAS E NÃO TENTATIVAS!



Anônimo disse...

Exmo Sr. Presidente da República, mande editar uma MP em em caráter de urgência, pois 85% da tropa está agonizando.

Anônimo disse...

Isso é o típico de um Moral de Cueca...

Anônimo disse...

Por vezes, uma explicação sobre outra ótica se faz necessária.
Somente os militares de carreira, um dia, receberão de forma diferenciada em relação aos civis. São uns 30% do efetivo do EB, por exemplo. Se forem nivelados aos civis, imaginem 100% dos militares recebendo todos os benefícios q os civis recebem agora!!! Sai muito mais caro. Essa conta deveria ser mostrada, evidenciando o pq de estarmos fora das reformas previdenciárias, q estão entubando os civis.
A quantidade de inativos e pensionistas é bem relativo. O governo divulga seu número absoluto como se todos recebessem integral, mas vários pensionistas são várias filhas de um só militar, recebendo cota parte.

Anônimo disse...

A nota do Informex ontem é sintomática, mostra que a 2 seção está trabalhando e principalmente monitorando esse blog e as redes sociais. E deve ter sido tão grave e preocupante, que houve a necessidade de fazer uma nota oficial. A nota foi feito para acalmar o público interno.

militar com 29 anos de servico disse...

Senhores!
Quase tudo que se aponta neste Blog, em relação á nossa categoria, é correto. O descaso da classe política e do executivo conosco é notório. Nossos comandantes não tem força política para negociar com o congresso.
Só tem uma linguagem que político entende: "A DO VOTO"! PORTANTÔ sugiro que busquemos na página do Congresso email dos parlamentares e deixemos eles cientes que mobilizaremos militares e seus familiares em todo o Brasil para não votarem em candidatos que votarem a favor de LEI que nos prejudiquem ainda mais.
E façamos que nossos familiares também enviem tais email sobre o assunto aos senhores parlamentares.
A grande maioria dos parlamentares não conhecem nossas peculiaridades e quando forem votar projetos de lei serão induzidos por uma minoria mal intencionada e pela própria mídia que nos odeia. Essa é a única coisa que poderemos fazer: tentar sensibilizar o congresso! Pode ser que não adiante, mas é só isso que dá pra fazer, e a hora é agora!
Bora! Conversem com seus familiares e mãos à obra!
E nas próximas eleições façamos junto a familiares e amigos propaganda negativa de políticos antimilitar!
Vai dar um pouco de trabalho mas quem tiver preguiça não tem o direito de ficar se lamentando aqui.
Basta ir até a página da câmara e senado federal, obter o email de cada um e mandar sua mensagem. Dá um pouco de trabalho mas é algo a se fazer. Não podemos esperar pois ainda neste trimestre o governo enviará o projeto para o congresso.

keko marques disse...

Mp do mal: dezembro de 2000
Cmt do EB na época: gen gleuber (o mesmo que compactuou com os "malfeitos" na petrobras

Anônimo disse...

Caros leitores do blog do Montedo,
Anotem aí como serão as mudanças:
35 anos
Aumento nos ad mil e hab mil (todos)
Auxílio moradia (ativa)
Pensionistas:
Dependerá dos anos de sv do militar, como já divulgado:
35 anos - 75% esposa
80% - esposa mais 1 filho
85% - esposa mais 2 filhos
90% - esposa mais 3 filhos
95% - esposa mais 4 filhos
100% - esposa 5 ou mais dependentes
Até a maioridade, conforme vai completando a maioridade vai perdendo o percentual que faz juz. Ass: Chapinha quente

Anônimo disse...

Não há objeção a entrar na reforma, porém há um problema salarial gravíssimo que deve ser reparado para que aí sim possamos dar nossa contribuição .Devemos nesse momento ficar com a palavra oficial .Temos certeza que o Comando está atento e não medindo esforços para que a solução seja a melhor para a família militar .Particularmente vejo a reforma benéfica dentro da razoabilidade e proporcionalidade que a carreira exige , se vier junto uma real valorização salarial daqueles que se dedicam e estão 24 h de prontidão a serviço da Pátria!!
Boatos e notícias irresponsáveis jamais poderão abalar os alicerces das Forças Armadas.
O momento deve ser de equilíbrio e confiança !

Anônimo disse...

Major ,a profissão é muito gratificante de fato ,porém não podemos ficar do jeito que está em relação a remuneração . É voz uníssona do Ministro dá Defesa dos Comandantes que nossos salários estão deverás defasados em relação as outras carreiras de Estado. Esperamos que o famigerado Projeto de Lei venha com uma reestruturação de carreira e remuneratória que nos coloque na devida proporção de nossa importância para manutenção da ordem e segurança do Estado do Brasil !!!

Anônimo disse...

Àquela velhinha famosa poderia dizer o mesmo que minha avó dizia: "meu filho, gato escaldado tem medo de água fria". Depois que sair a decisão final eu direi se foi boa... ou não.

Anônimo disse...

Você é só um fanfarrão...

Anônimo disse...

Há muito não venho aqui comentar por compreender que em nada contribuiria. No entanto, vejo alguns posts com a minha "assinatura".
Aos que gostam de se passar por mim, pelo menos sejam mais autênticos e assumam q se trata de fakes, por obséquio.
O que conta a meu favor, por óbvio, é a redação terrível de vocês, que passa ao largo de qq identificação comigo.
Maj Leonardo

Anônimo disse...

Fala-se muito em adicionais de habilitação, como se isso fosse ótimo pra quem tem 28/29 anos de (duros) serviços prestados e não pode mais se "habilitar". Queremos aumento sim, e mais importante, queremos que não sejam COVARDES como em 2000 e CRIEM REGRAS DE TRANSIÇÃO. Se não fizerem isso terão milhares de SO/ST, Ten QAO e Ten Cel/CF igual a zumbis pelos quarteis, insatisfeitos, se arrastando mais 5 anos, revoltados com a covardia repetida e confirmada como regra nas FFAA.

Anônimo disse...

Palavras e exposições verbais, ficam ao vento. Enquanto quem apanha guarda na memória.

Anônimo disse...

BIZU, BIZU!!! VEM AUMENTO, VEM AUMENTO!!... de missões, de descontos, de tempo de serviço, da idade, de despesas e de descrédito nos comandantes.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics