6 de fevereiro de 2017

Em nota, Marinha afirma que "Sistema de Proteção Social dos Militares não se destina a favorecer uma classe em detrimento da sociedade"

Na última quinta-feira (2), a exemplo do Exército e da FAB, o Comando da Marinha divulgou uma nota sobre a Reforma da Previdência. Confira:
Nos últimos dias, a imprensa tem veiculado matérias sobre a Reforma da Previdência que versam sobre supostas propostas para alteração do tempo de serviço; estabelecimento de idade mínima de transferência para a reserva remunerada; e mudanças das remunerações pagas aos militares das Forças Armadas. A Marinha do Brasil esclarece que os três Comandos Militares e o Ministério da Defesa vêm promovendo um diálogo responsável e profícuo com o Governo, a fim de que seja preservada a segurança constitucional conferida ao Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas.
Temos apresentado as peculiaridades que envolvem nossa profissão, as quais a diferenciam das demais, e impedem que os militares sejam submetidos às mesmas modificações que compõem a Reforma da Previdência, atualmente em discussão no Congresso Nacional. Em virtude das negociações, o Governo tem se mostrado atento e sensível às nossas questões sociais, tais como: a baixa remuneração; o déficit de moradia; a necessidade de mobilidade por todo o território nacional; entre outros. Como resultado, tivemos, acertadamente, a não inclusão dos militares das Forças Armadas no texto do Projeto de Emenda à Constituição Federal, tendo em vista que não existe, e nem nunca existiu, um Regime de Previdência próprio dos militares das Forças Armadas.
A preservação do Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas não se destina a favorecer uma classe em detrimento da sociedade brasileira, como vem sendo rotineiramente e, por vezes, de maneira superficial, veiculado pela mídia. Tem sim, por finalidade, contribuir para a segurança do País, tendo em vista que, para o cumprimento da missão constitucional que é atribuída às Forças Armadas, os militares não são amparados por direitos trabalhistas e remuneratórios previstos para os demais segmentos da sociedade. Assim, é imprescindível que a família do militar esteja devidamente protegida por um responsável arcabouço legal e social.
Não obstante a diferenciação da carreira militar, as Forças Armadas, como componentes da estrutura constitucional brasileira, estão sensíveis à necessidade de contribuir para o ajuste fiscal do governo, imprescindível à retomada do desenvolvimento de nosso país.
Em conjunto com as demais Forças Armadas e o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil prossegue trabalhando em propostas de mudanças, porém preservando os princípios basilares da Defesa Nacional, que tem o Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas como um de seus pilares.
Os canais de comunicação oficiais das Forças, incluindo o endereço eletrônico https://www.marinha.mil.br/spsm, mostram os estudos e propostas em andamento, dentre os quais, o trabalho realizado recentemente pela Fundação Getúlio Vargas, sob o título “As Forças Armadas e a PEC da Previdência”.
Marinha do Brasil/montedo.com

25 comentários:

Anônimo disse...

Por que não dizem nada sobre a reestruturação da carreira, com possíveis mudanças na nossa remuneração ?

Anônimo disse...

Os Cmts elevaram o tom pra passar a impressão de que são contra uma nova maldade... SQN.
Tudo que acontecerá em breve, terá o aval destes.
Mas eles sairão de heróis, pq tentaram evitar, porém não conseguiram.
Puro Caô!!!

Anônimo disse...

Não aceito que militares participem de comissões para auxiliar os civis a fazerem mudanças na previdência para prejudicar os militares. Não tem que haver mudanças e ponto final. Vamos às armas então.

Anônimo disse...

Esta parecendo as FA agora, com os chefes preocupados com alguma coisa.

Anônimo disse...

Ainda continua obscuro!!! Se não fizeram nada pela Força em todos esses anos, não será agora que farão. Isso é cortina de fumaça para os mais incautos.
Eles estão se revezando para tentar frear a debandada geral que será inevitável!! Até quem já possui direito adquirido (30 anos) não está confiando em seus Comandantes e está pedindo reserva!! Direito adquirido?? Aqui no Brasil???? Se eu possuísse tempo, também pediria reserva!!!
Acho que sofreremos outra perda de direitos e a situação ficará tão crítica que as FFAA sofrerão o maior pedido de demissões de todos os tempos!!
Conheço pelo menos uns 15 oficiais que já declararam abertamente que não pensarão 2 vezes em pedir demissão!!!
Sem contar que só a raspa do tacho, ou seja, quem não conseguiu nada em outros concursos, que ingressarão nas FFAA!

Anônimo disse...

http://www.advocaciamilitar.adv.br/noticia/323/justica-militar-da-uniao-condena-civil-por-receber-valores-indevidos-de-pensao-da-marinha-

Anônimo disse...

Forças Armadas acusadas de ELEVAR o tom contra inclusão na previdência social

http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2017/02/forcas-armadas-acusadas-de-elevar-o-tom-contra-inclusao-na-previdencia-social.html

Julio Kimieski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Pessoal no meu quartel ta estudando... comandante autorizou estudo livre durante primeira hora de trabalho todo dia!

Anônimo disse...

Disse tudo...

Anônimo disse...

CADÊ O AUXILIO MORADIA DAS FFAA ?

SÓ 16 SENADORES NÃO RECEBEM AUXÍLIO-MORADIA DE R$5,5 MIL MENSAIS

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=73575204440

MESSIAS DIAS disse...

O fato é que foram anos e anos de perdas e alguns segmentos dentro das próprias Forças Armadas defendendo seus próprios umbigos, numa clara demonstração corporativista.

Mas agora ficou insustentável e a ameaça é para todos. O desespero é geral, principalmente das mais altas patentes.

Porém não me surpreenderá se nas medidas da desgraça da reforma da previdência, existir tetos diferenciados. É esperar!

Anônimo disse...

Tolerância Zero

Contribuir para a defesa da Democracia e da liberdade, traduzindo um País com projeção de poder e soberano, deve ser o nosso NORTE!

http://www.alertatotal.net/2017/02/tolerancia-zero.html

Anônimo disse...

05/01/2017 http://www.alertatotal.net/
Reservado, mas nem tanto...

Defesanet informa que o general Echegoen, Ministro Chefe do Gabinete ,Institucional, desembarcará em São Paulo nesta terça-feira, dia 7, para um encontro com a chamada “Comunidade de Inteligência”.

Assuntos: segurança urbana, criminalidade, farc X pcc...

As Inteligências das FFAA, PM, Policias Federal e Civil, junto com membros de outras agências menos conhecidas do grande público, foram convocadas para o encontro na sede paulista da Abin, no prédio do Ministério da Fazenda, na Prestes Maia.

Anônimo disse...

Os Comandantes Militares deveriam acertar com o Presidente da República (Comandante Supremo das Forças Armadas), uma regra de transição, fins conceder O SOLDO DO POSTO ACIMA, aos militares que já estavam estabilizados, os quais foram usurpados pela famigerada MP 2215 (LRM). Isto também se chama proteção social das Forças Armadas.

Gerson F Pinto disse...

Sendo a carreira militar repleta de peculiaridades e desvantagens em relação as demais carreiras, porque sua remuneração tem que ser a uma das piores? Contraria a lógica. Reestruturação da carreira já!Espero que não deixem passar a oportunidade.

Anônimo disse...

Comandante geral da PM de Tocantins, sendo carregado pelos praças, após aprovação de Benefício pra PM. "Soldado vai ganhar 6.500,00 apartir de Janeiro!!!

http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/12/assembleia-aprova-aumento-de-ate-r-10-mil-para-policiais-do-tocantins.html

Anônimo disse...

JUDICIÁRIO, CONGRESSO E AS FFAA.

Desses dois primeiros, ninguém fala em reforma e muito menos a imprensa safada!
A questão é simples!
Tem três garotos, e você, obrigatoriamente, tem que dá um cascudo em um dos três. O primeiro o pai é lutador de UFC, o segundo é filho de um miliciano com mais de 20 homicídios nas costas e o terceiro é um menino de rua órfão. Quem você escolheria?
Infelizmente quem não tem representatividade vai sempre levar o cascudo!

Léo disse...

EXIGIMOS DE VOLTA O POSTO ACIMA.Nos foi retirado de forma covarde e sorrateira!!! Quem o retirou o levou para a reserva!!! Mais um ano de greves da PM.Agora, é o lindo estado do Espírito Santo.Alguém tem dúvidas de que os PMs se lá receberão reajuste para ganharem muito mais que nós? Adivinha que foi mandado pra lá pra manter a segurança da insegurança do estado? E para nós? TROLHA,TROLHA E TROLHA!!! Para nós,amigos,o que nos resta são VENCIMENTOS HUMILHANTES, VEXATÓRIOS, VERGONHOSOS, RIDÍCULOS é 35,36,37,38,39,40 anos de escala de serviço.TROLHA!!!

Anônimo disse...

Os comandantes estao tirando o deles da reta, jogando a culpa nos politicos, e isto nao é um bom sinal.

Anônimo disse...

Seu comentário é a pura lógica.

Anônimo disse...

Melhorem nossos salários e de forma significativa !!!Esse salário não é compatível com a missão das FA atribuídas na Carta Maior !!!

Anônimo disse...

Não podemos ficar calados! Não podemos permitir que sejamos esmagados , com a perda do pouco que nos resta!!!!
Não podemos contar com os comandantes, precisamos nos mobilizar!!!

Anônimo disse...

Vamos resumir de uma vez por todas: perderemos mais direitos porque nossos comandantes NÃO IRÃO NOS DEFENDER....NOSSOS COMANDANTES NÃO ESTÃO NEM AÍ.

Anônimo disse...

E ainda criaram o Dia da Família Militar... Infelizmente, no meio militar, é Deus por todos (quem acredita) e cada um por si.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics