3 de fevereiro de 2017

Zero-um: ex-aluno do Colégio Militar de Porto Alegre é primeiro colocado no vestibular da UFRGS

Antigo aluno do CMPA conquista o primeiro lugar geral no vestibular da UFRGS

Coronel Araujo
sGabriel Spessato Agostini, 17 anos, antigo aluno formado no CMPA em 2016, conquistou o primeiro lugar geral no recente Concurso Vestibular para a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Com uma excepcional média de 797,60 pontos, o jovem estudante superou mais de 33 mil candidatos. A publicação contendo a maior e a menor média por cada cada curso já está publicada no Portal da UFRGS em http://bit.ly/2kHdTTq
No CMPA, além de ter demonstrado um elevado potencial intelectual e criativo desde que ingressou no 6º Ano, Agostini se caracterizou por ser uma pessoa gentil, educada, entusiasmada, independente, autoconfiante e com um excelente caráter. Como aluno, foi organizado, responsável, confiável e profundamente dedicado a tudo o que fez, sempre com muita iniciativa, flexibilidade e capacidade de adaptação a diferentes situações.
Durante sete anos, também evidenciou uma invulgar facilidade de se comunicar com as pessoas em geral, conquistando uma legião de amigos e admiradores entre colegas e profissionais do CMPA.
Seu desempenho como estudante o levou a obter o primeiro lugar na conclusão do Ensino Fundamental e também na do Ensino Médio, tornando-se o grande destaque em sua turma de formandos no ano de 2016, onde, na cerimônia de formatura, também foi um dos dois oradores. Além disso, conquistou um elevado número de láureas nacionais, estaduais e locais nas diversas olimpíadas de Matemática, Física e Química em que participou durante seu ciclo no CMPA.
Tais qualidades fizeram com que fosse promovido ao posto de Major Aluno no Batalhão Escolar e convidado a integrar a Legião de Honra, uma entidade interna composta por alunos selecionados por seu compromisso com valores cultuados pelo CMPA - como respeito, honra, comportamento ético, responsabilidade e dedicação ao estudo - que se envolvem em diversas atividades de trabalho social voluntário e servem como guias e exemplos para outros estudantes. Em 2015, Agostini compôs a diretoria da Legião na função de Relações Públicas.
Em 2014, foi escolhido pela Fundação Estudar como um dos "60 estudantes fora de série de todos os cantos do Brasil", apto a participar da 3º edição do Prêmio Jovens Fora de Série. Nesse mesmo ano, junto com outros alunos do CMPA, participou da fundação do Projeto Fermat – Formação em Raciocínio Matemático, uma bela iniciativa de caráter voluntário e sem fins lucrativos que, com aulas nas manhãs de domingo, visava oferecer a estudantes da rede pública de Porto Alegre o conhecimento e a experiência necessários para que pudessem participar de olimpíadas de Matemática e serem vitoriosos.
Integrando o Clube de Relações Internacionais do Colégio (CRI-CMPA) desde 2014, Agostini destacou-se pela participação como delegado em diversas Simulações da ONU no CMPA, em Brasília e em outros locais, o que fez com que fosse escolhido como Secretário-Geral da VI MundoCMPA, simulação da ONU que aconteceu no Colégio Militar em 2016 envolvendo 300 estudantes de 11 colégios de Porto Alegre e de outros Estados.
Ainda em 2015, foi eleito para a Diretoria da Sociedade Esportiva e Literária (SEL), na função de Diretor Cultural da gestão daquele ano. A SEL é uma entidade que congrega todos os alunos do CMPA e é responsável pelo planejamento, organização e execução de eventos sociais, culturais e esportivos com foco no aluno. Nesse ano, também foi selecionado para compor a equipe que participou do Programa Futuros Engenheiros, uma parceria entre o Instituto Ling e o CMPA que visa complementar a educação formal de jovens alunos do Ensino Médio que se destaquem na área de ciências exatas, possuam excelente desempenho em Português e Inglês e mostrem inclinação para a carreira de Engenharia, objetivando também oportunizar atividades de preparação para o mercado de trabalho e para o desenvolvimento do espírito de liderança.
No ano passado, Agostini fez parte da equipe do CMPA que representou o Colégio na Simulação da ONU realizada em Brasília sob os auspícios do Exército Brasileiro através da Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA), órgão militar que coordena, controla e dirige os 13 colégios do Sistema Colégio Militar do Brasil. Sua destacada atuação o fez ser selecionado como um dos 15 alunos representantes do Sistema na 64ª Sessão do Harvard Model United Nations, que aconteceu de 26 a 29 de janeiro na Harvard University, em Boston, nos Estados Unidos.
CMPA/montedo.com

7 comentários:

Anônimo disse...

Desejo tudo de bom na vida dele e que Deus o proteja de todas as maldades diarias desse mundo egoista.

Anônimo disse...

Excelente garoto. Futuro brilhante pela frente.

Anônimo disse...

PARABENS PELO ESTUDANTE E PALA FAMILIA QUE ACOMPANHA

Anônimo disse...

Mais um exemplo para pirar os esquerdopatas, rsrs

Anônimo disse...

Porque ele nao quer ser militar ?

Anônimo disse...

Que pobreza de espírito, o que o CM e os esquerdinhas têm a ver? O Brasil está numa divisão maluca e cada vez se vê mais gente incentivando a cisão. Acho que precisamos de um novo Pacificador.

Anônimo disse...

Parabéns! Muito emocionante. Observo que os primeiros colocados de Colégio Militar não seguem a carreira militar. Com certeza seriam excelentes militares. Um colega que já trabalhou em CM me falou que normalmente os primeiros colocados são filhos de civis que fizeram Concurso Público para ingressar no CM e já tem outros objetivos, geralmente a área de saúde e Direito. Parabéns ao ensino do CM.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics